quinta-feira, abril 22

Primavera, flores e… Alergias!

A chegada da Primavera nem sempre traz boas notícias – para quem sofre de alergias esta será uma das piores dos últimos tempos: devido a um inverno rigoroso e chuvoso, vai haver uma maior concentração de pólenes no ar.
Estima-se que 20% da população portuguesa sofra de rinite alérgica e que 10% das crianças sofra de conjuntivite alérgica. Queremos neste programa alertar sobre as formas de prevenção e tratamento.
Desde os anti-histamínicos aos anti-inflamatórios ou métodos mais alternativos, vamos informar sobre os tratamentos mais adequados.

Convidados:
Mário Morais de Almeida
, Pres. Sociedade Port. de Alergologia e Imunologia Clínica
Rui Brandão, Coordenador Rede Portuguesa de Aerobiologia e Biólogo
Paulo Oom, Médico Pediatra
Pedro Ferreira, Farmacêutico

17 comentários:

Martinha disse...

Eu sofro de rinite alérgica e só na Primavera. Todos os anos nesta altura tenho de tomar um anti-histamínico (Aerius). O meu filho também tem rinite alérgica, mas como também é alérgico ao pó da casa tem sintomas o ano inteiro, mas só lhe dou um anti-histamínico na Primavera, que é quando os sintomas se agravam. Amamentei-o até cerca de uma ano mas mesmo assim tem esta alergia. Será que com o crescimento estes sintomas se vão atenuando, ele tem 12 anos?
O pai como não tem qualquer tipo de alergias (e tem sempre teorias à Engenheiro) diz que as crianças devem andar no meio das coisas para apanharem resistências: "protegê-las demasiado, colocá-las em ambientes demasiado aquecidos e esterilizados, Ah e não as amamentar nos primeiros meses é prejudicial".

(confesso que quando li o título, li "Primavera, flores e alegria", lol)

amorim disse...

O meu filho tem 26 anos e rinite alérgica, eu tenho 52 e graves problemas de respiração nasal, será que tenho a mesma alergia?
Parabéns ao programa

Noguidades disse...

Posso dizer que sempre me senti uma felizarda porque nunca me calhou sofrer de qualquer tipo de alergia mas... facto é que este ano, já tive uma laringite provocada por uma alergia. A quê, ainda não consegui diagnosticar e ao que se deveu esta alteração na minha sensibilidade também não sei. Apenas posso relacionar com o facto de ter tido duas gravidezes seguidas... sendo esta a primeira Primavera que passo depois de ter tido as minhas bebés...
Será possível esta relação?

betty disse...

Boa tarde, foi há cerca de 23 anos que descobri ter rinite, o que eu pensava ser uma constipação difícil de tratar!
Começou quando me mudei para uma aldeia "Assafora" entre Sintra e Ericeira!
Terá a ver com o clima!?
perto do mar, humido, etc.
Hoje em dia vivo na Caparica e acordo quase todos os dias com sintomas de alergia, espirros e nariz entupido que por vezes passam durante a manhã!

Parabéns pelo vosso programa,
Elisabete Crespo

Guilherme disse...

Tenho renite alérgica desde os 6 anos (actualmente tenho 19 anos), e a minha mãe sofre de asma. Sou alérgico aos ácaros e pelos de gato, haverá algum tratamento para atenuar este tipo de alergia?

AG disse...

A minha filha de 4 anos teve um surto de urticária há cerca de 2 meses na sequência de uma virose. Na altura tomou um antihistaminico oral e a urticária diminuiu de intensidade. No entanto, desde aí que as manchas características persistem em aparecer, várias vezes ao longo do dia em zonas diferentes do corpo, com vermelhidão e comichão. Já deixou de tomar o antihistaminico. Será que já é uma doença crónica? O que se pode fazer?
Obrigada e parabéns pelo programa.

Matilde Cê disse...

tenho uma duvida: é possivel eu ser alérgica ao pólen durante muitos anos e numa determinada altura deixar de o ser?

Matilde Cê disse...

Boa Tarde.
Desculpem ter sido tão sintética: quando liguem a TV e percebi que estavam a abordar um tema sobre o qual falei numa aula de Biologia de hoje fiquei de tal modo entusiasmada que não resisti em perguntar.
Poderiam esclarecer esta minha dúvida.

Parabéns pela pertinência dos vossos temas.
Obrigado.

Matilde *

Filipa Passos disse...

A oxigenoterapia será contra-indicado para tratamento de alergias?

Fonseca disse...

