terça-feira, fevereiro 17

Viciados em café

Sabia que o café em excesso pode provocar alucinações? Mas se for mulher e beber cerca de 3 cafés por dia sabia que pode prevenir o aparecimento de cancro do colo do útero? Mitos ou fatos? A discussão sobre o mundo do café, os tipos de café e as suas implicações na saúde - são esclarecimentos deste SC. Sem esquecer que o consumo de café a par com o consumo de bebidas energéticas ricas em cafeína subiu fortemente na última década. Em parte o ritmo agitado, as poucas horas de sono, o levantar cedo obriga os consumidores a optarem pelo efeito rápido da cafeína. Se não nos deixa acordados, pelo menos dá-nos momentos de concentração úteis às tarefas diárias. Uma oportunidade para perceber, com uma conhecida cadeia de café norte-americana, se os portugueses vão largar a bica a 55 cêntimos e beber um luxuoso café por 5 euros?

Convidados:
Maria Paes de Vasconcelos, Associação Portuguesa dos Nutricionistas
Luís Miguel Neto, Psicólogo
Nicolau Breyner, Ator
Vincent Termote, Diretor-geral ibérico marca de café

88 comentários:

TheCodeBreaker disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
TheCodeBreaker disse...

Olá muito bom dia.
Gostaria apenas de deixar o meu testemunho sobre o café:

O meu nome é João, tenho 21 anos, sou estudante universitário e embora aprecie bastante uma boa chávena de café apenas o faço em alturas, ou de testes importantes ou em alturas de entregas de projectos. Desta forma não ganho o vicio e aproveito os efeitos da cafeína quando eles são mais necessários. Nesses dias bebo 2 a 3 chávenas.


Muito obrigado e parabéns pelo programa.

Claudia disse...

Muito Boa Tarde,

Sofro de enxaquecas e tenho algumas dúvidas sobre o café, existe quem me proiba o seu consumo e quem o aconselhe para aliviar as dores desde que tomado com uma casca de limão; também me aconselham bebe-lo com frequência para obter um efeito diurético!
Tomar ou não tomar café e em que quantidades diárias?

Muito Obrigado.

Martinha disse...

Olá

No meu caso pessoal, não posso beber mais de 1 café por dia. Se isso acontecer fico com a pulsação cardíaca acelarada e a tremer. Como gosto de ficar calminha, chega-me 1 café por dia, depois de almoço e de preferência em convívio.
- pode-se beber café depois de comer laranja?
- o descafeinado faz mal?
- faz mal beber café com leite?

Rosa Branca Pinto disse...

Bom, pode dizer-se que sou viciada no café. Contudo, tenho regras, tomo um café "comprido" leite do pequeno-almoço. Sem este café de manhã, sinto a falta dele, mas com ele não preciso de tomar mais café nenhum ao longo de todo o dia. Não obstante, eu sei que, se tomar mais cafés, crio essa dependência (que já tive), mas evito sempre, para não criar um vício de muitos cafés por dia.
Se, por um lado, é prejudicial à saúde, por outro, e ainda mais no contexto da actualidade, os vícios são para quem os pode sustentar...

Votos de um bom programa.

cláudia disse...

"Estudos recentes sugerem que o consumo diário de até 6 xícaras de café pode prevenir o surgimento do diabetes tipo II". Sabiam?

Maria disse...

Boa atrde.
Antes de mais, os meus parabéns pelo vosso programa.
Bebo cerca de 3 cafés por dia e não consigo passar sem o meu café... (o sinal é logo uma forte dor de cabeça)
Curiosamente o efeito que o café me provoca, pelo menos o primeiro do dia, é uma espécie de "euforia controlada", i.e., vontade de fazer qualquer coisa, arregaçar as mangas e produzir! :)

Reparos e Desabafos disse...

