terça-feira, março 3

Deitar cedo e cedo erguer

Reza o ditado que “ deitar cedo e cedo erguer dá saúde e faz crescer”… mas o que acontece a todos os profissionais que têm que fazer precisamente o contrário? E aos que trabalham por turnos? O organismo precisa de rotina no que respeita ao sono ou adapta-se às exigências de horários praticados em algumas profissões? Há quem defenda que a sociedade «está com uma dívida de sono» já que a duração média passou nos últimos anos de oito horas para apenas seis, aumentando assim a probabilidade de doenças cardíacas. Aproveitando a temática, este SC vai ainda falar do sono das crianças e da forma de lidar com uma birra dos mais pequenos na hora de ir para a cama.

Convidados:
Pedro Caldeira, Médico Pedopsiquiatra
Marta Gonçalves, Presidente da Associação Portuguesa de Sono
Vitor Dauphinet, Nutricionista
Cláudia Semedo, Atriz e Apresentadora

40 comentários:

Martinha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Martinha disse...

Olá

As luzes de presença, durante a noite, serão ou não aconselháveis?

Martinha

Strawberryzinha disse...

Deitar tarde e tarde erguer dá saúde e faz crescer!

Se me disserem deita-te tarde a fazer isto ou aquilo ok.. se for levanta-te cedo... pareço o Garfield!

Patrícia

Meteo disse...

Boa tarde,
Porque não é adoptada a hora da sesta em portugal, à semelhança do que acontece em espanha? Não haveria mais rendimento? para as pessoas, como eu, que precisam de dormir mais seria excelente.
Saudações

NPereira

Sandra Oliveira disse...

O meu filho tem 7 anos, é uma criança bastante activa e saudável.
No entanto, odeia (segundo as suas próprias palavras) dormir.
Desde que nasceu que dorme pouco e até fazer 1 ano nunca dormiu mais que 3 horas seguidas. A partir daí dorme cerca de 6/7 horas e ao fim de semana ainda menos, bastando-lhe uma sesta de 5 minutos para ficar com as "baterias carregadas".
Já eu, que adoro dormir, não consigo dormir mais que 6 horas e acordo constantemente durante a noite, sendo que ao minimo barulho acorodo logo.
Eu é que fico com birras de sono.

Marco Caetano disse...

A minha conta certa são as 8 horas. Se dormir mais ou menos sinto-me sonolento e "mole".
Sou muito amigo da sesta, sempre que posso, quase sempre sábado à tarde depois do almoço. :)

Pedro disse...

Boa tarde,

Gosto de dormir e não considero mesmo nada um desperdício de tempo.
Em criança e até à adolescência sempre segui o famoso ditado do "deitar cedo e cedo erguer dá saúde e faz crescer" e nunca me deitava sem tomar um copo de leite quente.
Com a adolescência passei a ser o último em casa a deitar-me e ainda hoje mantenho o hábito de me deitar nunca antes da uma da manhã.
Algo que sei que tenho de manter é uma rotina de sono pois sofro de enxaquecas e qualquer alteração neste padrão de sono sei que resulta em enxaqueca.
A sociedade ocidental está a promover algo contra-natura, que é precisamente o ritmo alucinante e a instigação da falta de tempo nas pessoas. E como não há valorização do sono, é precisamente aí que se corta.
Gostava de colocar uma questão quanto sesta, visto que em certas alturas ao fim da tarde tenho bastante sonolência mas já ouvi dizer que não é recomendado fazer uma sesta nessa altura pois intrefere com a qualidade do sono nocturno, confirma-se ou não existem factos que o comprovem?

Borboleta disse...

Sou estudante universitária e trabalhadora-estudante, sei bem a falta que umas boas horas de sono fazem. Corro por gosto mas existem semanas em que mal posso esperar por o fim-de-semana para poder dormir mais um pouquinho. Tenho o café como aliado quando estou mais "mole" mas nada substitui uma noite descansada ou uma boa sesta.

Maria disse...

Boa tarde,

Tenho 22 anos e sinto sempre necessidade de dormir sempre mais de 9 horas por dia. No entanto, se dormir essas 9 horas, no dia seguinte sinto-me deprimida, por isso dormo no máximo 6 horas por dia, mesmo ao fim-de-semana. No entanto, gostava de perguntar aos convidados porque que mesmo que dorma 2 horas, 6 horas ou até 9 horas estou constantemente com pesadelos, ou seja, mesmo que dorma 9 horas por dia dormo sempre mal. Qual é o remedio para acabar com os pesadelos?

