segunda-feira, julho 6

Síndrome pré-menstrual

Elas queixam-se, eles também. A tensão pré-menstrual afecta cerca de 40% das mulheres, em qualquer idade. Uma semana antes da menstruação, o corpo transforma-se: ansiedade, depressão, enxaqueca, inchaço, cólicas, mudanças de humor, são apenas alguns dos sintomas que caracterizam período de tensão pré-menstrual (TPM). Estes dias podem alterar completamente a rotina da mulher - a nível pessoal, físico e profissional. As dores podem levar ao absentismo laboral ou escolar. Descansar, relaxar, fazer alguns exercícios e cortar certos alimentos pode aliviar os sintomas. Hoje perceberemos como a compreensão por parte dos familiares - sobretudo do companheiro(a) - é essencial para ultrapassar a TPM.

Convidados:
Cristina Camões, Farmacêutica e membro da direcção da Associação Nacional das Farmácias
Paula Ambrósio, Médica Ginecologista
Abel Matos Santos, Especialista em sexualidade
Catarina Rivero, Psicóloga e Terapeuta Familiar

31 comentários:

Mãe-Galinha disse...

Custa imenso, é verdade. Andamos constantemente irritadas e à mínima coisa começa uma tempestade num copo de água. É nessa altura que o lado negro surge e perdemos a paciência. Mas pelo menos nós, mulheres, temos desculpa para esse temperamento nesses 3 ou 4 dias... já os homens passam muitos dias do mês mal-dispostos sem desculpa!

O certo é que se nos derem alguns miminhos e não derem resposta a algumas das provocações de que possam ser alvo, tudo passa num instante!

Um beijinho para todos

ELA disse...

Boa tarde!
Agradeço o tema da sociedade civil. Além de tudo, é bastante útil para ajudar a mulher (e o homem) a conhecerem melhor o corpo feminino.
Tenho 48 anos e fui menstruada aos 9 anos. Não conhecia absolutamente nada do meu corpo e julgava que "estava gravemente doente" na minha menarca.
Agora com 48 anos, e após 3 meses de intenso stress emocional, tenho sido menstruada duas vezes por mês.
Fico na dúvida se será menstruação, se serão hemorragias vaginais ou um período que adivinhe a menopausa... Inchaço, suores nocturnos e (muita) irratibilidade.
Nestes meses não tenho tido dores, nunca tive corrimentos anormais... Mas fico intrigada por nao perceber o que se está a passar...
Bem... tenho várias ecografias agendadas...
No entanto, é provável que no pré menopausa estes sintomas ocorram, dado que nunca me falhou uma menstruação como é habitual?
Agradeço a atenção.
Cordialmente, Maria.

heber disse...

ola a todos! Viva sociedade civil (SC)! I am back.
Há uns tempos atrás, SC, enviei-te um email em que te sugeria uma tematica interessante que se relacionava com este tema.
Era acerca de uma tecnica de terapia, relacionada com a extracção de tumores benignos do utero.
Essa proposta tematica estava inserida numa reportagem que vinha na revista de saude do jornal publico, se não me engano, em que um especialista, ginecologista, vinha a comentar as vantagens do uso desta tecnica, relacionada com a criogenação (eliminação de tumores com uso de temperaturas mt baixas - crio)e comparava esta tecnica com outras que considerava abusivas para a mulher e até mesmo mutiladoras. Extremamente critico em relação a colegas seus que, segundo a sua opinião, abusam da histerectomia (remoção do utero), acabando por sentenciar as mulheres à esterilidade, pois a histerectomia é, se não me engano, irreversível. E segundo ele, muitos colegas, ginecologistas, não têm a melhor abordagem com as mulheres acerca das consequencias da histerectomia. E usam e abusam de outras tecnicas como a histerectomia, meramente por razões economicistas, apesar da técnica, aqui reportada, ser dispendiosa, não é tão agressiva e mutiladora como as restantes, segundo o próprio refere. E já agora para que as espectadoras tenham a noção do que se fala quando se especula preços, FERNANDA questiono os seus convidados acerca dos custos dos varios tipos de tratamento de tumores malignos e ou benignos do utero a bem da informação das espectadoras.
Deixo-vos este comentario com o pedido para que seja comentado pelos convidados presentes.
SC, se não nos virmos, entretanto, desejo-te boas ferias e curtam-nas a valer!!!!
saudações do heber
(e vamos lá a mais uma tarde a conversar neste site (lol)) amigos apareçam!!!!!

leandro freitas disse...

tanto a parte feminina como a masculina. devem arranjar metodos para passar esta fase da mulher. todas as mulheres devem ser apoiadas e nao repreendidas por andar de mau humor

Miguel disse...

