sexta-feira, setembro 21

Cuidados com os cartões bancários

Um relatório do Banco de Portugal revela um aumento de 9,7% no número de cartões de crédito. Há hoje mais de 9 milhões destes cartões em Portugal.
Apesar do número de cartões de débito ter caído 3,7%, estes foram utilizados na grande maioria dos pagamentos com cartão feitos em 2011: cerca de 80%.
O uso crescente destes meios de pagamento levanta a dúvida: os portugueses conseguem controlar as constantes transações bancárias? E no pagamento a crédito têm noção das comissões cobradas pelas instituições financeiras? Sabem realmente quanto estão a pagar?
Sociedade Civil: serviço público

4 comentários:

vidasdanossavida disse...

É vergonhosa a forma como os bancos bombardeiam as pessoas com cartões de credito, sabendo que são pessoas com dificuldades económicas e que os vão usar como ultimo recurso. É imoral!

Sandra Oliveira disse...

Boa tarde a todos!
Sou daquelas pessoas que nunca quis cartões de crédito.
Tenho noção do que ganhamos cá em casa e não gastamos mais que isso.
Não compro nada a crédito, compro a pronto se tiver dinheiro para isso.
Acho muito mal os bancos andarem constantemente a assediarem-nos para adquirir-mos os cartões de crédito.
Quando dizemos não, essa vontade deve ser respeitada.

Nelson Pereira disse...

boa tarde, não percebo o que se passa com a informação neste país.
Tenho cartão de débito e de crédito mas para pagamento na internet utilizo sempre o serviço MB-NET oferecido pelos diversos bancos. Este serviço permite criar cartões de creditos virtuais, associados à conta bancaria e que tem uma unica utilização.
Com este metodo não existe a questão de roubo de cartões.
Obrigado, Nelson Pereira

Nelson Pereira disse...

boa tarde, não percebo o que se passa com a informação neste país.
Tenho cartão de débito e de crédito mas para pagamento na internet utilizo sempre o serviço MB-NET oferecido pelos diversos bancos. Este serviço permite criar cartões de creditos virtuais, associados à conta bancaria e que tem uma unica utilização.
Com este metodo não existe a questão de roubo de cartões.
Obrigado, Nelson Pereira