quarta-feira, novembro 29

IMPULSOS CONSUMISTAS E FOBIA MONETÁRIA

Estamos na era do consumo desenfreado e o consumidor apesar de mais informado está longe de ter auto-domínio. Fazem-se compras essencialmente por impulso, com dificuldade em estabelecer prioridades ou planear os gastos. O que remete para a fobia monetária, ou dificuldade em lidar com o dinheiro mesmo a um nível básico.

9 comentários:

Andreia Sousa disse...

Se a publicidade está sempre dar novas ideias de prendas para os meus filhos como é que ele é comedido?

Teresa Viegas disse...

Tenho muita dificuldade em lidar com as minhas 2 filhas adolescentes em matéria de compras. Nunca estão satisfeitas!

Carlos Jorge disse...

Sou um comprador compulsivo. Tenho noção disso principalmente no fim do mês.

Maria da Graça disse...

Devia haver rédea-curta para as instituições que dão crédito quase instantâneo a toda a gente.

Anónimo disse...

Os consumidores têm a responsabilidade de protegerem o Ambiente, ao consumirem o menos possível, e tentando reutilizar e/ou reciclar todos os materiais que utilizem.

A Humanidade está a explorar o planeta e a destrui-lo como se fosse um cancro, é urgente ajudar a proteger o Ambiente.

Para se ter uma ideia da urgência deste problema (consumismo e exploração), podem visualizar o documentário "The Planet".

Anónimo disse...

A MUST SEE DOCUMENTARY ABOUT THE ENVIRONMENT


Direct Link to Watch Movie:
http://svt.se/content/1/c6/69/67/30/planeten1.asx

Watch Movie:
http://svt.se/svt/road/Classic/shared/mediacenter/index.jsp?d=37591&a=696730&from=tipsa



(You need Real Player: www.download.com)

Anónimo disse...

O dinheiro, o consumir e o ter, não são sinónimos de felicidade.

A VERDADEIRA FELICIDADE provêm daquilo que sentimos, pensamos, acreditamos e somos dentro de nós, depende da forma como vemos e vivemos a vida.

Não são os bens materiais que trazem felicidade, é sim o amor, a amizade, o carinho, o altruismo e o respeito por toda a vida e o planeta.

VAMOS PROTEGER A NATUREZA E O PLANETA


-------

Saiba mais em como ajudar pode ajudar o planeta neste documento:

http://www.eco-gaia.net/downloads/index.php?act=view&id=3

anne_87_003@hotmail.com disse...

Em nada tem a ver com o tema do programa, mas foi o único sitio onde poderia colocar esta pergunta, gostaria de saber onde se encontram à venda as peças de bijoteria de Fernanda Freitas, agora com o natal à porta daria muito geito saber... Muito obrigado

Padre Hermenegildo Faria, professor de exegese em Braga disse...

Envio só esta mensagem para dizer que o senhor José Palma de Oliveira que corrigiu o sr cónego da Sé de Lisboa está errado na interpretação que deu da festa de Natal e na sua relação com o nascimento de Cristo.

Também é errado que a troca de presentes no Natal tenha alguma relação com uma qualquer prática do tempo do império romano porque durante os séculos seguintes nunca houve prática de troca de presentes. Os presentes de Natal são uma prática muito recente.