quinta-feira, novembro 11

Onde e como investir as poupanças?

Sabemos que a crise faz parte do léxico de todos os portugueses e que para muitos a dificuldade em poupar passa por não terem ativos suficientes para o fazer.
No entanto, há uma grande fatia da população que tem umas poupanças de lado e precisa de indicações de como e onde investir em 2011.
O que os especialistas aconselham é investir, mas de forma conservadora, apesar destas aplicações se traduzirem em remunerações mais baixas. Mas o risco de perder capital é minimizado ou inexistente. Fundos de capital garantido, PPR, certificados do tesouro, ou os eleitos dos portugueses: depósitos a prazo,
Neste programa iremos produzir informação à medida das suas poupanças, aconselhando os melhores investimentos.

Convidados:
António Júlio Almeida, Pres. Sefin - Ass. Port. de Consumidores e Utilizadores de Produtos e Serviços Financeiros
António Ribeiro, Deco Proteste e Economista
António Godinho, Presidente Onebiz, Consultor financeiro e economista e Vice-Pres. da Ass. de Consultores Financeiros
Suzana Ferreira, Diretora de Comunicação e Marca CGD

9 comentários:

rdc02271 disse...

Boa tarde.

Eu gostaria de saber se o pagamento de juros nos certificados de tesouro é garantido, ou se pelo contrário, o estado pode alterar a qualquer momento as taxas de juros que sejam definidas aquando da subscrição?

Tal como fez quando alterou a forma de cálculo dos certificados de aforro...

Obrigado.
Jorge C.fQ

Jose disse...

Tal como o consumo, a poupança é um hábito que se adquire. Quem não "nasce" com este hábito, pode adquiri-lo por aprendizagem.

A riqueza está no dinheiro que se conserva, não no dinheiro que se gasta!

Planear a poupança é essencial, de outra maneira ela não ocorre!

MF disse...

Ao longo destes anos recentes de crise, limitei-me ao básico e consegui juntar algum dinheirito e aplicar algum em produtos financeiros além do que tenho à ordem! Contudo e quando se houve falar na hipotese da falencia do país o que pode acontecer ao meu dinheiro à ordem ou aos pequenos investimentos a quem fez e faz um esforço? Perdemos a nossa carteira de investimentos? Perdemos o nosso dinheiro?

Jose disse...

Gostaria de receber um conselho para fazer um investimento a longo prazo (30 anos) com juro composto (capital garantido).

António Nunes disse...

Boa Tarde. Origada pelos seus programas. Em relação a este assunto só uma pergunta ao seu convidado que falou em 1º lugar: Considera ou não que os créditos àhabitação e pagos mensalmente são ou não uma poupança ? Considera ou não que a maioria dos que têm esses créditos estão nas mãos da classe média ? Então diga onde é que não existe a poupança dos portugueses. Só se toos os portugueses comerem em vez de duas batatas comem só uma , etc.

angela disse...

Boa tarde Fernanda,

que pena eu tenho que aí não estejam aqueles colaboradores dos bancos que impingem os produtos aos clientes não os alertando para a realidade das condições dos mesmos, é caso disto aqueles produtos em que os clientes podem perder para alem dos juros , perdem ainda parte do capital aplicado

Jorge Manuel disse...

Sou um jovem engenheiro de 27 anos. Gostava de deixar a minha indignação à banca e seguros portugueses pois publicitam informação enganadora relativo a aplicações financeiras. Não informam correctamente os clientes, preferem a todo o custo vender o produto e garantir comissões de venda salvaguardando-se nas letras minusculas no contrato que mta gente não lê. Não identificam correctamente as taxas (efectivas, nominais, se capitaliza o juro ou não, comissões)não informando correctamente o cliente. Gostava também de questionar porque não é possível ao pequeno português comprar dívida publica do estado primária, sendo esta apenas acessível à banca nacional e internacional. Porque não podemos ser nós tb a ajudar portugal e a ganhar com ela também?

angela disse...

agora com a Segurança Social a ir ao bolso dos beneficiarios por terem alguma poupança nos bancos , é obvio que toda a gente vai retirar as poupanças do banco

MissChronus , Chronus e MissKikiu disse...

Ainda estou para ver. neste momento ainda estou a procura de emprego. Já fui operada a um tumor em 2008 e agora, enquanto continuo a minha procura aproveito para encaminhar outras pessoas. Comecei a publicar no meu blog http://misschronus-netspa.blogspot.com/ e agora criei outro http://mudeasuavidaencontreoempregocerto.blogspot.com/

quanto as poupanças a ver vamos.
Não me agrada esta medida, até porque aquele dinheiro é retirado do ordenado do meu marido todos os meses - temos de dar permissão á priori, contudo para receber ainda vamos ser obrigados a poupar? Ou será uma estratégia do governo para ficar com o nosso dinheiro?

Não sei. O que sei é que devemos continuar a pensar de forma positiva sempre.