sexta-feira, novembro 2

MADDIE: SEIS MESES DEPOIS

No dia 3 de Maio, Portugal e o mundo tomaram conhecimento de que uma menina britânica tinha desaparecido do quarto de hotel onde estava a passar ferias com os pais. Seis meses volvidos, o caso já evoluiu para a tese de homicídio por negligência (pela mãe), voltou à tese de rapto e não se sabe exactamente em que pé estará quando este programa for para o ar. Certo é que após a passagem do casal McCann por Portugal, nada voltará a ser como dantes na investigação criminal, na imagem que as nossas instituições projectam para fora, na forma de reagir a denúncias de desaparecimento de crianças, nos meios à disposição das autoridades portuguesas e, acima de tudo, no crédito ou descrédito que atribuiremos às próximas denúncias sobre desaparecimento de crianças.

50 comentários:

Anónimo disse...

Hj fui eu o 1º! eheh :P

admd

SC: desculpem, n hj acordei mto bem disposto e apeteceu-me fazer graçola! :p

Mas ja estou a aquecer pra daki a bocado!

lady_blogger disse...

Olá.

Hoje apesar de distante não deixei de vir ao Sc. Vim cá por uns minutinhos só.
Quanto ao caso mais mediático que toda a imprensa aborda, acho que muito se fala e pouco se faz...

As autoridades portuguesas só se mexem perante casos que envolvem relações internacuionais. Digo isto com conhecimento de causa, porque há uns anos atrás eu mesma contactei a PSP de Coimbra no sentido de lhes dizer que o Rui de Lousada parecia andar por Coimbra, e não fui a única a vê-lo. Mas ninguém fez nada...

É lamentável!

CC

Maria Mendes

lady_blogger disse...

Vou ter me ir por hoje.
Antes disso, quero dizer que é lamentável também que se continue a cometer atrocidades contra inocentes em idade tão pueril.

Bom fim de semana.

CC

Maria Mendes

RUTE disse...

ADMD conseguiste ser o primeiro porque este é um tema já demasiadamente falado :P

Existem tantas Maddies desaparecidas, infelizmente. Mas (talvez) só por ser uma criança estrangeira, filha de médicos e que estáva num aldeamento de luxo no Algarve, tenha tido direito a toda esta mediática cobertura.

Espero que a nossa Fernandinha mostre outros rostos de crianças desaparecidas e traga a lume outras histórias lamentáveis.

Do caso Maddie, algo que me despertou à atenção: O facto dos pais da pequena Maddie darem comprimidos aos filhos para eles dormirem ou para eles sossegarem...

É um facto que não são os únicos!! Há imensos pais que abusam de medicamentos nas crianças. Ou porque são hiperactivos ou porque assim que têm uma dorzinha, resolvem tudo com o comprimido mágico.

A Ritalina por exemplo é um medicamento muito usado para tratar crianças hiperactivas e com défice de atenção.Inclusivamente deficientes. Eu sou contra a Ritalina.

Novamente aqui a alimentação tem um papel importante. Se diminuirem os chocolates e os açucares na alimentação duma criança, ela ficará muito mais calma e atenta. Perderá a "electricidade" em excesso proveniente da energia a mais e da cafeina presente nos chocolates.

Anónimo disse...

Vou referir um assunto que muitas pessoas têm dito, desde sempre, nos ultimos meses depois do desaparecimento de maddie, acerca da irresponsabilidade dos pais.

Há um número muito grande de pessoas que desde cedo culpa os pais pelo desaparecimento de maddie, não por estes poderem ter sido directamente responsáveis pelo mesmo, mas sim unicamente porque reclamam que os pais foram muito irresponsáveis por terem deixado a/s criança/s sozinhas por alguns minutos, que era coisa que nessas opiniões, eles não deveriam nunca ter feito.

Será que isto faz sentido?

Então eu pergunto se essas pessoas que dizem isso por acaso, se são/foram pais, se literalmente ficaram **SEMPRE** com os seus filhos durante os primeiros anos de vida, sem ficarem longe deles por alguns minutos ou mesmo segundos que seja?

Pois é, se pensarmos nisso NENHUM pai do mundo alguma vez conseguiu (passado), consegue (presente) e conseguirá (futuro) fazer tal coisa, pois é COMPLETAMENTE IMPOSSÍVEL estar-se constantemente junto de outra pessoa durante anos a fio sem se separar dela por uns minutos que seja, por exemplo para ir fazer compras, para ir trabalhar, parar ir tratar de assuntos, para dormir, para viajar, para ir para a escola, ir ao WC, etc etc etc.


