segunda-feira, setembro 11

Medidas de Segurança no Combate ao Terrorismo

Cinco anos depois do 11 de Setembro, procuramos perceber porque é que o Ocidente continua a ser alvo de atentados terroristas e o que está em causa para Portugal.

5 comentários:

Anónimo disse...

Vendo o programa surgiram-me duas questões que nunca foram verdadeiramente esclarecidas pelos Media.
1ª Alá traduzido para português quer dizer Deus?
2ª De um modo sucinto, qual a diferença entre os Xiitas e Sunitas?
Todos vemos o mundo Árabe como culpado pelo 11 de Setembro, como tal, aconselho a verem o documentário "11 de Setembro: Conspiração Interna -Loose Control"

Anónimo disse...

Vi ontem o documentário que estavam a falar há pouco e gostaria de dizer o seguinte: como é que se pode desementir o documentário quando simplesmente não existem vestígios de aviões tanto no Pentágono como na Pensilvânia?... Como é que a América invade o Afeganistão baseando-se numa cassete de má qualidade de imagem onde se vê que a pessoa não é Bin Laden?
Para mim, o verdadeiro terrorista é Bush, que se julga o dono do Mundo...

Rui Sousa, Lisboa

Anónimo disse...

Será que é mesmo preciso restringir a liberdade dos cidadãos sabendo, agora, que quando as forças de segurança fizeram os "trabalhos de casa" abortaram, recentemente, importantes atentados como na Alemanha e na Inglaterra?

Helder Loureiro

Sónia Girante, Barreiro disse...

fico deveras revoltada com estes assuntos porque penso que há grupos de pessoas que transformam a sua fé nas relegiões em fanatismo e pior certas "personagens" da religião menos bem intencionadas aproveitam-se disso, das fraquesas dessas pessoas.
outra coisa; todos nós sabemos que as grandes mentes criminosas não são pessoas incultas e que vivem na pobreza, antes pelo contrário são pessoas viajadas, formadas e sabesse que os individuos que "tomaram" os aviões à 5 anos eram bastante cultas e sem dificuldades económicas

Ajtel disse...

Esses três individuos que aí estiveram, representam bem a nova ditadura de pensamento único - vulgo, "multiculturalismo" (no meu dicionário nem existe).
Mas jamais representarão o pluralismo europeu. Seja o quê fôr que digam não é crível, pois um é mouro e os outros dois gostavam de sê-lo.
Sabem bem onde encontrar alguém com diferente opinião, mas como não querem...