terça-feira, janeiro 27

Ressonar: stop!

2 milhões de portugueses sofrem de roncopatia – e entre estes 800 mil são mais gravemente afetados pela apneia do sono.
Quem sofre destas doenças pode acabar com o ressonar sem dor e sem custos. A cirurgia que torna isto possível está disponível no Sistema Nacional de Saúde desde 2006.
A incapacidade em respirar momentaneamente é mais comum nos homens do que nas mulheres, mas há outros fatores de risco: índice de massa corporal acima de 30 kg/m2, consumo de álcool, tabaco e sedativos, ter mais de 40 anos. Pais Clemente, responsável pela introdução da técnica em Portugal, referiu à comunicação social que o fato afeta a vida de inúmeros casais, muitas vezes obrigados a dormir em quartos separados.

Convidados:
Marta Gonçalves, Presidente da Associação Portuguesa de Sono
João Paço, Diretor do Centro de Otorrinolaringologia do Hospital CUF Infante Santo
Manuel Peixoto, Terapeuta Familiar
Nuno Vasco Lopes, Farmacêutico

30 comentários:

Songoku disse...

Eu ressono e sei que ressono. por incrivel que parece já acordei com o meu proprio ressonar. Tive sorte no casamento pois minha esposa tambem ressona. a mim não me encomoda! Os meus para bens para o programa, é extraordinario!

Pedro disse...

Boa tarde,
Por norma durmo muito bem e raramente acordo durante a noite com barulho, no entanto já me aconteceu estar numa situação em que acordei durante a noite e voltar a adormecer foi uma tortura!
O facto de não haver ruído de fundo e apenas se ouvir o ressonar, ainda dá-va a sensação que o barulho era maior. Tenho a noção que adormeçi vencido pelo cansaço.

Ana Marisa disse...

boa tarde, eu ja fui operada ao septo nasal, aos adenoides e queimei os cornetos, por ressonar, mas a verdade e que nao melhorei, os pensos tambem nao resultam, e muitas das vezes deixo de respirar de noite, derivado a isto ja nem durmo com o meu marido pois o incomodo e ele nao consegue dormir. parabens pelo programa

Cristina disse...

Boa Tarde, tenho 33 anos e sei que ressono todas as noites, acordo várias vezes durante a noite comigo a ressonar. Também acordo de manhã muito cansada. O que devo fazer para resolver este problema? (o meu marido tem o sono pesado por isso não o incomodo, pelo menos é o que ele diz).

To Open Mind disse...

Boa tarde.

Eu tenho 20 anos e ressono, mas para além disso, enquanto durmo acontece-me por vezes falar durante o sono, já várias pessoas me ouviram falar durante o sono, sobre situações reais (matéria da faculdade e situações reais). Estará relacionado?

Parabéns pelo programa.

Saudações Académicas

m. disse...

Eu devo dizer que os tampões para os ouvidos funcionam muito bem.

Iolanda Ribeiro disse...

Na verdade, sinto-me bastante constrangida por sofrer deste problema, visto possuir apenas 15 anos. Desde que me lembro, os meus familiares sempre me disseram que ressono, bem alto, por sinal. Tal facto limita um pouco a minha vida social. Não sei que medidas tomar contra este problema, dado que sofro de sinusite, mas irei consultar um médico, o mais rápido que puder. As discussões dos temas que por vós nos são apresentados auxiliam significativamente a sociedade, muito obrigada e os meus mais sinceros parabéns pelo trabalho desenvolvido.

Moi même disse...

Boa tarde a todos!

No meu caso, estou casada há 32 anos e o meu marido ressona bastante, mas com o tempo habituei-me a esta situação. Uma vez que ele não tem culpa, nunca foi motivo para existirem zangas.
Se me deitar e ele já estiver a dormir, aí é que já se torna mais complicado para eu adormecer.

Obrigado a todos, gosto muito do seu programa!

Rosa Moreira

Miguel disse...

Faço ginástica há muitos anos, quando vamos ao estrangeiro ficamos a dormir em salas de escolas, muitas vezes rapazes e raparigas todos juntos.
Posso dizer que pela minha amostragem as raparigas ressonam menos, mas quando ressonam é forte e feio.