Olá Boa Tarde
Tal como o Nicolau Breyner, bebo muito café por dia e não me tira o sono.
Desde que me lembro sempre bebi muito, e só dei conta quando os meus colegas de trabalho começaram a contar os cafés que tomava durante o dia.
Adormeço com a maior das facilidades mesmo depois de tomar 3 ou 4 cafés à noite.
Em minha casa tem de haver sempre café, e desde que moro em Santo António do Alva devido a que o Café da localidade não está sempre aberto, comprei uma máquina para ter em casa. O meu recorde em 8 horas de trabalho, e que foi contabilizado pelos meus colegas, tinha eu 19 anos, foi de 40 cafés.
Foi no Dia 25 de Dezembro de 1981, e eu era ajudante de mecânico de máquinas de café.
Tenho 47 anos e bebo por dia cerca de 10 a 15 cafés.
Um abraço

Gustavo Santos Costa

Sofia disse...

Bom dia:)

Foi com uma oferta de uma máquina de café expresso há uns 8 anos que se passou a consumir mais café em casa em vez de se ir à rua. Para além do conforto de não ter de sair, a qualidade do café que nós escolhemos acaba por ser muito superior à dos cafés fora de casa.

No fim, o que aconteceu é que agora só o café em casa nos sabe realmente bem:)

Uma nota: ecologicamente, as novas embalagens que tornam o processo de tirar café "mais limpinho", deixam muito a desejar:/

Bons cafés:D

projecto 1 disse...

bom pensava que este seria um sitio onde seriam aceites todos os comentarios da dita sociedade civil desde que nao fossem insultuosos. Mais um programa cheio de intensões e mas pouco democrático? Pelo menos nao vendam o que nao praticam.

Partido de Todos os Portugueses disse...

Parabéns.

O exemplo dos Cafés Delta são um exemplo e um "Case Study" porque não obedece a várias teorias económicas.
A Comunidade e o espírito do Presidente Nabeiro deveria ser seguido como exemplo.

pe disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
PEDRO DE CASTRO disse...

Boa tarde,
A nossa bica é sem dúvida fantástica. Na proporção exacta, com aroma forte e com um pastel de nata a acompanhar, nõ há coisa melhor! Posso dizer que quando estou fora de Portugal sinto a falta do nosso café, até porque pela Europa fora, um expresso triplo não chega a ser uma bica portuguesa. Tenho familiares espanho~ies que confirmam que a nossa bica é possante.
Mas o facto de a nossa bica ser forte levanta uma questão, qual a quantidade razoável de café a tomar diariamente? E o descafeínado poe ser tomado por um hipertenso?

Pedro Castro
Lisboa

celiagomes disse...

Boa tarde,
o café das cápsulas pode ser muito saboroso, cremoso, mais barato que em cafés, mas... e a enorme quantidade de lixo que gera? Esta questão já me inquietava bastante e pelo Natal disseram-me que as cápsulas não são recicláveis, devido às tintas usadas para diferenciar os tipos de café. Isto é verdade? Se sim, não era altura de pensar também neste pormenor?!!

Obrigada e Parabéns pelo programa!

Mau Feitio disse...

Café, mais do que o vício e os efeitos, o hábito, o social e o prazer! Tomo normalmente 1 café expresso por dia, mas um café americano (Starbucks) para saborear pela manha tem outro gosto! No férias evito tomar café para me dar uma "distância virtual" do trabalho!

Nuno

pedalofilo disse...

É importante perceber que há perigos de adição.

Não faltam casos de pessoas que confessam "não funcionar" sem o café. E a nossa sociedade tem graves patalogias do sono, pois é um dogma que precisamos de dormir o mínimo possível. Mas será bom estar acordado num estado turvo por entre cada chávena?

Falamos cá de café, como podem os argentinos falar de yerba mate.

Assino tb,
João

asser22 disse...

Olá o meu nome é claudio, tenho 27 anos, e como o sr comendador disse e disse muito bem o café é como o petróleo, e como o petróleo, também acredito, que cada café que se beba pode-se estar a alimentar barrigas gordas, e mais uma coisa, quaquer vicío é mau, tira a liberdade não a dá! ao contrário do que foi dito aí!
exelente programa, é pena não poder pratecipar sempre mas customo ver á noite, de dia trabalho

Almada disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anocas disse...