Por isso é ridiculo e mesmo hipócrita que uma pessoa reclame com os pais de maddie como irresponsaveis, por estes terem ficado alguns minutos fora (note-se, apenas a alguns metros de distancia) para irem comer, quando as próprias pessoas que o dizem sempre fizeram isso com os seus filhos.

Pensem primeiro antes de criticar.



-------



Acerca da POSSÍVEL responsabilidade directa do casal sobre o desaparecimento de sua filha, se estavam envolvidos ou não, é cedo para dizer e julgar, mas pelas poucas informações que se soube até agora, o cenário que parece mais provavel poderá ser a questão de que possam ter feito alguma coisa.

Poderá ter acontecido que, enquanto jantavam, maddie poderá ter morrido devido a algum factor desconhecido, a mãe (juntamente com gery) quando chegou e verificou a situação deverá ter ficado em pánico, e com o medo de ser directamente responsabilizada, ir para a prisão e perder os filhos, deverão ter inventado o rapto para evitar todos esses males, só que deu no que deu, e "enforcaram-se" na própria corda...

Se esta TEORIA assim for verdade é muito lamentável, mas quando uma pessoa fica em pánico e perde a cabeça, pode fazer coisas completamente irracionais.

Teremos de esperar para verificar o que se passou, não vale a pena julgar sem se saber mais factos.

Esperança é a ultima a morrer.

cd

ANTONIO SILVA disse...

BOA TARDE A Dª FERNANDA, AOS SEUS CONVIDADOS E PARTICIPANTES DO FÓRUM.

RUTE disse...

CARPE DIEM, convém mesmo repensarmos a nossa liberdade pois hoje em dia, nada é seguro.

Ainda ontem, quando via (em diferido) o programa sobre a pedofilia e ouvia os conselhos que a Fernanda dáva, como, por ex, nunca deixar as crianças no carro sozinhas...lembrei-me: Xiii pois é!! Já me aconteceu, dizer para a m/filha "fica aí um minuto que a mãe vai só lá a cima buscar algo que se esqueceu". Claro que eu tranco o carro, mas se por hipotese alguém começar a falar com ela e pedir-lhe meigamente para o abrir por dentro, é lógico que ela abre. Apesar dos avisos de: - Não abras a porta a ninguém!!

Anónimo disse...

Para esse senhor da PJ:

Por acaso está a falar a sério quando diz que é crime deixar crianças sozinhas por alguns minutos??? Qual é o código que diz isso e o que diz concretamente?


Mas isso mais parece que é a gozar que qualquer outra coisa.

Se assim é, então quer dizer que na sua opinião TODOS os pais são criminosos??? (porque NENHUM pai fica 100% do tempo com os filhos nos primeiros anos)

Incluindo você claro, se tiver filhos. Se os tiver porque é que não está agora com eles? Por esse lógica distorcida está a ser negligente.

RIDICULO, SEM PALAVRAS.

ANTONIO SILVA disse...

A IDEIA COM QUE FICO, SOBRE ESTE CASO ,É QUE TODOS SABEM TUDO, SOBRE TUDO, E OS INVESTIGADORES, COM ANOS DE POLICIA E INVESTIGAÇÃO, SÃO OS QUE MENOS PERCEBEM E SÃO CRUCIFICADOS.

Anónimo disse...

Abandono temporário?

Agora deixar crianças sozinhas uns minutos, ainda por cima a dormir, é as abandonar?

Por este andar, qualquer coisa que se faça ou pense vai-se tornar num crime.

ANTONIO SILVA disse...

É NORMAL PAIS IREM JANTAR A UM RESTAURANTE DURANTE 1 OU 2 HORAS, DEIXAREM OS FILHOS SUPOSTAMENTE A DORMIREM??
NO CÓDIGO PENAL HA UM ARTIGO QUE FALA EM ABANDONO DE MENORES É CRIME SIM SENHOR, E DA DIREITO A ARROMBAR A PORTA DA RESIDÊNCIA, PARA SALVAR A CRIANÇA SEM MANDADO JUDICIAL.
COMO +E QUE O SR. SABE SE O SR. DA PJ TEM FILHOS??? NAO PODE ESTAR NA CRECHE QUE É O SITIO AIS INDICADO PARA SE DEIXA AS CRIANÇAS, SR ANONIMO, DAS 14H15????

ANTONIO SILVA disse...