Boa tarde!
A minha esposa quando não tem o período tem bastante vontade de fazer amor comigo...
Como sou homem penso que isto é esquisito.
Mas será que no pensamento das mulheres isso é muito natural??

Olinda Silva disse...

Olá, boa tarde:
Tenho 28 anos e praticamente sempre tive as típicas dores pré-menstruais (inchaço, cólicas, etc.). Em relação aos altos e baixos em termos emocionais, provavelmente estes sintomas já existiriam antes, mas só tive consciência deles há cerca de dois anos atrás. Torna-se um pouco desgastante porque tudo nos leva às lágrimas, causa insegurança e irritação. Felizmente, acaba por passar… até ao próximo ciclo!
Infelizmente, para a maioria dos homens a TPM continua a ser um tabu ou um assunto delicado demais para ser conversado.

Nana Odara disse...

Há o outro lado da questão... que são as mulheres q estão se reunindo para comemorar a menstruação... e valorizam o ciclo menstrual como uma condição feminina e positiva... usar métodos alternativos de contracepção q não interfiram na dinâmica hormonal natural e usar absorventes mais ecologicos são pautas dessas reuniões... essa união feminina tbm ajuda a minimizar os desconfortos da tensão pré menstrual...
Tbm no período inverso, na ovulação há uma alteração que é mais positiva, mas tbm é preciso ter cautela... nessa época as vezes tbm perdemos as medidas, ficando "boazinhas" demais...

No Brasil há um grupo de mulheres q se reunem e fazem a Segunda Vermelha...

etur disse...

Olá.É uma boa temática sem dúvida.Todos os homens deviam ver o programa e informarem-se mais para compreender e ajudar a mulher.Contudo,nós podemos facilitar essa informação :-) e foi o que fiz...Colei um recorte de revista sobre o TPM, de tamanho considerável,na porta do frigorífico para que todos os meses o meu companheiro relembre os sintomas e que a culpa não é minha, apenas tou a ser atacada!! No final acabamos por nos divertir,mas às vezes é muito complicado sobreviver nesse período.

ariba disse...

Olá. Parabéns pelo excelente programa.
Relativamente ao tema de hoje, a minha dúvida é a seguinte: estando a amamentar e a fazer a chamada "pilula de amamentação" e consequentemente, com ausência de período menstrual, é possível/normal continuar a manifestar os sintomas da SPM?

Obrigada e um abraço para todos os convidados.

heber disse...

ola orlando silva:
Mas ainda bem que temos um programa destes para demitificarmos o tpm para os homens e auxiliar as mulheres.
Saudações do heber

heber disse...

ola nara odara:
Que interessante a tua informação, porém, convinha que exposesses onde se poderá, como se poderá, em que sites, mulheres e homens poderão verificar essa informação e quem sabe...
saudações do heber

heber disse...

ola etur:
lol etur;
saudações do heber

Mariana disse...

Antes de mais parabéns pelo programa.
Tenho 18 anos, e fui menstruada aos 12 anos.
Ainda vivo em casa da minha mãe e quando "ataco o frigorífico" a minha mãe começa a disparatar, mas não sei porquê.
Porque ela também é mulher, e também tem esses períodos em que a mulher fica esfomeada ou muito irritada...

ARTLASER disse...

Tenho todos os sintomas . começaram apartir da primeira gravidez. Ja tenho 3 meninos com 16 , 15 e 8 anos e nunca mais passaram. O meu marido as vezes esquece-se e parece que tira esses dias ainda para chatear mais.lol. mas enfim ca se vao passando os anos a pedir que o periodo desapareça mas com medo da menopausa...

nisa disse...

Desde que me foram diagnosticados quistos nos ovários e problemas menstruais que daí advêm, sinto que os sintomas pré e durante a menstruação se agravaram, tenho dores de cabeça que não me deixam levar uma vida normal e por vezes até tenho tonturas, mesmo tomando a pílula desde esse momento. Também fico muito irritada, ninguém me pode dizer nada que me toque mais um bocadinho, que fico logo com as lágrimas nos olhos...
Tenho apenas 24 anos e gostava de poder levar o resto de uma vida normal, mesmo sendo mulher!! ;)

Será que algum dos convidados me pode ajudar??

Muito Obrigada a todos

Ana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
codeas disse...

Bom o mais dificil é conseguir perceber como podemos ajudar! Mimos é a solução? Ou será o contrário? Seja como for o que nós homens temos de tentar compreender é que é mesmo incontrolavel por parte das mulheres... Não há como fugir!!! O conselho que dou é perceberem quando chega a altura do TPM e com calma tentar ajudar a companheira da melhor maneira possivel... varia de caso para caso, eu acho!
Abraço
RS

mimiko disse...

