terça-feira, outubro 16

ALIMENTAÇÃO E LONGEVIDADE

Sabia que nem só as pessoas com excesso de peso se devem preocupar com a alimentação? Um estudo científico recente lança o alerta: as pessoas magras, com peso dentro dos parâmetros normais, podem armazenar gordura em redor dos órgãos vitais. No Dia Mundial da Alimentação, o SC discute o papel que uma alimentação cuidada pode exercer na manutenção e, por vezes, na recuperação da saúde dos seniores e de quem para lá caminha. Vários trabalhos sobre longevidade têm demonstrado a importância da redução do consumo de gorduras e os benefícios do aumento da ingestão de alimentos ricos em fibras, vitaminas e antioxidantes. Descubra no SC se é na alimentação que está o elixir da juventude.

45 comentários:

Daniela Gonçalves disse...

Daniela Gonçalves, Socióloga

Num contexto em que a prevalência e incidência de obesidade e de doenças cardiovasculares são assustadoras, é fundamental sensibilizar as famílias para a importância de estilos de vida saudáveis.

Daniela Gonçalves disse...

Daniela Gonçalves

Uma efectiva educação para a alimentação deve ter início na infância. Os agentes de socialização família e escola devem desenvolver esforços nesse sentido, em parceria com nutricionistas e promotores de saúde.

Daniela Gonçalves disse...

Daniela Gonçalves, Socióloga

Os média podem ter um papel importante na educação para a alimentação, se a informação nesta área for rigorosa, simples e passar em horário nobre.

lady_blogger disse...

"...as pessoas magras, com peso dentro dos parâmetros normais, podem armazenar gordura em redor dos órgãos vitais"-refere o SC.

Ainda este fim de semana vi o filme John Q. que retrata isto. Uma criança desportista correu risco de vida porque o seu coração era 3 vezes maior que o esperado, e isso comprimia e alagava os seus pulmões. Salvou-se com recurso a transplante que seria pago.
Pergunto se em Portugal só se paga a intervenção cirurgica, ou se nem esta nem o órgão transplantado se pagam. A ter de se custear tudo isto, em quanto fica a despesa em média? Não há hospitais que providenciem gratuitamente um coração novo? Quem diz um coração diz um outro órgão qualquer...
Qual o tempo de espera habitual para os casos de transplante?
E no caso de muita urgência, existe algum banco internacional de recolha de órgãos, que sirva todos os países que dele necessitarem? Eu sei que após um transplante a vitalidade do órgão tem o tempo contado, porém com as viagens de avião o factor distância não influi tanto assim na morosidade de todo o processo.

CC

Maria Mendes

lady_blogger disse...

No filme que vi, um médico sugeriu que talvez no normal sistema de saúde já se soubesse do problema coronário da criança, mas que terão preferido ignorar porque esse sistema não consegue dar resposta a tamanhas despesas.
Uma situação destas pode ocorrer em Portugal? Em caso afirmativo, que pode o utente fazer perante isto?

CC

Maria Mendes

lady_blogger disse...

"Uma efectiva educação para a alimentação deve ter início na infância." -disse a Daniela.

De facto a preocupação com a alimentação deve começar desde logo cedo, e se possível durante a gravidez.

Há menos de uma semana vi numa reportagem alusiva ao Poço da Morte, uma mãe que foi buscar os filhos acho que a uma creche ou infantário onde a refeição era batatas tipo pála-pála com salsichas. Isso é a alimentação indicada para aquelas crianças? Nenhuma entidade viu o que eu vi? Ninguém põe cobro a esta situação? Quem regula a alimentação que as amas ou instituições ao serviço da infância dão às crianças? É a ASAE?
E porque não actua?

CC

Maria Mendes

lady_blogger disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
lady_blogger disse...