Muito Obrigada.

Maria

Sónia Meira disse...

Boa tarde,

Tenho 33 anos e fui mãe aos 27, tive um bébé lindo mas muito indisciplinado no dormir...
Durante 3 anos, porque amamentei quase até aos quatro anos, nunca tive uma noite descansada, ou seja de 3 em 3 horas estava de pé...
Paguei um preço muito elevado pois acabei por ter uma depressão que segundo os medicos foi provocada pelo pouco descanso!
O mau tempo já lá vai, mas aprendi que o meu soninho é para cumprir!
Cumprimentos,
Sónia Meira

Joana disse...

Olá Boa Tarde
E a chuxa, qual o papel da Chuxa no sono?

Alexandra e Pedro disse...

Olá a todos

Sou uma recém mamã que sempre adorou dormir umas boas 10h por noite... agora com um bebé de 1 mês e 5 dias a realidade é bem diferente....

Sinto sem dúvida que estou mais debilitada e com imensa falta de memória!!!

Eu já só pedia 5 horitas seguidas...:)

Obrigada e Parabéns pelo programa!

Pedro disse...

e a verdade é que o sono pode ser e já foi o momento de resolução de muitos problemas. Posso dizer que os momentos antes de adormeçer já me ajudaram a resolver muitas questões e que me levaram até a ter de adiar mais um bocadinho o sono para escrever as ideias antes de as esquecer!

JB disse...

Boa tarde,

o tema do programa de hoje é "perfeito" para mim.
Infelizente o meu sono anda totalmente descontrolado à cerca de 1 ano. Por motivos profissionais tive de me mudar para uma nova cidade onde vivia num local em que o barulho da estrada era até tarde e de manhã começava muito cedo.
Assim dormia poucas horas durante a noite e de dia vivia como uma "zombie" com a cabeça sempre pesada e o raciocínio mais lento. Ao fim de semana, não sei como, mas dormia horas e horas seguidas.
Felizmente voltei para a minha casa, tendo o sossego normal, mas não consigo habituar o meu sono ao que era dantes. Assim à noite não consigo adormecer, e de manhã só me apetece ficar a dormir, sentindo-me muito cansada.
Gostaria de os questionar de qual a melhor solução para organizar de novo o meu sono.

Obrigado pela atenção,
Maria Cabral

JB disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Strawberryzinha disse...

tenho 27 anos

Cola e Pipoca disse...

Passem no meu blogue !
Adoro o programa !
;)

Fábio Coelho disse...

Sou estudante universitário e penso que tenho um bom ciclo de sono! Durmo sempre 8 horas minimas e nunca fiz uma directa;penso que seja por ter um ciclo constante que me consigo levantar cedo (7-8hrs da manha) e ser produtivo!

Pedro disse...

Posso dizer que gosto de me deitar tarde, e do calmo da noite mas levantar de manhã é um castigo porque também gosto imenso de dormir e aqueles minutos de ronha antes de levantar sabem tão bem.
Com 29 anos, a única altura em que salto da cama sem ficar rabugento é mesmo quando vou fazer algo que quero muito, em particualar, viajar.

Covas disse...

Dormir..
Eu tenho uma relação muito feliz com essa palavra.
Durmo conforme o tempo que tenho. Neste momento tenho muito tempo, pois só estou a escrever a dissertação de mestrado. O que têm como consequência, dormir até 12 horas por dia..
Contudo, durante o meu curso cheguei a fazer 3 directas seguidas.. Sem café, nunca bebi um café na vida.
Concordo plenamente com a Cláudia. Motivação e vontade, isto é, ter qualquer coisa para fazer. Só isto é que faz sair da cama. Em média deito-me ás 4h da manhã e levanto-me ás 13h.. o que me faz sentir um pouco inútil.. Psicologicamente considero mais saudável levantar cedo. Sinto-me mais feliz e útil.

w disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pedro disse...

em que medida a depressão sazonal e a sua implicação no sono podem ser controladas para não comprometerem o rendimento diário?

w disse...

