terça-feira, outubro 16

Alimentação 100% portuguesa



Revitalizar a economia portuguesa passa, segundo vários especialistas, por comprar produtos locais e nacionais.
Vinho, azeite, legumes, frutas, peixe e carne são alguns exemplos de produtos que quando têm a etiqueta made in Portugal são amplamente elogiados lá fora. E por cá, que produtos compramos para a nossa mesa?
A conjuntura económica trouxe de volta velhos hábitos: menos restaurantes e mais refeições preparadas em casa. Mas será que isto significa que os portugueses estão a preferir produtos de época, habitualmente mais baratos?
Que produtos nacionais são mais valorizados? Podemos ou não ter uma alimentação 100% portuguesa?

1 comentário:

natália melo disse...

Comprar português,mas a que custo?
O que é português é caro.
Quem vai comprar? Os pobres portugueses não são de certeza.