É NORMAL PAIS IREM JANTAR A UM RESTAURANTE DURANTE 1 OU 2 HORAS, DEIXAREM OS FILHOS SUPOSTAMENTE A DORMIREM??
NO CÓDIGO PENAL HA UM ARTIGO QUE FALA EM ABANDONO DE MENORES É CRIME SIM SENHOR, E DA DIREITO A ARROMBAR A PORTA DA RESIDÊNCIA, PARA SALVAR A CRIANÇA SEM MANDADO JUDICIAL.
COMO +E QUE O SR. SABE SE O SR. DA PJ TEM FILHOS??? NÃO PODE ESTAR NA CRECHE QUE É O SITIO MAIS INDICADO PARA SE DEIXA AS CRIANÇAS, SR ANONIMO, DAS 14H15????

ANTONIO SILVA disse...

QUANDO ALGUÉM DECIDE TER FILHOS NÃO DEVERIA PENSAR NAS VERTENTES E IMPLICAÇÕES QUE A DECISÃO IMPLICA??
SE DEPOIS DE TEREM OS FILHOS S ARREPENDEREM PODEM SEMPRE ENTREGA-LOS PARA ADOPÇÃO. E FICAM LIVRES DE OCORREREM NO CRIME DE ABANDONO.

Anónimo disse...

Oh senhor antónio silva, por acaso é pai?

Se for então por toda essa "lógica" ilógica que alguns têm apoiado sem pensar primeiro (porque é mais fácil mandar bitaites e criticar e não reflectir no assunto), também você é irresponsável/negligente porque não consegue estar presente 100% do tempo.

E claro que mesmo que alguém tenha dinheiro para amas ou a possibilidade de ter pessoas (amigos / familia) que possam ajudar a cuidar dos filhos, ainda assim há SEMPRE momentos que estes ficam sozinhos no mínimo por alguns minutos. Isso é IMPOSSÍVEL evitar.

Por mais que se tente, não se consegue prever e evitar tudo o que possa acontecer a alguma pessoa, há sempre demasiados factores que interferem e actuam.

Pense antes de criticar.

Diogo Ramos. disse...

É triste ver tanto comentário irracional focando a polícia. Mas neste caso, por favor, todas as hipóteses são plausíveis. E essa casal de influência sobre certos circulos bem abastados da sociedade inglesa não pode nem dever ser mais que qualquer cidadão nacional. Quanto mais quando são suspeitos de um crime em nosso território. É NOJENTA toda a mediática campanha em volta deste desaparecimento, os apoios de multimilionários. Para apoiar um casal que é suspeito da morte ou subtracção da própia filha. São potêncialmente inocêntes por serem ricos e ingleses? TENHAM dó! Esses senhores deveriam estar em prisão preventiva cá! Sem todas as mordomias que gozam por ai, não imagino a dor de qualquer familiar de uma criança desaparecida ao assistir à palhaçada àcerca deste caso em que todas as evidências salientam uma possivel culpa,mas nada é feito e todos os minutos se inunda a comunicação social àcerca desta criança desaparecida. Quando todas as outras cujos pais não tem o apoio económico de senhores de escrúpulos duvidosos, possivelmente em busca de publicidade sobre o seu nome pessoal, ou encombrimento de acções tenebrosas de um casal influente. Mete NOJO esta história da maddie. É Tempo de acabar! É tempo cortar os fundos à pesquisa infernal nesta busca de gente mesquinha e falsa. Que sejam aqueles que não tem este apoio dos ricos e poderosos ajudados pelas autoridades ! Encarcerem esses animais se tal é o caso! Não pode haver uma lei para os estrangeiros ricos e outra para os pobres!

Frederico disse...

Quanto infelizmente desaparecer uma criança um portugal quanto tempo vai demorar a policia ate começar a procurar? as 48 horas normais? mas isso pra mim me diz que os ingleses sao melhors que os portugues?

Anónimo disse...

Fernanda, pergunte a esse senhor inglês que esá aí no painel de convidados sobre as estatisticas do crime em Inglaterra e o número de crianças desaparecidas.

Pergunte também se acha que os portugueses são burros e se só eles é que são inteligentes.

Anónimo disse...

Os ingleses não são europeus, não pensam como os europeus, são sim uma extensão do pensamento americano.

Anónimo disse...

Boa tarde. Acho interessante ter hoje como convidado um ex-inspector da PJ pra comentar o caso da maddie. Eu li, ou vi uma entrevista à felicia cabrita e ela explica que o caso está resolvido(na minha perspectiva correcta), a menina morreu, provavelmente acidentalmente, e os pais esconderam a maddie na igreja, 25 dias depois, foi levada pra espanha e cremada. a PJ sabe que isto é correcto mas nao tem provas.. ponham esses "pais" numa prisao banal de portugal que seram alvo da justiça portuguesa..
lá dentro vao sofrer

Anónimo disse...

