terça-feira, julho 21

Preparados para a gripe?

A gripe A mata mais que a gripe “sazonal”? Vale a pena tomar a vacina para a gripe “sazonal” já em Setembro? Como está o SNS preparado para a eventualidade de o vírus se espalhar e contaminar uma boa parte da população? Como vai reagir um trabalhador que fique doente com esta gripe? Fará como nos restantes casos de doença? Dados indicam que os portugueses não faltam ao trabalho mesmo estando doentes, uma vez que receiam retaliações e uma descida no seu salário. E para além da perspectiva sanitária, como vão as empresas funcionar se os valores de absentismo se acentuarem?
Agora que o tema ressurgiu na actualidade devido ao aumento diário de infectados, o SC convoca os melhores especialistas para transmitirem o que mais precisa: conselhos.
Convidados:
José Robalo, Subdirector-Geral da Saúde
João Sequeira Carlos, Presidente da Associação Portuguesa dos Médicos de Clínica Geral
Maria da Luz Sequeira, Farmacêutica e Vice-presidente da Associação Nacional das Farmácias
Francisca Seabra, Jornalista do Sol – área da saúde e do bem-estar

64 comentários:

Filipa Serra e Silva disse...

Penso que vale a pena prevenir e tomar todas as percauções devidas.
A verdadeira "pandemia" tem sido o alarmismo criado pelos MEDIA. Todos os dias ouço nos telejornais o aumento dos números de casos de gripe. Poucas vezes se diz que pelo menos metade já goza de boa saúde novamente.

Sylvie disse...

Boa tarde!
Apesar de "muito" se falar nesta gripe acho que ainda pouco se sabe dela (pelo menos o q realmente nos interessa saber!) O que nos têm transmitido pela comunicação social têm sido notícias soltas e a alarmar as pessoas e não a informar o que devemos saber/fazer para a enfrentar.
Se é uma coisa tão grave deveriam informar e tranquilizar as pessoas e não o contrário!
Para além disto, sempre fui da opinião que quando alguém está doente com gripe (seja ela qual for) deve mesmo meter baixa e ficar em casa para se tratar como deve ser e evitar o contágio!

Cristina Rocha disse...

Boa tarde!
Creio que estamos preparados, mas devemos pensar duas vezes quando se pensa em viajar para outro país para ir de férias. Acho uma burrice de todo o tamanho. Querem ir de férias, vão para cá dentro: poupa-se dinheiro, tempo, saúde e ganha-se conhecimentos.

"no dia 9 de Agosto de 1957, o navio Moçambique, proveniente de África, entrou na barra do Tejo para atracar no porto de Lisboa, trazendo a bordo passageiros doentes. Naquele dia, a epidemia de gripe acabara de ser importada.
Provocada por um novo vírus que anteriormente não tinha circulado em Portugal, encontrou a população de Lisboa e do País inteiramente desprotegida." (http://www.correiodosacores.net/view.php?id=18377)
É algo muito parecido não acham?

Martinha disse...

mormalmente numa gripe normal costumo ficar em casa e curar a gripe sem medicação, será que no caso de ser infectada com a gripe A poderei proceder da mesma maneira?

sonharamar disse...

Esta pandemia tão apetecível aos mass media causa tanto pânico que a compra de tamiflu pela internet é exponencial. Infelizmente como a alfandega em Portugal é tipo lotaria, ninguém sabe se fica ou não, muitos portugueses têm já acesso a tamiflu sem qualquer receita medica como todos os riscos que isso acarreta.

ASS: Pedro Silva

Filipa Serra e Silva disse...

Deixo aqui uma hiperligação (está em inglês) com informações úteis e detalhadas sobre o H1N1. O site é do "Centers for Disease Control and Prevention": http://www.cdc.gov/h1n1flu/

Tiago Gonçalves disse...

Nenhum país está preparado se esta gripe afectar uma grande parte da população activa. Os países não estão preparados para uma quebra na produção numa altura de tentativa de retoma económica. Será mais um ponto a ajudar a crise.
Penso também que os meios de comunicação social estão a "aproveitar" desta pandemia. Abrir jornais todos os dias com mais um caso num qualquer local não me diz nada. Esse tipo de insistência pode causar alarmismo. A noticia desta gripe deve ser informativa.

Marlene disse...