Boa tarde, ho aproveitar apenas para deixar a minha experiência...

Tenho 28 anos e deixei de tomar café à 5 anos, quando resolvi deixar de fumar, pois o meu verdadeiro vício era o cafezinho com o cigarro, para deixar um optei por deixar o outro também e até hoje, nunca senti falta de nenhum dos dois!

pedalofilo disse...

Já tive esta discussão com amigos:
se o café é o catalizador que impede os cidadãos de se ostracizarem cada vez mais, então celebremos as pequenas lojas como as ainda sobreviventes igrejas duma comunidade viva.

Agora se falamos de café como uma romantização da criação de cultura e práctica de turtúlias... então sejamos coerentes e falemos de outras "drogas". O absinto dos poetas, qualquer álcool, o cannabis dos jovens artistas...

Joel Reis disse...

Ola, eu gostaria de partilhar o seguinte: tenho 20 anos, sou desportista e não posso viver sem tal. Às vezes, bebo um café antes de ir fazer desporto. Sinto claramente uma melhoria no desempenho.

Porém e curiosamente, às vezes, após beber café, não sinto o despertar e às vezes sono mesmo.

Admito que estou viciado em café e bebo à vontade entre dois e três chávenas.

(Perguntem ao senhor da Nespresso, se ele traz o George Clooney a Portugal para promover o nosso país que é claramente viciado no café!

Joel Reis disse...

"sem tal", ou seja, o desporto, claro.

nokinhas03 disse...

Boa tarde!
Gostava de deixar apenas uma pergunta sobre a absorção do ferro e o café:
Ando a tomar uns comprimidos, para combater uma microcitose (peço desculpa porque não sei se é assim que se ecreve), que ajudam a fixação do ferro.
Tenho que os tomar em jejum de manhã. Em seguida costumo tomar o pequeno-almoço e bebo um café.
Será que este café que tomo vai interferir com o efeito a que se destinam os comprimidos?

pedalofilo disse...

queria realçar outro ângulo de abordagem a este tema:

foi a tentiva de "regular" o negócio injusto do ouro negro que trouxe o conceito de "comércio justo" para os olhos das massas.

nomes como starbucks foram postos em causa por uniões de produtores que tentam tornar mais justas as distribuições dos lucros de tão global negócio.

Marques disse...

O café foi associado com a discussão de ideias e de actualidade porque duas razões.
A primeira deve-se à falta de água potável que obrigava as pessoas a ingerirem bebidas alcoólicas praticamente de manhã à noite (o álcool mata os germes), como o café necessita de água fervida eliminava os germes.
Pessoas mais sóbrias vão ter conversas mais construtivas e discutir ideias mais avançadas.
A segunda deve-se ao aparecimento dos primeiros jornais impressos por prensas tipográficas que permitiram espalhar ideias e a sua discussão enquanto se tomava o café.

Cumprimentos e muitos parabéns pelo vosso programa,
Alexandre Marques

carlos gonçalves disse...

em relação aos cafés com sabor que se comentou a pouco, tenho um ponto de vista diferente do nicolau, acho que é muito importante a existencia de novas coisas atravéz de uma matéria prima tão rica e com tanta história! obrigado boa tarde
Carlos Gonçalves

pe disse...

"Boa tarde!
Gostava de deixar apenas uma pergunta sobre a absorção do ferro e o café:
Ando a tomar uns comprimidos, para combater uma microcitose (peço desculpa porque não sei se é assim que se ecreve), que ajudam a fixação do ferro.
Tenho que os tomar em jejum de manhã. Em seguida costumo tomar o pequeno-almoço e bebo um café.
Será que este café que tomo vai interferir com o efeito a que se destinam os comprimidos?"



Sim vai, num certo espaço de tempo, quando se toma café misturado com outros alimentos, muitos dos nutrientes ou não são absorvidos ou são mal absorvidos.