É certo e sabido que na nossa alimentação reside grande parte do segredo do nosso bem estar geral. No entanto, não diria cada caso é um caso, mas sim e mais especificamente que cada corpo é um corpo, e portanto a nossa capacidade de assimilação do que ingerimos difere de indivíduo para indivíduo. Por alguma razão algumas pessoas são alérgicas a morangos e outras não. E os morangos são óptimos para a saúde e não engordam como outras frutas.
Também temos de nos lembrar dos factores genéticos, e daquelas doenças que muitos acabam por ter por uma questão de hereditariedade, onde por vezes não há educação alimentar que lhes valha.
"Mens sana in corpore sano."- é difícil conseguir-se isto em pleno, isto porque o stress do dia-a-dia provoca desgaste físico e emocional, e por vezes não há tempo ou dinheiro que permita fazer a melhor opção alimentar.

CC

Maria Mendes

Anónimo disse...

Ter uma alimentação mais saudável, ética e sunstentável representa fazer uma alimentação:

- biológica (sem químicos e mais nutritiva)
- vegetariana (sem produtos de origem animal)
- o mais natural possível (não ser processada, etc)
- rica e diversa em alimentos e nutrientes
- sempre que possível crua, para preservar os nutrientes sensíveis ao calor
- não ingerir açucares, químicos e outras substâncias "alimentares" nocivas

etc etc



Sites portugueses para consultar sobre o tema da alimentação:

www.centrovegetariano.org
www.sejavegetariano.org
www.avp.org.pt

lady_blogger disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

Para além do dia da alimentação (no geral), hoje é igualmente o DIA MUNDIAL ANTI-MCDONALDS.

Aqui ficam alguns motivos pelos quais existe este dia e calha no dia da alimentação:



O QUE HÁ DE ERRADO COM A McDONALDs?

Problemas de saúde
Exploração de trabalhadores
Tortura e morte de biliões de animais todos os anos
Destruição do Ambiente

A McDonald's gasta uma fortuna em publicidade, tentando cultivar a ilusão de uma imagem familiar e
acolhedora que está muito longe de ser a verdadeira. As crianças
são assim manipuladas para entrarem num “mundo de fantasia”,
arrastando os seus pais consigo com a promessa de vários brinquedos
“gratuitos”. Porém, por detrás da cara sorridente do Ronald McDonald
reside a dura realidade, o único interesse da McDonald's é unicamente o dinheiro, fazendo lucros ao explorar pessoas, os animais e a Natureza.

(...)


Para informações sobre isto ver:

GREENPEACE: WWW.GREENPEACE.ORG
MCSPOTLIGHT: WWW.MCSPOTLIGHT.ORG
MCDONALDS WORKERS RESISTANCE: WWW.MWR.ORG

“NÓS SOMOS AQUILO QUE COMEMOS”

---


"Queria pedir desculpa por ter participado na lavagem
cerebral dos jovens na América do Norte, ao incentivar
que fizessem coisas que eram contrárias ao propósito da
vida."

Geoffrey Giuliano, que fez de Ronald McDonald durante 2
anos para a McDonalds no Canada.

lady_blogger disse...

"Descubra no SC se é na alimentação que está o elixir da juventude."

A alimentação é um dos segredos para a longevidade, mas não basta por si só, há outros hábitos de vida que a influenciam.

Quanto à alimentação ser o elixir da juvialidade eterna, creio sim que o seja parcialmente, pois muitos alimentos são comprovadamente benéficos para a nossa saúde, porém não nos devolvem as características físicas da nossa juventude mais longínqua.
A alimentação ajuda à manutenção do nosso bem estar, mas não opera milagres, para isso existem as cirurgias (incluindo as estéticas).

O segredo do verdadeiro elixir da eterna juventude, quem o quiser terá de pedir ao Sérgio Godinho para lho cantar (sim, eu disse cantar).

CC

Maria Mendes

Pedro Marinho disse...

Eu como para viver e não vivo para comer...

Pedro Marinho de Arcos de Valdevez

Pedro Marinho disse...