Boa tarde,

não tenho muitos conhecimentos sobre a gripe A, ou melhor sobre a famosa gripe A. Sei que devemos ter precauções, sei quais são. Mas, penso que é irónico o facto dos media em vez de alertarem a população para as devidas precauções anunciem notícias apenas para comunicarem o nº de vítimas que continua a aumentar...

Marlene disse...

eu sou da opinão que toda a prevenção é pouca, uma vez que a contaminação existe, seria bom tentar "trava-la", de qualquer maneira. Mas agora pergunto, será que os propios farmaceuticos e médicos possuem a informação concreta sobre a gripe?
Será que a pandemia é tao "bruta" como os "media" nos fazem parecer?
A doença existe, sim! mas a comunicação social utiliza esta materia para alarmar as pessoas exageradamente.

Marlene disse...

eu sou da opinão que toda a prevenção é pouca, uma vez que a contaminação existe, seria bom tentar "trava-la", de qualquer maneira. Mas agora pergunto, será que os propios farmaceuticos e médicos possuem a informação concreta sobre a gripe?
Será que a pandemia é tao "bruta" como os "media" nos fazem parecer?
A doença existe, sim! mas a comunicação social utiliza esta materia para alarmar as pessoas exageradamente.

Cristina Rocha disse...

Olá Martinha!
Não sou nenhuma profissional de saúde, mas acho que 1.º deve-se TELEFONAR para a linha Saúde 24: 808 24 24 24. Depois o hospital ter "tratado" da doença deve-se permanecer em casa para evitar o contágio.

Quando se toma algum medicamento, o corpo cria habituação ao medicamento e se for tomado logo a seguir não faz efeito.

João Campos disse...

Boa Tarde. Tenho uma questão que gostaria de colocar. O Tamiflu só "actua" quando temos gripe A, ou pode servir também como prevenção para a mesma? Obrigada desde já.

Anjos disse...

Boa tarde.
Realmente estou quase em pánico!!
Como mãe de duas crianças menores de 5 anos com a agravante de ter um menino com fibrose quística acho que não tenho motivos para relaxar.
Raramente saímos de casa mas no entanto preocupa-me as pessoas que vivem no prédio e saem para todo o lado, tenho vários vizinhos emigrantes que chegam agora em Agosto e costumamos alternar jantares nas nossas casas pelo menos 2 vezes no Verão. Recebo também familiares que aproveitam o facto de ser um apartamento à beira mar para vir para cá de férias durante uns dias. Temos sempre durante todo o ano e ao longo dos últimos anos muitos cuidados de higiene com todas as visitas. Aqui em casa ninguém entra com o calçado que anda na rua, são desinfectadas as mãos mesmo ao entrar em casa mas depois fazemos uma vida normal.
Fico até um pouco aliviada por saber que agora as pessoas vão começar a lavar as mãos e a ter cuidados que a meu ver deviam ter sempre!!!
Devo restringir as visitas até esta gripe estar "extinta"?
Que riscos reais corre uma criança com fibrose quística?
E uma criança saudável com 19 meses?
Quando estará disponível a vacina para doentes crónicos?
O que fazer?

Marlene disse...

Boa tarde,

Sinceramente ainda não tenho muitos conhecimentos sobre a famosa Gripe A. Sei apenas medidas de prevenção...Mas persiste-me uma dúvida, os sintomas são pparecidos com os de uma gripe comum? Como é que a distinguimos? Os riscos são os mesmos?

Obrigada

Marlene disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
specialized_biker disse...

Boa tarde!
Diariamente somos alertados por os medias , de maneiras de evitar a propagacao/contaminação da gripe!
A minha pergunta é a seguinte! Será que o virus da gripe poderá ser transmitido por o dinheiro, moedas e notas, que usamos diariamente?

André Correia

José Araújo disse...

Nesta época existem inumeros concertos de Verão e pequenas festas de aldeia.
Com o aumento de casos não seria melhor cancelar esses convivios?

Obrigado

delfim disse...

Caros amigos da RTP2 sociedade civil:
Irei em 14 de agosto ver um concerto de U2 em Wembley (Londres) onde vão estar cerca de 90000 pessoa. Devo usar máscara ?
E nos aviões será prudente ou causará alarmismo ?

Obrigado,

NOTA: Estou a ver o vosso excelnte programa

Delfim Rocha

Dr.Brain disse...