Como disse acima por motivos de saúde o melhor é não tomar café, mas se é mesmo viciada em café, então tome café numa altura que não coma / beba mais nada.

Marco Inácio disse...

Boa tarde

É só para avisar que vou tomar café...

Marco Inácio

Marco Inácio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rui de Carvalho disse...

Ola, boa tarde, sou estudante do ensino superior, e bebo cafe diariamente, talves 2 vezes por dia.
o que me acontece é que nao consigo estudar de dia, e entao tenho de estudar de noite, a verdade e que nao consigo estudar ja sem beber cafe!

obrigado e parabens pelo tema.

pe disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
claudio disse...

ola além de não beber café, por razões sem ter a certeza se são obvias, ou não, o café é um dos maiores cancros da sociedade, é mais uma droga primitida, e legal!
está bem que as pessoas não morrem por beber café mas há pessoas que sofrem muito para o produzir, e muita gente a ficar rica á conta do café, outras nem por isso!!!

A minha questão é esta, quais são as garantias de o café que as pessoas bebem ser fair trade?

claudio disse...

ola adoro cafe

pedalofilo disse...

É assustar esta resposta às dúvidas ecológicas.

1- é o triunfo do egoísmo, se eu estiver satisfeito com o café na minha casa então nada mais importa.

2-o fascínio louco pela "proeza" industrial da uniformização do receita. O café passa a ser um medicamento, uma fórmula quimíca. Deixa de haver qualquer surpresa. Fantástico!

Nelson Cruz disse...

Muito boa tarde.

Gostava de tocar no mito relativo ao café mais forte - café curto ou longo. Embora o mito se refira ao café curto como o mais forte, a meu ver, o mais forte deve ser o longo, isto porque, quanto mais água quente passar pelo café moído, mais moléculas de cafeína arrastará para a chávena. O café mais curto só poderá ter um aroma mais intenso e amargo por ter menos água, mas não menos cafeína. Corrijam-me se estiver errado.
Desde já obrigado e parabéns pelo Programa

Pedro disse...

Ao contrário do Nico, para mim as bicas não têm piada nenhuma.
O café tem que grande, duplo ou à Amaericana, mas não aquela coisa aguada, tem que ser um bom café.

Abraço.

Pedro - Lagos

Cristina Rocha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marta disse...

Boa tarde,

algumas perguntas que me inquietam :) isto porque sou uma grande apreciadora de café principalmente carioca de café.

- qual a diferença entre o café e um capuccino?

- qual a diferença entre um café e um carioca de café?

(estas diferenças de que falo são relativamente à quantidade de cafeína, benefícios, etc)

Cumprimentos a todos e parabéns pelo programa

Dina disse...

Adoro café.Só bebo café curto. Há uns tempos optei por comprar uma boa máquina de café e beber a maior parte deles em casa porque muitas vezes os que bebia nas pastelarias não me satisfazia.
O melhor café que bebi até hoje foi no Museu do café em Campo Maior.
Concordo com a Sofia quanta a esses novos cafés e às suas embalagens, por isso a minha máquina é das "antigas" moe o café na altura e sai uma bica perfeita sem contribuir para o acumular de lixo e além disso sai-me mais barato cada café.

pedalofilo disse...

Isto tornou-se em propaganda... deplorante.

Então não há contra-ponto em relação a estas afirmações do representante da indústria do café???

Só se fala em minimizar os efeitos? é como se fosse "inevitável" a nossa sociedade passar a ser dependente de capsulas individuais de café?

AXFDASILVA.BLOG disse...

pe disse...

Poderia ser mais esclarecedor e apontar em concreto esses estudos, é que eu gostaria imenso de me informar sobre o assunto.

Susana Godinho disse...

Boa tarde!
As cápsulas que falam já são recolhidas pela empresa que as comercializa, apesar dos ainda poucos pontos de recolha.

Susana

Dominic Oliveira disse...

Gostaria de saber se a cafeína provoca estimulação a curto e longo prazo?

Helena Almeida disse...