Escolha alimentos saudáveis

EMBORA os médicos hoje tenham-se especializado no tratamento de doenças, certo médico disse: “A saúde, por mais estranho que pareça, não é nossa área. A saúde é responsabilidade de cada um.”

Que tipo de ajustes podemos fazer na alimentação? Como podemos assumir a responsabilidade pela nossa saúde e comer de uma maneira que possa melhorá-la?

Pedro Marinho de Arcos de valdevez

Pedro Marinho disse...

O DESAFIO hoje é decidir o que causará o maior impacto na nossa saúde. A mídia inundou o mercado de informações sobre dietas, exercícios, suplementos nutricionais e muitos outros assuntos ligados à saúde. Infelizmente, muito disso é contraditório. Diz a editora de ciências Denise Grady: “Os conselhos ao público sobre o que comer, que remédios tomar e, basicamente, como viver, parecem produzir uma reviravolta sempre que se publica um novo estudo numa revista médica.”

Pedro Marinho de Arcos de Valdevez

Pedro Marinho disse...

Como você escolhe os seus alimentos? Ao comprá-los, que factores o influenciam? Será a vistosa embalagem? O preço? A confecção fácil? A propaganda persuasiva? Ou simplesmente a aparência e o sabor dos alimentos? A escolha correta poderá determinar a sua alimentação será de alto ou de baixo valor nutritivo, se fará bem ou mal à sua saúde.

Pedro Marinho de Arcos de Valdevez

Anónimo disse...

Olá!

Chamo-me Carmen, tenho 33 anos e foi-me diagnosticado hypotiroidismo há coisa de 2 meses e com isso os triglicéridos não param de subir, e de forma velozmente assustadora: 170, 205, 265... quando tinha os trigliceridos a 170 um médico receitou-me medicação para o baixar, mas não o fiz:)

agora que tenho 265, a endocrinologista mandou-me ter cuidado com a fruta que como...(?)

Estou baralhada.
Que vos parece?

Muito obrigada:)

carmen

Pedro Marinho disse...

Porque razão só existem apenas 14 municípios com nutricionistas num país com 308 câmaras
municipais , será que os presidentes de câmara são nutricionistas? Porque razão se ignora uma area de extrema importância? Podem - me responder.

Pedro Marinho de Arcos de Valdevez

Anónimo disse...

hoje em dia alimentamos os nossos filhos de forma descartavel!! damos-lhes papas instantaneas, iogurtes com os mais variados aromas e polpa de fruta comprada em pacotinhos!!! eu alimento o meu filho, de 15 meses, seguindo a practica macrobiotica. gasto menos dinheiro e o meu filho tornou-se muito mais saudavel e equilibrado! papas feitas em casa de arroz, sopas com cereais e leguminosas (e até algas!), e adoçantes naturais.
experimentem,,,,
brigida ribeiro

Sylvie disse...

Boa tarde!
Quase toda a gente sofre para emagrecer e eu sou ao contrário: tenho 1,80 e peso 53 kg. Sou e sinto-me demasiado magra e não gosto. Já tentei de tudo para engordar mas quando consigo é muito pouco e não consigo manter! Também assumo que n como tão bem como deveria e ás vezes salto refeições por falta de tempo.
Agora soube que tenho o colesterol alto assim como os níveis de açúcar! Estou desesperada e sem saber o que devo ou não comer! Só queria conseguir uns quilinhos a mais para equilibrar um pouco mais o meu corpo.
Após a gravidez e/ou ao deixar de fumar ou até mesmo quando se chega aos 30 anos geralmente engorda-se?! pois não é no meu caso!
Tudo o que devo comer agora não me vai deixar engordar de certeza...mas lá está, se calhar devo por o meu desejo de engordar de parte e comer saudavelmente...

RUTE disse...

DÚVIDA:
Há um tempo atrás tomei conhecimento duns livros sobre a tese do Dr.Peter J. D´Adamo que relaciona o nosso grupo sanguíneo com a dieta aplicável.
Eu, por exemplo, sou do Grupo 0 e segundo o livro um dos alimentos prejudiciais é o trigo e todos os derivados de trigo.
Algum dos convidados presentes pode elucidar-me mais à cerca desta relação tipo de sangue versus alimentação?