Ao comentário do Sr. Anónimo das 14:07,
Acho completamente ridiculo pensar que um pai não tem qualquer culpa quando deixa seus filhos sozinhos a dormir, e decide ir jantar fora, mesmo que seja a uns breves minutos.
É verdade que não estamos 24 horas por dia junto deles, mas concerteza que, quando os deixamos entregues a alguem, é porque supostamente esse alguem é de nossa confiança.
Quem não desta maneira pensa, amor pelos seus filhos é que não tem.

Tuga muito ofendido disse...

Infelizmente hoje não pude ver desde o inicio e por isso não sei se isto já foi ventilado,mas é uma ofença muito grave ao povo Português na pessoa do nosso Embaixador,quando alguém escreve
"O embaixador português em Londres, António Santana Carlos, foi alvo de comentários jocosos e xenófobos, depois de, em entrevista ao The Times, se ter mostrado preocupado com a troca de acusações entre portugueses e ingleses e de ter criticado os McCann por terem deixado Madeleine e os gémeos sozinhos, enquanto jantavam com amigos.

O colunista do jornal The Mirror, Tony Parsons, viu nas palavras do embaixador um ataque aos McCann e respondeu numa crónica com críticas duras à polícia e à imprensa portuguesas.

Num artigo intitulado Oh, Up Yours Senor (qualquer coisa como: «Oh, Meta-o no …, Senhor»), Parsons afirma que os responsáveis pela deterioração das relações entre Portugal e o Reino Unido são os investigadores da Polícia Judiciária, que o jornalista classifica como «espectacularmente estúpidos e cruéis».

Para Parsons, a polícia portuguesa tentou «encobrir a humilhação de não conseguir descobrir quem levou a criança, atacando os pais».

Mas a imprensa e o público português também não ficam de fora da crónica. O colunista diz que os jornais portugueses transformaram o caso «em entretenimento leve» e que os apupos dos populares a Kate McCann «não foram de outro país, foram de outro planeta».

Ao embaixador português, Tony Parsons sugere que «se no futuro não conseguir dizer nada construtivo sobre o desaparecimento da pequena Madeleine, mais vale manter fechada a sua estúpida boca de comedor de sardinhas».

Ao The Times, o embaixador Santana Carlos fez questão de frisar que «Portugal é um país seguro, mais seguro do que a Grã-Bretanha», onde existe um número muito reduzido de crianças desaparecidas.

O embaixador referiu ainda as diferenças culturais entre ingleses e portugueses para explicar algumas das críticas que têm sido feitas ao casal McCann.

«Normalmente, as crianças [nos países latinos] estão sempre acompanhadas pelos pais, pela família. Este é um padrão diferente», comentou, aludindo ao facto de Maddie e os irmãos terem ficado sozinhos no apartamento do Ocean Club na noite do seu desaparecimento.

Um comentário adjectivado pelo cronista do The Mirror como «burro e desnecessário». Tony Parsons, que assina a crónica na edição do The Mirror desta segunda-feira, é um conhecido jornalista de música, famoso por uma atitude iconoclasta e provocadora."

Será que alguém pode comentar isto ou está fora do contexto ??
Obrigado

Frederico disse...

eu sei que estao num programa de tv mas gostava mesmo de saber qual a actuaçao da policia depois deste caso? a minha pregunta pode ser para o sr de pj que ai se encontra

Anónimo disse...

Afinal esse senhor inglês pareçe que sabe a verdade, todas as palavras que disse encaixam na perfeição.
Verificaram que a pequena Maddie estava morta e que realmente tinham mais dois para criar, que não podiam ir parar à cadeia.
A Kate é a culpada e depois teve ajuda do marido e amigos.
Acidente com ocultação de cadáver com a ajuda dos amigos.

Anónimo disse...

"Acho completamente ridiculo pensar que um pai não tem qualquer culpa quando deixa seus filhos sozinhos a dormir, e decide ir jantar fora, mesmo que seja a uns breves minutos."


Então por suas próprias palavras, se for pai/mae, você tem culpa de por vezes deixar o filho/a sozinho/a. Está a ser então negligente, segundo as SUAS palavras.

(nota: isto não é a minha opinião)



"Quem não desta maneira pensa, amor pelos seus filhos é que não tem."


Se por suas palavras está a dizer que é negligente nesta matéria... nem vale a pena dizer mais nada.
isto é o que se chama dar um tiro no próprio pé.

Sylvie disse...