No outro dia vi um documentário da "National Geographic" sobre este tema: o sono.
Achei bastante interessante e recolhi informação que desconhecia.
Com a realização de diferentes experiências, os cientistas envolvidos chegaram a conclusões diversas, tais como:
- A privação de sono provoca alterações corporais graves a longo prazo(a nível do metabolismo, da concentração hormonal, fluxo sanguíneo, etc). O estado mental também se começa a alterar, distorcendo aquilo que chamamos de realidade.

- Dormir é importante para "colocar as ideias no lugar". É importante e vital para o processamento e selecção de toda a informação que nos chega diariamente, consolidando as memórias.

Muitas outras coisas...

Enfim, o sono existe naturalmente e, por todos estes motivos, há que respeitá-lo, pelo menos enquanto não existirem outros meios de função semelhante. O futuro o dirá.

Bom programa.

Cumprimentos

Strawberryzinha disse...

Eu sou o retrato do que disseram.

Acordo na maioria das vezes bem disposta mas...

Durante a faculdade preferi o horário da noite das 18 às 23 porque ficava sempre acordada até às 6 ou 7 da manhã dormindo até às 14.

Se for mais cedo para a cama dou voltas e voltas e só adormeço na mesma às 7 ou 8. Após o término da faculdade agora as duas da manhã são o limite!

Chocolates???

Aqui à minha volta estão 5 marcas diferentes :X

leonor disse...

ola.
devido ao meu trabalho ( que começa as 6h e acba ás 13h) e devido ao meu estudo nocturno, que começa as 19h e acaba as 23h50m,eu nunca consigo dormir mais de 4h30m. e isto na melhor das hipoteses.
o que me faz sentir muito cansada, mas se durmo de tarde á noite nao o faço bem.
se nao durmo fico muito cansada e sonolenta, stressada e inquieta.

Sandra Oliveira disse...

O meu filho não ressona, dorme profundamente.
Eu chego a pensar que ele cai de cansaço porque ele passa do estado desperto ao sono profundo em segundos.
Funciona bem durante o dia, é muito energético, activo e um excelente aluno.
Não gosta mesmo é de dormir, diz que se pudesse nunca dormia e brincava.
Já várias vezes o apanhei acordado de madrugada a brincar.

Swimmer disse...

Boa tarde a todos...

Sou trabalhador-estudante e acabo por ter dias bastante preenchidos.

Tenho muita dificuldade em adormecer a horas decentes, muitas das vezes acabo por adormecer bem tarde (lá para as 5h da manhã) depois de ter dado muitas voltas à cama e de ter feito um bom lanche.

Quer adormeça mais cedo ou mais tarde, sou capaz de ficar a dormir várias horas, por vezes chegando a 10/12h, não creio ser muito normal mas tem sido uma coisa mais ou menos regular.

Será que poderiam explicar melhor a situação das luzes de forma a "ensinar" como "obrigar" o corpo a dormir quando deve e acordar quando deve?

Obrigado
André

m.r.p disse...

Sempre fui de me deitar cedo e dormir, no mínimo, 8-9h. Mesmo no tempo da faculdade, em que preferia levantar cedinho para estudar do que fazê-lo pela noite dentro.
Agora, que sou mãe há quase 5 meses, durmo muito pouco porque o meu bebé ainda desperta, para ser amamentado, 2 a 3 vezes por noite, o que me tem trazido muitas alterações físicas e de raciocínio.
Dentro em breve tenho de voltar ao trabalho. Nem imagino como vou conseguir levantar cedo e ser produtiva com tão poucas horas de sono.

androdrigues@clix.pt disse...

Boa tarde.
Tenho 26 anos e trabalho por turnos. Desde que comecei a trabalhar o meu padrão de sono mudou muito. Agora tenho muita mais necessidade de dormir(mais de 8 horas) e custa-me mais levantar-me cedo. Quando posso passo a manhã inteira a dormir e facilmente adormeço na viagem de carro após uma manhã de trabalho.
Gostaria de saber se esta situação será normal.
Obrigada, Andreia.

Hugo Costa disse...

Boa tarde sou motorista de serviço publico e trabalho por turnos por isso só durmo 4 horas por dia mas tambem ñ sinto a falta do sono

slast disse...