Renata disse...

Boa tarde a todos,
Sem dúvida uma boa alimentação é algo essencial desde o nascimento de uma criança.
Adoro cozinhar e adoro comer, mas de modo saudável e variado.Assim sendo à minha filha de dez meses, dou apenas produtos naturais, isto é, não recorro às típicas refeições enlatadas de todo o género que existem à venda nos supermercados.
Quando vou passear levo a sopa num termo, é simples e muito mais saudável
Fico com imensa pena quando vejo na área de restauração dos centros comerciais a maior parte das crianças a comerem "fast-food", não digam que é por questões económicas pois pelo mesmo valor podem comprar uma salada.

Gostaria de deixar aqui um apelo a todos os fumadores, que por favor,pelo menos não fumem nos restaurantes, deixem as outras pessoas usufruirem de uma boa refeição descansada. Principalmente se ao lado estiverem crianças...não fume!

Antonio Silva disse...

Gostaria que me informassem do seguinte: uma alimentação, a base de vegetais, sem carne, nem peixe, seria apropriado para alguém, com um trabalho de 8 horas, exigente em termos físicos?? E já agora, outra questão: a longevidade, não tem correlação directa, com o património genético?

Anónimo disse...

Olá!
Até que ponto não será necessário ter especial cuidado com a quantidade de iodo que se pode ingerir com as algas, tão usadas na dieta vegetariana?
Quais os perigos?
Já li que podia ser altamente tóxico...

tito disse...

Quero com a minha intervenção dizer que o problema é que graças à produção e distribuição industrial de alimentos, perdemos o contacto visceral com os alimentos. Não somos pescadores, não somos agricultores, não somos pastores. Apenas consumimos. E isso é o ponto de partida para cairmos em erro no que toca à nossa alimentação.

Ana disse...

Parabéns pelo tema desta tarde!
Eu ñ como carne há já algum tempo por opcção, digo k é o meu regime alimentar e k gosto k seja respeitado. Sinto-me mto bem,sinto que o meu sangue flui bem (grupo A) e ñ tnho problemas de peso, às vezes estou 1 bocado mais magra e outras mais pesada, como acontece a quem come d tdo..
Há quem tenha 1 percepção de mim, como alguém tranquilo, e 1 forma de estar mto serena.
Leio bastante sobre o assunto (inclusivé "A Dieta Mediterrânica","A Dieta Ideal para o seu Grupo Sanguíneo"), o que me ajudou e continua a ajudar, e tb o facto de gostar de cozinhar e a criatividade.
Aconselho a tdos a não comerem carne de porco, pois este é o animal mais próximo, em termos de aminoacidos e outros constituintes, do homem e o que faz com que as ligações moleculares nas células se tornem mais densas (corrigem-me se tiver errada), logo o sangue mais espesso.Devem também ter cuidado com as combinações, como por exemplo não comer batatas com couves.
No entanto seria aqui que eu gostaria de ter mais informação, relativamente às combinações.
Obrigada.

portuense disse...

Colhemos carne da prateleira do supermercado como se estivessemos a colher uma laranja da árvore. Isso está longe de nos trazer sanidade.

RUTE disse...

OUTRA DÚVIDA:
Por falar em dadores (eu sou dadora), existe alguma relação entre dar sangue e engordar por tal facto?
Existe esse mito. Defende-se que por cada litro de sangue retirado, o organismo produz 2 litros (ou algo do género).

paulo marques disse...

Boa tarde,

Somos um pequeno jornal local do concelho de Sintra - www.cidadeviva.pt e por entendermos que este é um assunto importante contamos com a participação graciosa da drª Raquel Ferreira, nutricionista, (http://www.cidadeviva.pt/downloads/19.pdf )que com os seus textos nos proporciona informação credível aos nossos leitores sobre as diversas matérias alimentares.