Acerca do que acabaram de dizer sobre a dificuldade que seria esconder o corpo num País estrangeiro e que n se conhece:
Eu ouvi e li sobre o facto de a câmara (salvo erro) estar a fazer escavações para alcatroar a rua em frente ao alojamento. A seguir ao acontecido os buracos foram fechados. Ora pergunto eu, porque é que a polícia ainda não foi abrir os referidos buracos? investigar essa possibilidade??o corpo pode mt bem lá estar!
A não ser que o que li e/ou ouvi acerca disso seja mentira (mais uma!).

Anónimo disse...

Boa tarde!
Não sei se já falaram, mas já saiu um livro do Hernani de Carvalho sobre o que foi sendo dito e desdito ao longo destes 6 meses. Eu ainda não li mas tv seja interessante fazer esse apanhado e percebermos que se calhar ainda ouvimos muito pouco de verdade...
Eu como a maioria das já me convenci que a crinaça está morta e só espero que seja feita justiça como no caso de Joana.
Bom fim de semana

Anónimo disse...

O anónimo das 14:15 só dá mesmo "bitaites". É mesmpo anónimo...deve ser dos que deixa as crianças no infantário até ao último minuto permitido para as "levantar", dá-lhe chapadas quando se portam mal quando vão ao "museu hipermercado" e lhe manda uma baforadas enquanto bebe uma cervejolas e arrrota no sofá da sala. Os "pais anónimos" são uns egoístas que utilizam os filhos para exorcizar as frustações. As crianças não têm culpa destes pais que em primeiro que só olham para o seu umbigo!
Hilda de Sousa

Anónimo disse...

cara Hilda,

O que diz é do mais ridiculo, falso e escandaloso que se possa pensar. Anda para ai a inventar coisas para fugir da questão. Nao seja infantil e não invente coisas porque lhe dá jeito e não fuja das questões.

Consigo pelos vistos não vale mesmo a pena conversar.
adios

Anónimo disse...

Sr. anonimo,
Só lhe digo que jamais deixaria os meus filhos sozinhos em casa.

Anónimo disse...

Os portugueses não querem desculpas dos McCann, os portugueses querem sim desculpas por parte do senhor Gordon Brown.

Anónimo disse...

Desde o ínicio deste caso que o Governo Português e Inglês´defeniram o desfecho deste caso. Mais uma vez quem paga a factura é o elo mais fraco: PJ. Tem se visto o silêncio hipócrita do Governo Português aos ataques constantes (político, social, económico) às Instituições Lusitanas. A maior parte dos media esteve muito mal no ínico deste caso, ao melhor nível dos tabloides britânicos. No entanto, nas últimas semanas, a sua actuação tem sido imaculada, ao não responder às provocações da maioria da imprensa inglesa. Quem já devia ter respondido a um nível oficial era o Primeiro-Ministro, mas como está com o rabo preso desde o ínico, fica caladinho que nem um rato. Estes políticos é que são tão ou mais culpados pelo desaparacimento da Maddie, com o seu silêncio manchado de sangue. Quem substitui as funções do Estado na defesa dos ataques vindo das ilhas britânicas, foi o famoso inspector que acabou por ser corrido ao pontapé da PJ do Algarve.

Podemos ser um País com uma mentalidade muito aquem de muitos países por esse mundo fora, mas não levamos lições de outros que ainda não arrumaram os cantos à casa.

A PJ é das melhores polícias europeias, pois consegue fazer mais com menos recursos que outras polícias europeias. A culpa é do Estado que sacode a água do capote e não financia devidamente as suas polícias e ainda por cima condicona a sua actuação ao mais alto nível político. Agora o MP quer controlar a PJ, e eu pergunto para quê? Para ainda condicionar ainda mais as investigações? Ou seja a PJ fica sobre a alçada do MP, que está ao serviço do Estado? Aí, então é que os políticos limpavam toda a corrupção aonde costumam navegar.

Para terminar, só para dizer que a menina Fernanda tem bom gosto e dinheiro, pois tem um notebook igual ao meu. :)

Para mim é óbvio que os pais são culpados. Sempre pensei desde o ínicio que os pais eram culpados, ao contrario da maioria dos portugueses.

Agora vou desligar o meu notebbok com net portátil.

Atenciosamente

Anónimo disse...

Primeiro que tudo parabens pelo progama!Muitos mais progamas do género fazem falta nas nossas T.V.s .Eu queria apenas deixar um comentário, e é em relação aos Pais da pequena Meddie.Com o desenrolar do tempo vejo alterações de comportamento dos Pais da pequena.São estranhos alguns comportamentos de postura perante os media.Quanto a mim os pais sabem mais que todos nós, inclusive policia, e meios de comunicação social. Fico estupefacto perante tudo o que se passa. Grato pela atenção.