É engraçado que eu não tinha nenhum sintoma, mas tinha 7 dias de menstruação, depois de ter tido a minha filha fiquei com menos dias de menstruação mas com algumas dores de cabeça e irritabilidade e o meu marido que o diga! :D

Hannah disse...

Este tema é bastante útil...Na peça sobre a fisioterapia foi dito que o desconforto na zona lombar ocorre em pessoas sedentárias...Eu sou um caso ao contrário...Faço desporto 4x/semana, federado, e desde que tive a mestruação tive sempre dores de barriga...
É normal?
Obrigada pela atençãp

angela disse...

quanto à irritabilidade é verdade... são dias complicados..., mas no início era bem pior por causa das dores! entretanto começei a tomar a pílula e as dores quase desapareceram!!! já é só uma "moinha"! devia haver uma pílula "anti-irratibilidade" =)

Ana Khaky disse...

Tenho um implante dérmico semelhante à pílula, que faz com que só tenha o período uma vez por cada 6 a 8 meses. No entanto continuo a sentir a TPM e alguns dos sintomas físicos associados mensalmente. É suposto, tendo em conta que não tenho ovulação?

Mariana disse...

Boa tarde mais uma vez!
Tenho uma situação que para mim é bastante preocupante.
A minha irmã tem agora 10 anos, e ela foi menstruada aos 7 anos.
Ser menstruada aos 7 anos irá ter alguma influencia na saúde daqui a alguns anos?
Obrigada

Ana disse...

Tenho uma amiga que desmaia com frequência antes e, por vezes, durante o período menstrual.
Sugeri para que ela fosse ao médico, uma vez que ainda não tinha confrontado nenhuma situação idêntica, mas ela recusou-se a ir.
Será normal este tipo de sintoma?

Obrigada pela atenção...

aida disse...

Eu posso me considerar uma mulher de "sorte", porque nao tenho esses sintomas do TPM, nesses dias que se seguem a mestruação, são como os outros,ou seja, normais nao tenho dores, nao fico irritada nem fico com vontade incontrolavel de comer.
A unica alteração que se verifica em mim é um aumento gradual do humor fico muito bem disposta com vontade de rir, que deixa as pessoas em meu redor muito irritadas porque fico muito irronica.
O meu namorado diz-se feliz porque as mulheres ficam insuportaveis com o periodo, as minhas amigas ficam com inveja porque elas sofrem muito.

Mariana disse...

Boa tarde mais uma vez.
Tem uma questão que para mim é basbtante preocupante.
A minha irmã agora tem 10 anos,e foi menstruada aos 7 anos.
Será que por causa de ter sido menstruada aos 7 anos irá ter algum problema de saúde daqui a uns anos??

Anjos disse...

Olá boa tarde.
É normal após laqueação de trompas as dores pré-mentruais, menstruais e na altura da ovulação aumentarem?

noka disse...

É normal ter um periodo de 8 dias?

Sara disse...

ola!
Tive a sorte de para neste programa, cujo o tema me preocupa imenso, ate porque sou uma adolescente de 17 anos... e este tempo de menstruação e pre-menstruação são os piores dias da minha vida....
Tenho dores antes e no decorrer da menstruação desde: dores nas costas e em toda a anca, sinto que parece que os osos saem-me do sitio;tambem tenho na parte do recto,são umas dores fortes e que quando me dão não consigo andar fico parada e e cheia de dores que até choro; tenhu dores tambem na parte dos ovários...
por incrivel que pareça já fui a medica de saúde e apenas me mudou a pilula para uma mais fraca nu entanto as dores continuam e tou com medo que alguma coisa de grave seja...
se pudesse gostaria que me dessem alguma opinião sobre estas minhas dores e o que devo fazer.

Beijinhos para todos, obrigada pela atenção e continuem com esse programa

Sara disse...

Após a gravidez e durante uma fase tive o periodo de 15 em 15 dias. A ginecologista receitou-me outra pilula e resolveu a questão. Houve uma alteração hormmonal muito significativa?

Nana Odara disse...

Conforme foi pedido, iformo um dos sites onde se pode buscar mais informações...

http://www.cladosciclossagrados.com

tbm pode procurar em Absoluta ou no meu blog Mater Mundi, na minha lista de links há vários outros blogs que fazem parte da Segunda Vermelha...

Bem Haja

Jorge CF disse...

Gosto muito do vosso programa, e sou um seguidor assíduo. Penso que fazem um excelente trabalho de informação. E este tema em especial foi muito interessante para a minha filha.

Obrigado à vossa equipa e convidados.