Penso que iniciativas simples deste género deveriam ser seguidas. Já reparou que só excepcionalmente a imprensa dedica espaço a este assunto?

Continuação de bom trabalho. Nós por cá vamos dando o nosso contributo para que todos comam um pouco melhor.

Votos de um bom trabalho.

Paulo Marques
Cidade VIVA
www.cidadeviva.pt
geral@cidadeviva.pt

Luís Nogueira disse...

Gostaria de saber a opinião dos convidados em relação aos suplementos vitamínicos com uma grande variedade de componentes como o Centrum. Pois parecem completamente incompatíveis com uma alimentação normal.

Antonio Silva disse...

Eu penso, que se não tivermos predisposiçao genética para vivermos ate aos 100 na e de certeza por comermos toneladas de vegetais que la chegaremos, isto para dizer que os cancros tem predisposição genética, a colesterol por herança genetica, mas a ciência medica consegue prolongar aquilo que a alguns anos atrás seria inevitável.

tito disse...

Caçar para comer carne, pescar para comer peixe, cultivar para comer vegetais, seria o principio de uma alimentação saúdavel.

Andar de carro para evitar andar 800, 1500 ou 3000 metros a pé também deve ser prenuncio de mortalidade.

Antonio Silva disse...

O grande mal, deste mundo, foi quando descobriram que se podia ganhar dinheiro, com tudo e mais alguma coisa.
E o negocio da macrobiótica, dos talhos, das peixarias, dos vegetais, e tudo a puxar a brasa(euros), para a sua sardinha.

bkvptal disse...

Numa sociedade em que para muitos a alimentação étemdemasiados corantes e conservantes, qual o impacto na saude humana de corantes e conservantes em grande quantidade ?

RUTE disse...

Sabem porque não há muito o hábito de ingerir pão 100% de centeio ou mesmo 100% milho ou outro cereal para além do trigo?
Porque a farinha de trigo é a única com elevado teor de gluten. E o gluten é o que faz o pão crescer.
Portanto, pão 100% centeio ou milho, não cresce, fica plano e não fica fôfo. É o pão chamado de Broa.

Antonio Silva disse...

A acreditar em tudo o que aparece escrito, comia-se tudo, e não se comia nada, hoje nos jornais diz-se que os broculos faz bem a tudo e mais alguma coisa, amanha ou depois no mesmo jornal diz que os broculos matam. Mao sei, no que acreditar.....

Antonio Silva disse...

Dª Rute as broas também leva farinha de trigo.
Farinha de nilho previamente mistura com agua a ferver, fica a descansar, depois e misturada farinha de trigo e e farinha de cnteio opcionalmente.
VAI AO FORNO de lenha DE PREFERÊNCIA a 300º.

RUTE disse...

Aconselho a todos adquirirem uma máquina de fazer pão.
Assim é possivel ter pão diferente todos os dias. Basta juntar os ingredientes à noite e programar a máquina para terminar o pão à hora do pequeno almoço.
É possivel fazer pão de tudo: Pão de grão, de ervilha, de amendoa, de noz, de soja, de alfarroba, ...
Evite a monotonia na sua vida e na sua alimentação.

martagaspar disse...

Por sinal aqui em Valença há pão de milho, de centeio, de mistura etc etc, o que eu como ao pequeno almoço com um fio de azeite. Bani a manteiga

RUTE disse...

Há realmente muitos substitutos para os produtos que geralmente a população está habituada a consumir.
O sal pode ser substituido por ervas aromáticas ou molho de soja.
O açucar pode ser substituido por mel ou frutose.
A manteiga/margarida de cozinha pode ser substituida pelo azeite ou por alguns óleos.
A manteiga de mesa pode ser substituida por algumas pastas de frutos secos, como a manteiga de amendoim, a pasta de amendoa e a pasta de cajú, ou até mesmo pelo azeite conforme foi dito pela Marta.

o canhamo como super-alimento disse...

