terça-feira, junho 27

Ser vegetariano é benéfico?


As últimas doenças de origem animal e a protecção dos direitos dos animais têm aumentado o número de adeptos do vegetarianismo. O impacto desta dieta a longo prazo não é consensual.

10 comentários:

Anónimo disse...

ANIMAÇÃO SOBRE VEGETARIANISMO:

http://avp.eco-gaia.net/avp-vegetarianismo/avp-flash_porque_ser_vegano.htm

Anónimo disse...

Razões para o Vegetarianismo


Pela sua Saúde:

Nos últimos anos, extensivos estudos médicos têm provado que grande parte dos cancros, doenças cardiovasculares, diabetes, artrite, osteoporose, obesidade, impotência e doenças degenerativas, estão associadas ao consumo de carne e outros produtos de origem animal. A razão pode ser porque são frequentemente dadas aos animais hormonas, pesticidas e antibióticos que ficam no seu organismo e consequentemente no das pessoas que os consomem.

Ao adoptar uma alimentação vegetariana está a prevenir o aparecimento de uma série de doenças e portanto a assegurar uma vida longa e saudável.

Pelos Animais:

Está cientificamente provado que todos os animais com sistema a nervoso organizado (mamíferos, aves, répteis, peixes ...) têm, tal como nós humanos, a capacidade de sentir dor, medo, frio, calor, alegria, angústia, ansiedade, de manifestar o desejo de não morrer, de ter recordações e de agir intencionalmente. Todos os anos são mortos biliões de animais em Portugal que passam a sua curta vida confinados a espaços onde mal se podem mexer. Durante a viagem até aos matadouros os animais são transportados sem as mínimas condições de higiene e são empilhados uns por cima dos outros. Estas viagens decorrem durante muitas horas. Os animais não têm água nem comida. Chegados aos matadouros os animais são muitas vezes mal atordoados e mortos de uma forma cruel e desumana, estando ainda conscientes.

Ao reconhecermos que os animais têm o direito de não sofrer e o direito à vida, o vegetarianismo surge como uma opção natural que abdica da contribuição para o sofrimento animal. Pode não ser você a matar os animais, mas é você que financia a sua morte.

Pelo ambiente:

A produção animal é uma das maiores causadoras da poluição dos lençóis de água. Milhares de hectares de florestas são destruídos todos os anos para criar pastos para gado. Milhares de litros de água e cereais são gastos para alimentar o gado para consumo humano.

Se todos estes gastos revertessem para os países de terceiro mundo, as pessoas não passariam fome.

Por estas e por outras razões ... pense duas vezes antes de comer!



ASSOCIAÇÃO VEGETARIANA PORTUGUESA
http://avp.eco-gaia.net

Anónimo disse...

WEBSITE DA:

ASSOCIAÇÃO VEGETARIANA PORTUGUESA

http://avp.eco-gaia.net

Rita disse...

Um Vegetariano nunca come peixe!
Penso que esta a ser passada uma ideia errada sobre esta deita.
A dieta vegan , é aquela em que não se consome qualquer tipo de alimento com origem animal, assim como não se utiliza qualquer tipo d eobjecto que tenha produtos animais ou de origem animal.
O ovo-lacto vegetariano, tem uma alimentação vegetariana, ou seja, não come carne nem peixe, mas come ovos e produtos lacteos. Depois pode-se distinguir o ovo-vegetariano, e o lacto-vegetariano.
Ser vegetariano não comer só vegetais, é não comer os animais nem nada que tenha tio a sua origem neles, e acima de tudo, respeitar todos os seres, que como nós vivem na Terra e têm tanto direito como nós de estarem vivos no Mundo.

Anónimo disse...

Boa tarde!

Eu sou vegetariana e tenho um filho de 5 meses que começou agora a comer sopas. referi à pediatra que queria que ele fosse vegetariano desde pequeno, a resposta dela foi que era impossivel, e que era muito importante ele comer carne enquanto pequeno para que possa ter um desenvolvimento dito "normal". Alem disso o pai da criança não concorda tambem com o facto do filho ser vegetariano, mas sou eu quem tem a custodia da criança. nestes casos quem é que tem o poder de decidir sobre a alimentação da criança? e será que não faz mesmo mal para a criança não comer carne enquanto está no seu desemvolvimento?

obrigada :)

Anónimo disse...

Sobre a questão de crianças comerem ou não carne e quaisquer produtos de origem animal:


É falso que se diga que é necessário que se coma algum tipo de carne, leite, ovos, mel (ou outros produtos de origem animal) para que crianças possam crescer saudáveis. Existem muitas centenas de milhares de bebés / crianças que por todo o mundo são ovo-laco-vegetarianas ou veganas desde o nascimento, e que têm um desenvolvimento normal ou mesmo acima da média, por não ingerirem alimentos que não só não fazem falta, como na realidade são prejudiciais à saúde.

Pssoalmente conheço bébés veganos que não têm qualquer problema de saúde.

Basta uma pessoa estar bem informada e comer de forma equilibrada e diversificada, que não existe nenhum problema de saúde.



Para mais informações:

ASSOCIAÇÃO VEGETARIANA PORTUGUESA
http://avp.eco-gaia.net

Sofia Barradas disse...

Seguir um regime vegetariano é muito mais ético, saúdavel e ecológico do que um regime omnívoro. Isso já é veinculado por competentes autoridades em saúde pública há muito tempo.Afirmando que é adequado a qualquer idade e fase de vida, isso mesmo o comprovam a saúde dos muitos vegetarianos e veganos de nascimento.
Consultar a posição da American Dietetic Association e da Dietitians of Canada sobre a alimentação vegetariana e vegana:
http://www.eatright.org/cps/rde/xchg/ada/hs.xsl/advocacy_933_ENU_HTML.htm

Sobre alimentação vegetariana e vegana para crianças, há vários textos muito interessantes em
www.centrovegetariano.org

Anónimo disse...

Quatro senhoras de cabelos pintados, estiveram fechadas num estúdio a depenicar um assunto à gargalhada, a discutir o vegetarianismo se é boa moda ou ou se se espera que passe.
E entrevistadora sempre a tentar puxar a brasa, a seu gosto...
Sim, a sociedade civil, assim se vê como procura prepetuar a doença e o erro, em nome das novas «tradições» do bife...
Bem demostram que são as mulheres as responsáveis pelos erros de comunicação, pelos desastres educacionais, a perpetuação da ignorancia, justificando a poluição, etc....
Bláblábah, minhas senhoras!
O melhor do meu divórcio foi ter tido a oportunidade de hoje poder dizer que seu vegan há 15 anos. Tenho pena de ter estado obrigado por 30 anos a comer cadáveres, contrafeito e contra a minha saúde.
Comer carne de animais oprimidos pela industria, peixes saqueados sem respeito, leite espremido a vacas escravizadas, a quem são roubados os filhos pouco depois do nascimento (ou também pensam que as femeas "leiteiras" ficam todas contentinhas por darem leite para estes chupistas bipedes?!?!?!).
O tema do programa até podia ser bom, mas não como foi tratado... claro que já nem era de esperar melhor...
***** José Miranda

Anónimo disse...

Links do Yahoo! Grupos

<*> Para visitar o site do seu grupo na web, acesse:
http://br.groups.yahoo.com/group/Associacao_Vegetariana_Portuguesa/

Anónimo disse...

CORRECÇÃO: Links do Yahoo! Grupos

<*> Para visitar o site do seu grupo na web, acesse:
http://br.groups.yahoo.com/group/Associacao_Vegetariana_Portuguesa/
|