Francesa disse...

Eu já cheguei a dormir com uma amiga que ressona bastante e tive que me levantar e ir para casa as 5 da manhã porque já não aguentava mais, parecia aquelas torturas do sono...

Tania disse...

Olá a todos,

Felizmente, não tenho nenhum problema com o ressonar. Quando era criança dormi várias vezes com a avó materna, que ressonava muito. Depois, passei a dormir com a minha mãe, que também ressona. Por isso, acho que não vai haver problema se um (futuro) marido ressonar. eheh
Abraços..

helena disse...

ola boa tarde
eu ao contrario de muita gente no nosso pais eu nao ressono,mas é horrivel ter que dormr com alguem que ressona,chegava a haver noites em que nem pregava olho com o barulho do ressonar,claro que esta relaçao chegou ao fim e ate posso dizer que tenho algum receio de voltar a ter alguem que tb ressone.

Olinda Silva disse...

Olá boa tarde,
Não sei ao certo com que frequência ressono, mas já aconteceram algumas situações em que, ao dormir de barriga para cima, acordei com um ronco meu. Agora já a minha cadela… essa ressona imenso!

Cumprimentos,

Olinda Silva

Nóvoa disse...

A minha namorada confirma que ressono! É mais evidente quando saio á noite e bebo alcool. Mas de há uns tempos para cá, depois de ter sido aconselhado por um farmacêutico a utilizar pensos para o nariz e um spray para a laringe, que sinto melhorias significativas.

Paula Magalhães disse...

Boa tarde.

O meu marido ressona bastante e é para mim uma grande dificuldade em adormecer. Mas, como ele também dorme bem eu aplico a técnica de dar toques nos braços para ele mudar de posição e deixar de ressonar. A vantagem é que ele nunca se lembra disso e facilita-me bastante.

Adoro o vosso programa.

Obrigado.

Pedro disse...

Uma das posições em que sei que ressono é quando estou de barriga para cima, ou de lado com uma almofada baixa ( e neste caso chego a acordar com o nariz obstruído). A solução foi passar a dormir com a cabeça ligeiramente elevada e de lado. Desde então durmo bem e sem queixas.
Passa também pelo próprio, de perceber como dorme e o que no que pode melhorar, desde a posição de dormir até ao auxiliares externos.

"Gabriel disse...

Boa tarde,

Tenho 21 anos e na verdade não ressono mas o meu namorado (vivemos juntos há quase 3 anos) ressona e bastante.. Com tratamentos de MTC durante os primeiros tempos não havia mais ressonar cá em casa, passado alguns meses o ressonar voltou, com imensas apneias.. Para além de ser extremamente cansativo e incómodo para mim pode tornar-se um perigo para a saúde dele.

Devemos recorrer à medicina convencional?

Parabéns pelo programa e obrigado pelo que dão à sociedade!

Gabriel.

rosa disse...

Boa tarde.
O meu pai sofre de apneia do sono e já foi a consultas onde tentaram resolver o problema. No entanto, ele não segue os tratamentos à risca e chega a ter mais do que uma paragem por noite. O que quero dizer é que, por vezes, mesmo estando alertadas pelo problema e os seus perigos, as pessoas não seguem os tratamentos!
Júlia.

rodrigomourao disse...

Boa tarde.

A minha mãe ressona bastante.. mas só durante a primeira meia hora de sono.

Haverá uma explicação para isso?

Cristina disse...

Sou a ouvinte que falaram à pouco (Cristina). Quanto a excesso de peso não tenho, tenho um índice de massa corporal de 24,5.
O meu filho com 5 anos também ressona.
Devo falar com o médico de família ou ir a um otorrino.

MadalenaModesto disse...

O meu nome é Madalena e o meu marido ressona bastante, durante a noite tem um dormir muito agitado, tem insónias, durante o dia adormece com muita facilidade! E por vezes parece que perde a respiração durante a noite. Ele profissao é motorista! agora comprámos uns pensos da da farmácia para que respira melhor!