Anónimo disse...

Primeiro felicito o programa,pela qualidade a que nos tem habituado.
Realmente é ridículo alguém considerar ridículo, o facto de se deixarem crianças indefesas expostas, sozinhas e ao abandono, mesmo que por minutos...é necessário conhecer a lei antes de "palpitar" o que quer que seja.E não só a lei, a própria responsabilidade enquanto pais, e já agora enquanto cidadãos.

RUTE disse...

Qual a necessidade de se insultarem, caros comentadores??

É triste :-(

Quanto ao programa, Fernanda, surpreendeu-me! Conseguiu o que se pretendia, alargar o âmbito e falar não só de Maddie mas também de crianças desaparecidas. Acho até que o programa poderia ter tido mais audiência se fosse esse o título: Crianças Desaparecidas.

Digo isto porque a população está muito farta de mexericos e de suposições baratas. Este caso Maddie cheira mal, tem implicações politicas e económicas, infelizmente.

Cumprimentos a todos e desejos de um bom fim de semana.
Parabéns à equipa do SC, expecialmente às jornalistas das reportagens apresentadas. Reportagens muito criativas. A utilização do album preto de fotografias para apresentar as diversas fotos e as frases manuscritas para ligar e mostrar continuidade para a reportagem seguinte estáva sensacional.

Anónimo disse...

"Anónimo disse...
Sr. anonimo,
Só lhe digo que jamais deixaria os meus filhos sozinhos em casa."


Então vai agora dizer que está 100% do tempo com os filhos? Mesmo em casa não os deixa sequer sozinhos parar ir ao WC ou ir rapidamente à rua comprar o jornal ou qualquer coisa que seja?
E se nesse espaço de 1 ou 3 minutos, algum deles tem um acidente em casa, depois a culpa é toda sua nao é? Para algum azar acontecer, basta até uns segundos, os pais não conseguem prever e evitar tudo o que possa acontecer. Há algum pai no mundo que seja deus???

Entre deixar os filhos sozinhos por minutos ou algumas horas, até haver clara negligência, vai uma distância muito grande.

Se tiver filhos e disser que nunca os deixou sozinhos mesmo que por minutos, está declaradamente a mentir, pois ninguém no mundo fez, faz e fará isso.




"Realmente é ridículo alguém considerar ridículo, o facto de se deixarem crianças indefesas expostas, sozinhas e ao abandono, mesmo que por minutos..."


Idem:
Se tiver filhos e disser que nunca os deixou sozinhos mesmo que por minutos, está declaradamente a mentir.

E já agora desde quando é "deixar ao abandono" uma criança durante alguns minutos enquanto os pais trabalham ou fazem qualquer outra coisa necessária??? Não tem nada a ver com a questão, senão pode-se dizer que todos os pais "abandonam" os filhos.

Abandonar uma criança é um CASO EXTREMO que NADA tem a ver com esta questão.


Sinceramente, parece que não sabem pensar e não vêm a SUA parte de responsabilidade e hipocrisia, pois criticam os outros por fazer X quando fazem o mesmo que os outros fazem (não por opção, mas por não haver outra solução).


Think before you talk :-p

Anónimo disse...

Até os animais só saem de perto das crias por uma questão de sobrevivência, deixar crianças daquela idade desacompanhadas para ir beber uns copos com os amigos é no minimo vergonhoso, como é vergonhoso o que se tem passado entre alguns Portugueses e Ingleses á volta deste caso, mas pelo que me é dado a ver por este forum até se compreende, como diriam os bem conhecidos "gatos fedorentos" vamos lá suber os padrãozinhos...

Anónimo disse...

"deixar crianças daquela idade desacompanhadas para ir beber uns copos com os amigos é no minimo vergonhoso"


Então 99% dos pais são uns desavergonhados? Pois sair com os amigos e "beber uns copos" já quase todos fizeram. lol


Ainda não perceberam na história do mundo, NENHUM PAI alguma vez esteve, está e estará sempre, mas sempre presente ao lado dos filhos, por mais que alguém quisesse, mesmo não tendo trabalho ou qualquer outra responsabilidade, ISSO É SIMPLESMENTE UMA IMPOSSIBILIDADE TÉCNICA. Só o de ir ao WC já representa estar afastado dos filhos por alguns minutos.

8-|

sniqper ® disse...