Boas! Na CNN, CBS, e na FOX, ja vi personalidades conceituadas dentro dos meios cientificos a falarem sobre este virus ter sido criado em laboratorio, agora a pergunta é: Ele escapou de alguma maneira deliberada? ou realmente a visita de Obama ao mexico na altura do foco da gripe não foi uma coincidencia e pode então ter sido uma tentativa de assasinato politico moderno? ou ate mais longe ao conseguirem manipular este virus, quem o "engenhou" e obvio que ja tinha a "cura" simplesmente para o control populacional mundial, a realidade e que en 2020 a população mundial tera duplicado, e com isso tambem vai duplicar a misseria... pensem nisso e respondam S.F.F! Continuação de um bom programa!

Filipa Serra e Silva disse...

JOAO CAMPOS, estive no site do Tamiflu a pesquisar para responder à sua questão. O que lá está escrito é o seguinte:

O Tamiflu pode ser utilizado para prevenção e tratamento DA gripe.

Link: http://www.tamiflu.com/treat.aspx

É mencionado também que o medicamento não é um substituto para a vacina da gripe.

Luis disse...

Boa tarde a todos. Surgiu-me uma proposta de trabalho no México. Devido à questão da gripe A, estou bastante renitente em aceitar. Será muito arriscado aceitar ou é igualmente arriscado ficar em Portugal?

Pedro Costa disse...

Boa tarde a todos,
tenho uma dúvida que ainda não vi ser respondida em nenhum programa ou sessão de esclarecimento; o facto de algumas pessoas, seja de que maneira for, conseguirem adquirir "tamiflu" ou outro do género, e sem qualquer indicação médica o passarem a tomar, poderá ou não ter um efeito contrário ao pretendido, criando eventual resistência no Vírus H1 N1, e por consequência fazendo com que a vacina que está a ser produzida passe a ser ineficaz ?

Rúben Oliveira-Freitas disse...

Boa tarde e parabéns pelo vosso programa e aos ilustres convidados.

Sou escuteiro e estudante de Biologia e como tal, partilho das preocupações da "sociedade civil" relativamente à gripe A(H1N1).

Os escuteiros fazem muitas actividades onde estão envolvidas crianças e jovens desde os 6 anos de idade. Reuniões semanais, jogos de grupos, actividades ao ar livre, actividades com as comunidades e pais dos "rapazes"...

Há algum cuidado especial que nós, dirigentes, devamos ter em atenção relativamente aos nossos jovens?

Forte Canhota Escutista.

Luciano disse...

Vou de férias em Agosto para Cabo Verde, deverei pedir ao meu médico de família o tamiflu!
Será que as entidades desse país estarão preparadas para a gripe A?

Luis Brissos disse...

A lavagem das mãos não é algo que me preocupe, mas trabalho na restauração e vemos e falamos diariamente com centenas de pessoas, a minha questão, será que devíamos ligar menos à gripe que os restantes trabalhos? (Quando digo restauração digo ainda outros serviços de atendimento ao publico) Porque para seguirmos as regras todas o trabalho será atrasado e os clientes não compreendem isso...que dilema!

Guimaraes disse...

A ameaça da gripe, agora classificada de A para descanso dos pobres suínos, caiu nos noticiários como a proximidade do juizo final.

Falou-se da probabilidade de dezenas de milhões de mortos, enfim, uma catástrofe!

Do governo esperava-se, e alguma imprensa exigia, daquelas acções de grande espectáculo, que dão sempre a ideia de grande eficiência. Por exemplo, o governo egípcio mandou abater todos os porcos do país. Como os porcos nada tinham a ver com o assunto, a não ser o nome do virus, aí está uma acção espectacular, mas perfeitamente estúpida.

Estou-me a recordar do relativamente recente caso da gripe das aves em que, para dar ideia de grande preocupação, se ordenou a existência de salas de "isolamento" em todas as urgências hospitalares. Como uma sala de isolamento é uma unidade complicada impossível de fazer em poucos dias e, mesmo assim, implica grandes verbas, chamou-se "sala de isolamento" a uma qualquer sala em que a porta se pudesse manter fechada. Aqui está um exemplo de uma grossa asneira de grande impacto mediático.