Ana Marisa disse...

Eu tenho bronquite asmatica, sinosite e reinite, mas a verdade e que o meu otorrino nunca me fez nenhum desses exames que ai estao aser falados, apenas um tac e nada mais, e sempre me disse que a cirurgia era a solucao para o meu caso, apos ter realizado a mesma, com 21 anos ao fim de 15 dias foi me dada alta e nunca mais fui vigiada por ele, neste momento tenho 24 anos e gostava muito de poder dormir com meu marido e deixa lo dormir.

Tatiana disse...

Boa tarde a todos!

Peço a vossa colaboração para responder ao seguinte inquérito que se insere no Mestrado na Universidade Nova de Lisboa. Trata-se de um estudo sobre o Sociedade Civil. Enquanto telespectadores, a vossa colaboração é fundamental.
Obrigada,

Tatiana Almeida

http://inquerito.limequery.com/index.php?sid=21587&lang=pt

Sandra Oliveira disse...

O meu marido ressona, e muito.
Desde que o meu filho nasceu que tenho o sono muito leve e acordo ao menor barulho. Logo o ressonar do me marido é incomodativo e tem sido complicado gerir esta questão.
Normalmente ou eu vou para o quarto do meu filho dormir ou vai o meu marido.
É que chego a andar tão cansada por não conseguir dormir que adormeço até sentada.
O meu filho também ressonava muito, mas foi operado às amigdalas e aos adenoides e deixou de ressonar.
O meu marido tem vergonha de ir ao médico dizer que ressona e não acredita que pode haver, não cura, mas tratamento.

teresa disse...

Boa tarde,
Tenho 2 questões:
1 - tenho um bebé de 13 meses que ressona e a sua respiração durante o sono não é regular. Ressona desde Dezembro altura em que esteve constipada. Ela tem alergia ao pó e aos ácaros... devo leva-la ao médico?
2 - eu ressono, tenho o nariz desentupido e o meu ressonar é pela garanta... há aluma coisa a fazer?
obrigada e parabéns pelo programa
teresa

joana disse...

boa tarde , eu ressono, o meu namorado ressona e ate no meu trabalho as crianças ressonam (Jardim-de-infancia). Sou asmática e sou gordinha acho que isto pode influenciar o meu sono, quando acordo estou muito cansada e passo o dia cheia de sono, por vezes chego até a nem dormir, o que devo fazer?

Crisnaldinho disse...

Boa tarde!Eu ressono e pelo que me dizem não é pouco,também me dizem que falo muito enquanto durmo,depois de me deitar passados 5 minutos já estou a dormir e só consigo dormir virado para cima!Uma coisa que o doutor disse ai no programa sobre a saliva,também sou muito salivante e por isso não tenho o risco de ficar com a garganta seca,mas no entanto ressono!E mais,enquanto durmo pode cair uma bomba no quarto que eu não acordo,é preciso muita paciência para me conseguirem acordar!Será tudo normal??Obrigado e parabéns pelo programa
ass: Cristiano (Guimarães)

Crisnaldinho disse...

É verdade,esqueci-me de uma coisa,antes de ir para a cama e depois de jantar tenho de comer umas 4/5 sandes (todos os dias),pois não consigo dormir de barriga vazia,sou de estatura média e ninguém percebe como eu como tanto,não engordo e durmo tão bem...

filomena disse...

O meu marido ressona e range os dentes ( como o pai dele), a minha filha de 5 anos ressona e range os dentes, eu começei a ressonar desde a gravidez.Curiosamente o meu filho de 9 anos tem défice de atenção e hipertiroidismo e dorme tão tranquilamente, que às vezes vou ver se está tudo bem.

Martinha disse...

Olá

Só cheguei agora, ainda não vi o programa, mas irei vê-lo com certeza na rtp multimédia.
Li um artigo recente do Dr. Manuel Pais Clemente, na dica-da-semana sobre roncopatia. O assunto é mais grave para a saúde, do que aquilo que aparenta ser, sendo que pode levar à morte durante o sono, caso o indivíduo tenha problemas cardíacos.