Pelos vistos os portugueses não sabem ler, anónimos é situação que não falta por aqui, mas enfim.
Quanto ao que ouvi no vosso programa, limito o comentário ao seguinte...
"Mais uma abordagem do caso em milhares ou milhões já feitas, sem conclusões a não ser levantar mais questões."
Comunicação Social é importante, quando informa e/ou investiga, será que essa é a prática corrente nos dias de hoje?
Qual é a televisão, jornal ou similar que não aproveita o sensacionalismo de uma notícia? Se existe alguém isento, faça o favor de se pronunciar, não para se defender, mas sim para dar o exemplo aos restantes.
O resto, neste caso e em todos os que se arrastam pelo tempo, será o tempo que nos vai responder.

RUTE disse...

Sara e Sylvie, publiquei hoje um artigo sobre "Proteínas da Soja e seus derivados" no meu Blog //publicarparapartilhar.blogspot.com/.

Deixo a informação caso queiram "aparecer". Beijinhos.

joana, cartaxo disse...

Ao anónimo q acha q não é crime deixar crianças sozinhas:

Desculpe o termo, mas voçe, é estúpido, não é?!?
não sabe distinguir, o q é deixar a criança na sala e ir à w.c, mas continuar dentro de casa, do que ir jantar fora... tenha a santa paciencia... eu nunca deixaria a minha filha sozinha em casa p ir "sair"... não me venha cá com tangas de q 99% dos pais o fariam, pq é mentira!
e se o fizerem, deveriam era ser castigados...
voçe, deve ser é louco,ou então pensa q toda a gente, age cm o senhor...

os comentários q aqui estáo não são ridiculos, o senhor é q o é...

ao menos assine, o comentário...

monica disse...

Quero deixar o meu comentário ao anónimo das 14.15h ! você é mesmo bronco(a) em não perceber a gravidade de deixar crianças pequenas em casa sózinhas, mesmo que seja por um minuto ,porque até esse minuto pode ser fatal ! Sou mãe de 5 filhos em que a mais velha tem 10 anos e nunca em situação alguma os deixei sózinhos em casa !!! E até para ir à casa de banho ou os deixo num sítio seguro ( enquanto bébés ) ou os levo comigo ! Não percebo os insultos ao ex inspector da PJ , ele sabe o que diz, ao contrário de si! Ele não anda com os filhos sempre atrás mas concerteza os deixa num sítio seguro como qualquer pai ou mãe normal, que parece não ser o seu caso, e assim sendo não passa de um CRIMINOSO!!!Em certas situações mais vale ficar calado(a)!!!

Anónimo disse...

As "sras" joana e monica sabem bem ofender, inventar coisas sobre os outros, cometeram igualmente o grande erro de extrapolar o tema especifico do "deixar crianças sozinhas por um pouquinho" e acabaram por não perceber nada do fundo da questão e de falta de lógica da mesma. Nem vale a pena responder com pessoas tão mal educadas.

Para além de que dizerem nunca terem deixado os filhos sozinhos por pouco tempo que fosse durante vários anos, em milhões de minutos nunca ficaram sozinhos por alguns minutos? Mas que grande mentira.


O SC que desculpe por toda esta confusão, afinal se alguns lessem melhor percebiam o fundo da questão e não extrapolavam para outras paragens.

Jaime disse...

ó anónimo das 14.15.
Você é um perfeito calhau.
Claro que é crime deixar crianças pequenas em casa sózinhas, pelas mais diversas razões.Para alem do perigo dos raptos,há o perigo de uma fuga de gás, perigo de incêndio, perigo da criança no caso de ser de berço se engasgar e sufocar, perigo de acordar e sair de casa à procura dos pais,etc....Consulte os dados da APSI.
As senhoras não foram mal educadas, o senhor ou senhora, é que está a ser ao insultá-las, coisa tipica de um perfeito calhau que não tem razão nenhuma.!!!

monica disse...

Ó sr. anónimo das 14.15h , em primeiro lugar você nem sequer tem coragem de assumir uma identidade, o que mostra bem aquilo que é ...um cobardolas !!!Se já leu os comentários feitos ao longo do dia , não encontra nenhum que lhe dê razão...porque será ???? dahhhh!!!Acho que está na hora de ir dormir , e esperar por melhores dias...se é que os vai haver , parece-me que se trata de um mal genético !!!Se tiver filhos deviam ser-lhe retirados pois correm perigo de vida !

lady_blogger disse...

Um anónimo disse: "Por isso é ridiculo e mesmo hipócrita que uma pessoa reclame com os pais de maddie como irresponsaveis, por estes terem ficado alguns minutos fora (note-se, apenas a alguns metros de distancia) para irem comer, quando as próprias pessoas que o dizem sempre fizeram isso com os seus filhos.
Pensem primeiro antes de criticar."