Boas tardes.
Gostaria de saber o porque de quando se come antes de se ir dormir acordamos com fome (mesmo muita); mas quando nao se come nada antes de se ir para a cama acordamos "normais" sem grande necessidade de ingerir alimentos.
Ivan

Madalena Botelho disse...

Boa tarde,

Será que me podem explicar porque é que quanto mais cansada estou mais dificuldade tenho em adormecer?

Também já verifiquei que se eu perder horas de sono não mais consigo recuperá-las pois acordo sempre ao fim de 4/5 horas de sono.

Madalena

Maria Castro disse...

Olá, sou médica e conhecendo os riscos inerentes à minha profissão e responsabilidade não compreendo como somos obrigados por lei a trabalhar 24 horas seguidas semanalmente. Não é aceitável em termos fisiológicos, biológicos nem humanos.
Maria Castro, 30 anos

Alice disse...

Boa tarde.


Tenho um menino de 4 anos e que costuma sonhar muito, penso que o mesmo que outras crianças da mesma idade. Gostaria de saber como explicar os sonhos às crianças e que elas percebam que é normal, que não tem mal. isto porque o meu filho se refere aos sonhos com as frases "os meus sonhos nunca mais param", "nunca mais vão acabar".


Obrigado e boa tarde.

Ana disse...

Olá

Eu tenho uma filha com 24 meses que sempre dormiu bem e muito. Desde que nasceu que quase não a conseguiamos acordar para comer. Aos 6 meses passou a dormir no quarto dela e continuou sempre a dormir lindamente. Aos 13 meses deixou recusou o biberom e a partir daí, para aodrmecer, tinha de ser sempre acompanhada (assim adormecia na cama dos pais e depois deitavamo-la na sua cama. No fim do ano passado ficou doente e dormiu connosco algumas noites, e a partir daí nunca mais quis dormir na cama dela, acordando sempre que a tentavamos mudar.
A solução que arranjei (porque axava que ela não devia dormir na nossa cama) foi colocar uma 2ªcama no quarto dela e deitar-me junto dela ela para dormir. E sem isso ela não dorme. Não sei se faço bem ou mal. Gostava de saber o que fazer para evitar esta situação, que já é uma rotina. Por este andar vai levar anos até tirar a 2ª cama do quarto e voltar a dormir toda a note na minha cama.
Obrigada
Ana M

Nuno Teixeira disse...

Boa Tarde.
Sou estudante, tenho 21 anos e a minha média de horas de sono é cerca de 6h. Acordo todas as manhãs com o olhar cansado e ferido. Durante o dia não consigo dormir.

Nuno

Canibalimão disse...

No meu caso sinto que o meu dia devia ter 25 horas.

Digo isto porque o meu horário de sono tem uma tendência terrivel para se adiantar 1 hora por dia.

Tenho 25 anos, se num dia dormir as 8 horas de que preciso para me sentir bem, no dia seguinte não vou conseguir adormecer na hora normal.

Para dormir 8 horas vou trocando o meu horario um pouco a cada dia e às tantas estou a deitar-me as 4 ou 5 da manha.

Para isto nao acontecer tenho de me forçar a dormir apenas 7 ou 6 horas, mas neste caso ando cansado e com sono todo o dia...

J.Silva disse...

Sou Agente da PSP em Lisboa, como devem imaginar, turnos é o meu dia à dia por aqui... existem dias, que acordo ás 6 da manha para trabalhar ás 7 e fazer manha mas nesse mesmo dia entro à 1a da madrugada para fazer noite.. Ora num emprego como este, que exige atenção e vigilancia, só se sobrevive com cafes!
Já agora depois da noite, meto-me num comboio e vou para junto da familia no Norte, ora a chegada é baseada quase em estado pseudo cadavérico!!

J.Silva

sílvia disse...

Boa tarde. E quais os efeitos de uma noitada, típica entre jovens, em que nos deitamos às 7h/8h da manhã ou mais tarde e com algum alcool à mistura?!

Sara disse...

Por ter dado de mamar durante dois anos e meio, e dormir com a minha filha, os musculos do lado esquerdo do meio corpo atrofiaram, parecia ter o corpo dividido a meio. Por isso tive de deixar de dar de mamar, a minha filha dorme comigo, e desde que lhe deixei de dar de mamar ela ficou muito agitada já lá vai um ano. Eu sempre sonhei durante a noite, tenho 23 anos.