Caríssima Fernanda Freitas
Caríssimos interessados,

Estou-vos a escrever devido ao programa de hoje: ALIMENTAÇÃO E LONGEVIDADE. Muito lhe agradeço a seriedade do dito programa.

Porque não falam do cânhamo que é sem duvida um SUPER-ALIMENTO? SE vão fazer outro programa por favor incluam este alimento: Temos todo o prazer de dar mais informação!

www.canhamo-pt.com

P: Porquê escolher comida de cânhamo pela saúde?

R: O óleo de cânhamo é muito rico em Ácidos Gordos Essenciais (AGE) - Omega 6 Linoleico, Omega 3 Alfa Linoleico e Àcido Gama-Linoleico (AGL) que são muito importantes para uma saúde optima do corpo. Os AGE's não podem ser produzidos pelo corpo e são vitais para a estructura e funcionamento dos tecidos do corpo. Os AGE's também podem ser obtidos comendo sementes de cânhamo que são uma fonte rica (cerca de 25%) de proteínas contendo os 9 aminoácidos essenciais. O Omega 6 e 3 e o Àcido Gama-Linoleico no óleo de cânhamo aparecem numa taxa bioquímica optima que é de 2.5:1. É a presença destes ácidos gordos nesta taxa que ajuda a melhorar problemas de pele como eczema, a psoríase e o acne. O óleo de cânhamo também ajuda na cura e prevenção de outras doenças inflamatórias como artrite reumática, osteoporose, doença de Chron e colite ulcerativa. O óleo de cânhamo contém o AGL que é o componente activo no óleo de prímula, que pode ter sucesso no tratramento de eczema, TPM, menopausa e artrite. Adultos que usam o óleo de cânhamo regularmente afirmam que a sua pele ficou mais suave, as unhas e cabelo mais fortes e grossos apenas depois de algumas semanas de 1 a 2 colheres de sopa por dia.

P: Quais são os beneficios do óleo de cânhamo em comparação com o óleo de linhaça?

R: A proporção de 3:1 dos Ácidos Gordos Essenciais, 3 partes de Ácido Linoleico (Omega 6) e uma parte Ácido Alfa-Linoleico (Omega 3), no óleo de cânhamo é favorável à dieta do ser humano pois satisfaz os requerimentos nutricionais dos nossos corpos. Demais de um destes dois causará uma deficiência no outro. O óleo de linhaça, apesar do conteudo grande de Omega 3, tem-no numa proporção menos favorável, de 1:5. O uso prolongado e exclusivo de óleo de linhaça leva a uma deficiência de Omega 6, que provoca sintomas como pele seca, pele fina e dores nas articulações. Ao contrário do óleo de cânhamo, o óleo de linhaça não contém o Ácido Gama-Linoleico, um derivado do Omega 6, um ácido gordo tripla-insaturado muito importante para o metabolismo humano. O óleo de cânhamo pode ser eficaz no tratamento do eczema, da tensão pré-menstrual e da artrite.

Informação Essencial sobre o Cânhamo

O Cânhamo é uma das primeiras plantas a ser cultivada pelo homem há mais de 10.000 anos. Foi a primeira fibra têxtil a ser usada. Cresce de forma natural, não precisa de pesticidas nem herbicidas e proporciona o azoto que a terra necessita para se tornar mais fértil. Uma das fibras mais longas e mais produtivas da natureza. É 30% mais resistente do que o algodão, possui um grande poder de absorção (de 20 a 30% do seu peso); não se detriora, é anti-estática, reflecte mais de 95% dos raios UV; resite ao mofo e aos micróbios, por isso recomenda-se a quem sofra de alergias ou intolerâncias; possui um óptimo poder isolante. A semente de cânhamo é única no reino vegetal! O seu perfil de proteínas e gorduras é o mais completo, e ideal para a nutrição do corpo humano. Nenhuma outra planta, nem mesmo a soja, se compara ao cânhamo na sua variedade e equilíbrio de benefícios nutritivos, tornando-o a principal fonte de alimento ideal do Mundo. Os ácidos gordos essenciais (AGE) são importantes e devemos comê-los porque o nosso corpo não os fabrica. O cânhamo é a melhor fonte de AGE, não só porque tem o total de AGE mais elevado de qualquer óleo de semente (80%), mas também porque a proporção de AGE é considerada a melhor para o equilíbrio da saúde humana. Os AGE baixam a pressão arterial e ajudam os músculos a contrair, a regular o ácido do estômago e a temperatura do corpo. Os AGE são também necessários para o funcionamento normal do sistema reprodutivo, regulação de hormonas e para quebrar os depósitos de colesterol nas artérias.