Tenho uma rinite alérgica específica desde a adolescência. Andei anos a ser mal diagnosticada e tratada, só aos 18 anos se confirmou, todos em casa e à minha volta, pensavam que andava sempre constipada. A minha mãe fumava muito, incluindo em casa e cresci rodeada de alcatifas, nem sempre diariamente limpas. As minhas crises maiores, nem sempre se dão na Primavera. Este Inverno andei bem, mas o aumento do stress, as mudanças rápidas de temperatura, a humidade e o vento juntos costumam piorar a minha situação. Costumo tomar o anti-histamínico (muito raramente) Azomyr e não sei porquê, já tomei Aerius, mas não resultava comigo.
Noto que o que me faz mesmo mal são os fumos artificiais, ou seja a poluição atmosférica, certas atmosferas de ar condicionado, os ácaros, mais os pêlos dos animais, mas nunca as minhas queridas flores e vegetação me fizeram mal.
O meu filho também tende a ter umas crises de rinite, mas nada que umas lavagens nasais com "Libenar", água das termas esterilizada, ou algo parecido, não resolvam.
Acho que as crianças deviam brincar mais no ar livre, deixarem-nas sujarem-se naturalmente, brincar ou mexer animais que não representam perigo à criança, livrem-na o máximo de ambientes de fumo e poluição, não estar a dar sempre Brufens e afins mal a criança tenha febre, não auto-medicar, e acredito que amamentar até pelo menos aos 6 meses, é uma grande ajuda para a criança no futuro.
E não sejam negativos, nem os adultos, nem perante a criança, digam logo: não te preocupes, vais ficar boa, tu és forte, ou lá porque a mãe (ou outro familiar) tem alergia não quer dizer que tenhas, etc, etc.
Tenho capa no colchão anti-ácaros e evito os tapetes. Há um truque para matar os ácaros dos peluches: congelá-los, pelos menos, 24 horas e depois lavar normalmente.
Quem tem alergias deve estar bem de espírito e muito bom humor!
Hoje é o Dia da Terra! Viva o nosso planeta, é a nossa "casa"!

Eugénia Fonseca

Matilde Cê disse...

Pelo que percebi posso deixar de o ser se for vacinada. E se não for sujeita a qualquer tipo de vacinação, as reacções alérgicas podem desaparecer naturalmente?

mais uma vez obrigado *

Sónia disse...

Boa tarde,
sou asmática e já nem me recordo de quando comecei a sofrer de alergias - talvez na adolescência.
Já fiz os testes, e para além de outros factores, provou-se que sou alérgica ao pêlo de gato. De facto convivo com gatos há muitos anos e sou completamente devota a estes animais - resultado: passo o tempo todo a espirrar, e quando isso se agrava fico com dificuldade em respirar, e também os olhos revelam alergia.
Gostava de saber se existe alguma vacina eficaz contra este problema (se sim, pode ser-me dada por qualquer alergologista?), para eu poder adoptar um gato e partilhar a minha casa com ele.
Obrigada.
Sónia
Lisboa

Fonseca disse...

Boa! Gostei de saber que o morango não provoca alergia, também sempre desconfiei. Mas, em geral, tudo o que é em excesso faz mal.
Quanto às alergias da pele, tenho uma pergunta: muitos problemas na pele não será excesso de sabonetes diariamente, champôs agressivos, piscinas com cloro e esfregar muito no banho a pele todos os dias? Disseram-me que água no banho demasiado quente, agrava eczemas e outros problemas de pele e circulatórios.
Felizmente, nunca gostei de banhos muito quentes...

cristianateixeira disse...

Olá a todos!
Nem a propósito a temática deste programa! hoje, há hora de almoço, o meu filho de 18 meses, ao comer sózinho, com colher(mas pouco!), mãos, ... comida no prato,no tabuleiro da cadeira, chão...mãos na cabeça, olhos, coçidelas do sono... começa a manifestar umas manchas vermelhas na zona do queixo, e zona ocular onde coçou, apenas nas zonas da pele que estiveram em contacto com a comida.
O único alimento novo na refeição foi o feijão manteiga (antes já tinha comido feijão branco); não fez qualquer alergia alimentar aquando da introdução de alimentos ao longo de desenvolvimento;quando lavei as zonas afectadas foi progressivamente passando!
Posso considerar uma reacção alérgica? Muito obrigada pelo programa, e os melhores cumprimentos para todos

Rosa Patricia disse...

Boa tarde.

É possível revelar sintomas alérgicos, tal como eczemas atópicos, tosse seca persistente com pieira e falta de ar, e em análises sanguíneas não se revelar nenhuma alergia a nenhum agente alergéneo alimentar ou respiratório?

Muito obrigada e parabéns pelo serviço público q todos os dias fazem.

RP

Cristina Rocha disse...

Boa tarde!
Há algum método disponível para saber a que somos alérgicos?
Cumprimentos

Haloenergy disse...

Na Haloenergy encontra um Centro especializado em Haloterapia, uma solução 100% natural para prevenir e tratar as alergias, gripes e constipações!

Venha comprovar os efeitos terapêuticos do sal!

HALOENERGY (junto ao C.C. Colombo)
www.haloenergy.pt
www.facebook.com/haloenergy.pt