terça-feira, dezembro 9

Mar: o tesouro português por explorar

O mar representa cerca de 11% do PIB de Portugal, 12% dos empregos e 17% dos impostos indirectos. Será pouco? Há quem diga que aproveitamos mal as nossas riquezas marítimas, atendendo a que temos a maior Zona Económica Exclusiva da UE. Há dentro e fora dos oceanos riquezas incalculáveis, ligadas às energias renováveis, pescas, turismo e investigação científica. Nesta emissão vamos revelar, por exemplo, o Parque Marinho da Arrábida, área com mais de 1.000 espécies da fauna e flora, associada ao despertar da oceanografia biológica em Portugal nos finais do séc. XIX.
Mergulhe nesta emissão nas profundezas do nosso mar, conhecendo as suas ofertas e percebendo qual o papel da Sociedade Civil na sua preservação.

Convidados:
Almirante Nuno Vieira Matias
, Antigo Chefe do Estado-Maior da Armada
António José Telo, Director do Instituto de Defesa Nacional
Manuel Pinto de Abreu, Oceanógrafo e Chefe da Estrutura de Missão para a Extensão da Plataforma Continental
Teresa Gamito, Especialista em Ordenamento do Território

7 comentários:

Jenna disse...

Eu acho que aproveitamos muito mal as nossas riquezas maritimas, aliás não é só Portugal que não aproveita bem os seus recursos, acho que nenhum país não aproveita os seus recursos a 100%, ou não exploram nada, ou exploram de mais, ao ponto de porem em risco várias espécies animais, o Homem quer sempre mais, por isso não se dá conta do mal que causa por causa dessa ambição.

lady_blogger disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
lady_blogger disse...

Também há muito desperdício de recursos e bens.
Provavelmente se lembrarão das sugestões que dei um dia aqui no SC, para os pescadores da Fonte da Telha não desperdiçarem tanto do que pescavam. Talvez me tenham dado ouvidos, certo é que este ano quando por lá passei vi que nada era desaproveitado.
Quanto a mim, Portugal tem bons recursos marítimos, mas porém tem maus gestores dos mesmos. Precisam de gente com ideias funcinonais e sentido de poupança.

CC

Maria Mendes

Catarina, Daniel, Diogo, Inês e Rafael. disse...

http://manifesta-teeducacao.blogspot.com/

No blog falamos sobre estes assuntos da educação, estatuto do aluno etc.

lady_blogger disse...

A 10 de Agosto de 2007, redigi um post com o título "Como poupar Dinheiro ao adquirir Peixe", no blog euronios, e nele dou sugestões de poupanças do que se pesca nos nossos mares.

Há mar e mar, há pescar e poupar!- Lema por mim (re)criado.

CC

Maria Mendes

Afinador disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Afinador disse...

SUSTENTABILIDADE!!
É uma palavra que está muito na moda mas que não reflecte muito aquilo que nós pensamos.É verdade que vemos serem feitos esforços para se ter mais respeito pelo mar.
Concretamente lembro-me dos pescadores, que trabalham forte e feio,estão sujeitos a condições extremamente perigosas que só Deus sabe o que realmente passam, e no momento de vender o pescado, ganham uma ninharia de salário. Esta situação leva a que muitos tenham de pescar para além dos limites de regeneração do mar, para conseguir sobreviver...
O Ministro da Agricultura e das Pescas deve andar a durmir, literalmente, na forma...