Meu caro anónimo, nem se põe em causa se os pais de Maddie foram irresponsáveis, foram-no e ponto final. Nenhum pai minimamente consciente deixa uma criança sozinha, muito menos com a justificação de ir fazer uma noitada com os amigos. E convém não esquecer que o empreendimento turístico algarvio tinha ao dispôr destes um serviço de baby-siting, se não o requisitaram foi porque talvez tenham preferido gastar o dinheiro desse serviço em mais umas cervejitas. Vergonhosa tal atitude. Isso não é amor de pais... Negligenciaram os cuidados básicos com os filhos.
Eu até percebo que o anónimo tenha alguma razão quando diz que em nós não estamos 100% do tempo com os nossos filhos. Olhe por exemplo eu neste momento sou uma mãe temporariamente ausente fisicamente (durante este fim de semana), mas não descurei das minhas responsabilidades. Quando um dos pais se ausenta, quase sempre há um deles que pode tomar conta da criança. Se não puderem nenhum dos dois, há sempre a alternativa de enquanto os pais trabalham ficarem entregues aos cuidados de um infantário ou ama de confiança, ou comk sorte a criança pode ainda ter os avós vivos e serem estes a ajudar quando os pais estão ausentes.
Mesmo em casa "é preciso ter 1000 olhos", as crianças necessitam da supervisão e disponibilidade dos adultos.
Ser pai é um trabalho a tempo inteiro. A partir do momento em que se gera um filho, não se exerce a paternidade só quando bem nos aprouver.
Os pais da Maddie deviam estar presos preventivamente, até se apurar a verdade, pois eles são pelo menos em parte responsáveis pelo desaparecimento da menina, isto porque foram eles que a deixaram sozinha num quarto com os irmãos. Estavam criadas as condições para que algo desse errado.
Há tempos li ou oui algo sobre um investigador que tem uma técnica tipo detector de metais, mas aplicável à descoberta de cadáveres humanos, porém neste caso particular ele bem se ofereceu para auxiliar, mas foi-lhe negada a sua intervenção. Sabendo que ele tem desvendado inúmeros casos com sucesso, pergunto porque não permitiram a sua ajuda!? Que há a temer?
Um dia o caso prescreve, os culpados são ilibados e nunca se descobre a verdade ou esconde-se esta até lá, isto porque Portugal tem de preservar as boas relações com a aliada Inglaterra. Ou seja, valores mais altos se levantam.

Coitada da pobre criança...

CC

Maria Mendes

Anónimo disse...

"são pelo menos em parte responsáveis pelo desaparecimento da menina, isto porque foram eles que a deixaram sozinha num quarto"


entao por essa lógica todos os pais deviam ser presos preventinamente, pois já todos fizeram isso

lady_blogger disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
lady_blogger disse...

Em resposta ao anónimo das 00h 53m. Eu disse o que você transcreveu, e explico porquê. No nosso dia a dia deixamos numa ou outra ocasião os nossos filhos sozinhos no quarto, porém alguém adulto e responsável está na mesma casa. Os pais de Maddie ausentaram-se de casa e nem requisitaram os serviços de uma ama, quando destes poderiam usufruir. Acha que eles agiram correctamente?

CC

Maria Mendes

Anónimo disse...

"Os pais de Maddie ausentaram-se de casa e nem requisitaram os serviços de uma ama, quando destes poderiam usufruir. Acha que eles agiram correctamente?"


aqui está uma coisa que alguns falharam em perceber, não me estava a referir em concreto a eles mas aos pais no geral, em que há HIPÓCRISIA e DEMAGOGIA de alguns pais ao condenarem de forma dura o facto de eles os terem deixado sozinhos uns minutos (não tem a ver com o "rapto", mas só isto), quando todos os pais fazem isso de vez em quando, na maior parte dos casos todos os dias. Não é por causa de uma coincidência, de um azar, que acontece com a criança numa altura em que esta esteve sozinha somente uns minutos, que faz com que os pais automaticamente se tornem incompetentes ou pior ainda, criminosos, pois isso PODE ACONTECER A TODOS, e ai muitos falharam em perceber isso.

É ver o que os outros fazem e não o que o próprio faz, e depois quando se demonstra essa hipocrisia, alguns agem na defensiva e na ofensiva (chamar nomes, ofender, etc).

Anónimo disse...

Com todo o respeito pela criança, que coitada foi a grande vítima. Este assunto já cansa. enfim.... oxalá acabe depressa!!!

Cátia