Olá muito boa tarde, acho que seria interessante se as empresas de cafe nomeadamente a Delta, Nicola etc, lançarem no mercado pacotinhos de açucar contendo menos gramas... Isto há quem tome meio pacote de açucar, iria manter esse bom gesto, e quem verte todo o conteudo do pacote inconscientemente iria estar a reduzir a quantidade ingerida diariamente e melhorar a sáude!

Obrigada,

M. João disse...

Boa tarde!
A propósito da reciclagem das cápsulas da Nespresso: durante os meses de Outubro e Novembro, o IPO fez uma campanha de angariação de cápsulas usadas com o fim de serem utiolizadas na criação de obras de arte a serem vendidas, revertendo o dinheiro a favor de um dos serviços do hospital.
A imaginação ajuda...

Dominic Oliveira disse...

Gostaria de saber se a cafeína provoca estimulação a curto e longo prazo?

mimiko disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
capsulasblue disse...

Olá, boa tarde!

A marca Lavazza além de comercializar um excelente café, não tem o problema da reciclagem das cápsulas. Por serem de plástico podem ser colocadas no "amarelinho" sem qualquer problema. Fica a sugestão.
Obrigada.

Cristina Rocha disse...

Olá!
O meu avô tem 82 anos e leucemia. Disseram-me que para evitar os desmaios dele podia tentar leite com café ao pequeno-almoço. O que acham?
Obrigada

Dominic Oliveira disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Dominic Oliveira disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Dominic Oliveira disse...

Gostaria de saber se a cafeína provoca estimulação a curto e longo prazo?

Dominic Oliveira disse...

Gostaria de saber se a cafeína provoca estimulação a curto e longo prazo?

pedalofilo disse...

para quando um programa sobre o tabaco, roseando todo o vício em paralelo com o que se está a fazer agora com o café?

ou com o álcool, o sal, etc...

debates assim não...
muito pouco plural, para quem anuncia ser "sociedade civil"

Dominic Oliveira disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Nuno disse...

Boas a todos.

Devo dizer que desde miúdo sempre senti atracção pelo café, muito devido ao seu aroma.
A minha "introdução ao maravilhoso mundo do café" aconteceu enquanto estudei no ISEL, onde se faziam trabalhos que demoravam o dia inteiro e no meu departamento temos a "santa" máquina de vending... Não que fosse grande coisa, mas o ritual da pausa, a força retemperadora do café e o convívio tornaram o café num factor importante de sucesso académico (ou não...). Nessa altura, era uma média de 4 ou 5 cafés por dia (Capuccinos, pois na altura não apreciava a 'bica').

Desde então que gosto de beber café de quase todas as formas (excepto o chamado "café de saco", blargh...), desde bica até a algo que faço em casa com a máquina da marca da qual um dos vossos convidados é director geral, até ir à famosa casa americana no Alegro.

Outro aspecto interessante relacionado com o café prende-se com o lado social. Sabe-se (e já foi discutido aí) o lado familiar do Café de bairro, mas acrescento outro aspecto interessante. Devo dizer que ultimamente tenho sito um utente de um novo fenómeno chamado Coffee Date (conhecer pessoas ou continuar amizades "interessantes" à mesa de um cafe) ;)

Desejo a continuação de bom programa, desde que não façam como eu que uma vez bebi dois cafés de seguida da cápsula "ristreto" e andei aflito o resto do dia... é o que dá ser viciado ;)

Dominic Oliveira disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Dominic Oliveira disse...

Gostaria de saber se a cafeína provoca estimulação a curto e longo prazo?

Dominic Oliveira disse...

Gostaria de saber se a cafeína provoca estimulação a curto e longo prazo?

Dominic Oliveira disse...

Gostaria de saber se a cafeína provoca estimulação a curto e longo prazo?

claudio disse...

olá boa tarde.
Podem falar do fair trade, do café?

ninokaOmocho disse...

Olá!

Estou a adorar o tema, porque adoro café. Este amor leva-se a consumi-lo pelo menos uma vez por dia (e quando não o faço, lá vem a dor de cabeça).