E MUITO MAIS em www.canhamo-pt.com

Não descurem uma cultura e uma planta que já foi da maior importância para este País!
Muito simplesmente, o Cânhamo é por excelência, o recurso natural renovável da Terra. Combustivel, Alimentação nutritiva (omega 3 e 6 nas proporçoes ideais para a saúde), Fibra - os alicerces básicos de uma sociedade, tudo isto vindo de uma única planta. O Cânhamo é a melhor planta para produzir roupas, papel, plásticos, materiais de contrução, comida, bebidas, cosméticos, biodiesel, tintas e produtos de limpeza. Para alem disso fertilza o solo, e é desparazitante biologico. E O CÂNHAMO NÃO CONTÉM QUAISQUER PSICOTRÓPICOS! O CÂNHAMO NÃO É DROGA! É SIM uma planta excepcional para o Planeta e para a nossa saúde!

Muito agradecemos por nós por Portugal e pelo planeta.

Anónimo disse...

"Há um tempo atrás tomei conhecimento duns livros sobre a tese do Dr.Peter J. D´Adamo que relaciona o nosso grupo sanguíneo com a dieta aplicável."


Em geral isso é uma treta, que conheça não existe nenhum estudo minimamente científico que apoie essas teorias, e se forem analisar bem isso, só vêm incongruências imensas de todo o tipo.

Anónimo disse...

" O CÂNHAMO NÃO É DROGA! É SIM uma planta excepcional para o Planeta e para a nossa saúde!"


100% apoiado.

O canhamo era muito usado nos séculos passados, mas porque era uma grande ameaça para várias industrias (alimentar, petrolifera, farmaceutica, roupa, etc), muitas décadas atrás nos EUA certos grupos decidiram começar a inventar motivos (falsos) para banir o canhâmo.

Hoje em dia começa lentamente a aparecer, e os seus imensos usos diferentes são benéficos para todos.

Anónimo disse...

"Antonio Silva disse...
Gostaria que me informassem do seguinte: uma alimentação, a base de vegetais, sem carne, nem peixe, seria apropriado para alguém, com um trabalho de 8 horas, exigente em termos físicos??"


Não só é possível como é MUITO MELHOR para a saúde.

Procure no youtube.com um pequeno vídeo sobre uma reportagem com Carl Lewis, um vegetariano puro (não consome absolutamente NADA de origem animal) há bastantes anos.

Sabe o que ele é, é apenas um atleta profissional de atletismo que foi várias vezes campeão olimpico mundial.

Chega?

E isto é apenas um pequenissimo exemplo.

Anónimo disse...

"Anónimo disse...
Olá!
Até que ponto não será necessário ter especial cuidado com a quantidade de iodo que se pode ingerir com as algas, tão usadas na dieta vegetariana?
Quais os perigos?
Já li que podia ser altamente tóxico..."


Algas tão usadas na dieta vegetariana? Isso não é verdade. Estatisticamente falando, poucos são os que comem regularmente algas, e é de vez em quando, os restantes raramente ou mesmo nunca.

O iodo é necessário para a saúde humana, embora seja em pequenas quantidades. Se se comer algas de vez em quando não há qualquer problema.