Numa altura em que o café voltou a estar na moda (se é que alguma vez saiu) devido a grandes marcas com grandes campanhas publicitárias, queria só lançar a questão a questão económica, ambiental e da sustentabilidade.
Tanto quanto sei, essas "maravilhosas" cápsulas que p'raí circulam não são recicláveis e empresas como a Nespresso (supostamente) não têm pudor em explorar os pequenos produtores de café para o belo George poder aparecer a bebê-lo na tv (parece que o Fair trade não interessa, viva o Giorgio!)
Pensando mais nacionalmente, na Delta , sei que pelo menos esta empresa investe na protecção do ambiente, tendo feito uma cátedra com a Uni. de Évora para financiar projectos de investigação relativos à Biodiversidade.

Se estiver errada, por favor digam-me.

Continuação de um óptimo programa,

Irina

Dominic Oliveira disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Dominic Oliveira disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
mimiko disse...

Olá e boa tarde.
Não sou apreciadora de café, mas gosto de beber um de vez em quando. Os de casa realmente sabem-me melhor. E fico feliz por saber que bebido com moderação não faz mal e além disso existe a possibilidade da reciclagem das embalagenzinhas. Para vocês um café e um pastel de Belém para animar o dia!

Dominic Oliveira disse...

Gostaria de saber se a cafeína provoca estimulação a curto e longo prazo?

Andre disse...

Boa Tarde.

Gostaria de partilhar a minha experiência.
Tenho 18 anos e já bebo café há cerca de 11 anos, pois quando tinha os meus 6/7 anos de idade cai e a minha cabeça sofreu bastante com isso, antes do acidente era um rapaz calmo, bastante quieto. Após o acidente tornei-me um verdadeiro terror, que nunca estava quieto.
O café entra nesta história pois um neurologista "receitou-me" o medicamento que eu já tanto queria tomar chamado café, para grande felicidade minha passei a tomar 2 cafés por dia.

No entanto não fiquei viciado, pois no Verão chego a estar um mês sem beber e não me afecta nem a tensão nem o sono.

Obrigado pela atenção, continuação de uma boa tarde a todos.
André Furtado

Dominic Oliveira disse...

Gostaria de saber se a cafeína provoca estimulação a curto e longo prazo?

PEDRO DE CASTRO disse...

o café que consumo em casa é de origem biológica e posso dizer que enquanto apreciador, noto uma diferença substancial no sabor em relação a outros cafés correntes no mercado.
Sendo a produção mundial proveniente de países onde muitas normas ambientais não estão a ser aplicadas, como podemos garantir que o café que estamos a consumir tem origem em plantações que têm uma preocupação ambiental?

Dominic Oliveira disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Dominic Oliveira disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Dominic Oliveira disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Cristina Rocha disse...

Olá!
O meu avô tem 82 anos e leucemia. Disseram-me que para evitar os desmaios dele podia tentar leite com café ao pequeno-almoço. O que acham?
Obrigada

Sociedade Civil disse...

Arroz doce com café:

Arroz
Leite
Sal
Gemas de ovo
Café
Cascas de limão
Grãos de café
Canela
Açúcar

Bife com molho de café:

Bife de vaca
Caldo de carne
Grãos de café
Pimenta preta
Canela
Louro
Natas
Alho
Café
Sal

Nelson Cruz disse...

Muito boa tarde.

Gostava de tocar no mito relativo ao café mais forte - café curto ou longo. Embora o mito se refira ao café curto como o mais forte, a meu ver, o mais forte deve ser o longo, isto porque, quanto mais água quente passar pelo café moído, mais moléculas de cafeína arrastará para a chávena. O café mais curto só poderá ter um aroma mais intenso e amargo por ter menos água, mas não menos cafeína. Corrijam-me se estiver errado.
Desde já obrigado e parabéns pelo Programa

pe disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
bia_afonso disse...

Muito boa tarde, tenho 16 anos e não sou grande fã do café, especialmente pelo seu sabor, que acho um pouco forte.
Gostaria de saber que tipo de combinações posso fazer de modo a suavizar um pouco o sabor do café.

Joana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
AXFDASILVA.BLOG disse...

Blogger pe disse...

PARA PESQUISAR:
Por essa ordem de ideias os arabes estavam todos mortos e eu inclusive, que ja bebi durante anos 15 cafes por dia.

trix disse...

Nespresso preço por Kg = €70
cada capsula contem 5Gm
comercio justo? ecologico?

Nelson Cruz disse...

Muito boa tarde.
Para quem não gosta do sabor forte do café, ou tem intolerância a este deixo a minha sugestão da cevada torrada solúvel- experimentem! ;)

Gostava de tocar no mito relativo ao café mais forte - café curto ou longo. Embora o mito se refira ao café curto como o mais forte, a meu ver, o mais forte deve ser o longo, isto porque, quanto mais água quente passar pelo café moído, mais moléculas de cafeína arrastará para a chávena. O café mais curto só poderá ter um aroma mais intenso e amargo por ter menos água, mas não menos cafeína. Corrijam-me se estiver errado.

Desde já obrigado e parabéns pelo Programa

Joana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
pedalofilo disse...

A empresa que aí está com direito de vocalizar o seu ponto de vista, é também a mesma que é fascinada por "melhorar a qualidade" de vários alimentos manipulando-os a nível genético.

Tudo o resto é apenas "green wash"

trix disse...

Nespresso preço por Kg = €70
cada capsula contem 5Gm
comercio justo? café ecologico?
Cada Kg de café gera 10 caixa de cartao e 200 capsulas.

Dina disse...

Fiz uma viagem pela Europa e estava ansiosa por chegar a Itália para beber um café...apanhei uma enorme desilusão. Café,café...só o nosso!!

Dalila disse...

boa tarde a todos

gostei muito do tema do sociedade civil de hoje, não tive tempo para enviar a minha questão a tempo

tal como a maioria dos estudantes é o café que me aguenta em altura de exames ou de trabalhos redobrados. Tenho 19 anos e, tal como algumas das minhas colegas, por vezes partilhamos de sintomas que nos assustam: tremores, palpitações, sudação nas mãos anormal e "tiques" como o tremer do olho que apesar de imperceptível aos que nos rodeiam, nos incomoda durante um dia inteiro. Gostava de perguntar se é normal e se há riscos para o nosso sistema nervoso.
Nestas alturas em que bebemos café consumimos de 2 a 3 cafés por dia sendo que ao fim de alguns dias deixa de ter o efeito estimulante desejado.
Pessoalmente, gosto de café e fora estas épocas mais stressantes costumo beber em convívio e tento não deixar que se torne vício porque com o hábito que o corpo cria, deixa de ter o efeito estimulante que por vezes necessito.
Aproveito para propor à Srª Drª Maria Vasconcelos, caso tenha a disponibilidade de ler os comentários, que se efectue um estudo junto de estudantes acerca do consumo de café pois seria um tema deveras interessante na área da nutrição.
um resto de um bom dia

parabéns pelo programa
J. Corrêa

pe disse...

" pedalofilo disse...
A empresa que aí está com direito de vocalizar o seu ponto de vista, é também a mesma que é fascinada por "melhorar a qualidade" de vários alimentos manipulando-os a nível genético.

Tudo o resto é apenas "green wash""


É bem verdade...

E a Nestlé também é uma das piores empresas do sector alimentar, só certo produtos para bebés que têm e que dizem ser muito bom pasra os mesmos, já mataram crianças.

Maria Lourinhã disse...

Ao contrário do que se comentou no programa, continua a haver tertúlias por aí.
Há um restaurante simpático em alfornelos que organiza regularmente tertúlias com convidados especiais (ver www.tertuliasnocarvao.blogspot.com).
No nosso atelier queremos também criar hábitos tertulianos na provincia! Podem nos visitar em www.marialourinha.blogspot.com