Ao contrário, a nossa ministra da Saúde, com a serenidade que lhe é peculiar, organizou um esquema funcional e eficaz, sem alardes nem populismos mediáticos, que podem dar grandes títulos mas também originar enormes asneiras.

Organizou-se a resposta em 4 centros devidamente equipados, diminuiu-se a possibilidade de contágio afastando as pessoas das perigosíssimas salas de espera das unidades de saúde, assegurou-se o acesso a toda a gente com ambulâncias próprias e infundiu-se a calma e a confiança fundamentais em casos destes. E fundamentalmente mantém-se a população devidamente informada e vai-se adequando a resposta às solicitações da situação.

Grande exemplo para outros ministros...

heber disse...

ola a todos:
a propósito do tema de ontem em que se falou de teorias da conspiração. (lol)
Também existem na gripo A. Como seja aquela que refere que a doença surgiu por deescuido laboratorial, o que não esclarece, pk é que surgiu no México, porém, desmente isso, pois, há quem diga, que esta gripe já havia se manifestado noutros países antes do caso Mexico se ter divulgado.
SFF Comentem.
Repare-se que a organização mundial de saude declarou a doença como pandemia. Ultimo parâmetro da escala de contagios de uma doença infecciosa. Então é ou não preocupante?
Outra coisa, ouviu-se no programa o médico referir-se à gripe A, ou foi a qq tipo de gripe(?), como uma síndrome gripal, pergunto, ou afirmo, perguntando, pode-se designar uma gripe, uma infecção viral como um síndrome, sendo a sida e qq infecção virulenta, que ataque o sistema imunitario, ou melhor usa celulas do sistema imunitario como hospedeiros, e os virus da gripe que usam diferentes celulas como hospedeiras????
Obrigado pelos esclarecimentos, se o tempo o permitir.
Saudações do heber

silvia disse...

Olá!

O meu filho tem 7 anos e é asmático grave. Devo ter outros cuidados para além dos que são recomendados?

Obrigada!

Maria disse...

Olá Fernandinha.

Voltei excepcionalmente.
Estou grávida e estive a trabalhar nos Jogos da Lusofonia. Quando soube do 1.º caso de gripe A nos referidos jogos, fui aos assistentes médicos pedir um rastreio e disseram não ser necessário. Durante o tempo que lá estive mediram-me 1 dia a temperatura.
Sei que as grávidas são um grupo de risco. Até ao momento sinto-me bem e espero continuar tudo bem.

Beijinhos para si e pra Susana da Quercus com quem eu estive na Lusófona.

Maria Mendes

Maria disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
rui disse...

Boa tarde

Só para aquecer o debate...
Estou a ver o programa com atenção e quase que concluo que, pelos comentários da mesa, afinal esta gripe não carece de muita atenção, a não ser os cuidados básico, como lavar as mãos.
Se é assim tão simples, o porquê da do alarmismo mundial?

Parabéns pelo programa.

Maria disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Elisabete disse...

Boa tarde
Com a mobilidade actual mais tarde ou mais cedo haverá disseminação em massa, seja nos transportes publicos,de férias(nesta altura o Algarve está cheio de Ingleses)nos empregos,etc.
Gostaria de saber porque ainda não foi feita uma vacina para esta gripe(o tamiflu não é para esta gripe)? Porque não foram compradas à mais tempo e uma maior percentagem de vacinas como fizeram outros paises Europeus e os EUA, mesmo que tivessemos que pagar uma parte do custo como fazemos paa outras vacinas e medicamentos? Porque não se dá a vacina preventivamente como vão fazer estes paises?

Cumprimentos para o programa

Maria disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Elisabete disse...

Boa tarde
Com a mobilidade actual mais tarde ou mais cedo haverá disseminação em massa, seja nos transportes publicos,de férias(nesta altura o Algarve está cheio de Ingleses)nos empregos,etc.
Gostaria de saber porque ainda não foi feita uma vacina para esta gripe(o tamiflu não é para esta gripe)? Porque não foram compradas à mais tempo e uma maior percentagem de vacinas como fizeram outros paises Europeus e os EUA, mesmo que tivessemos que pagar uma parte do custo como fazemos paa outras vacinas e medicamentos? Porque não se dá a vacina preventivamente como vão fazer estes paises?

Cumprimentos para o programa

Maria disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Elisabete disse...

Boa tarde
Com a mobilidade actual mais tarde ou mais cedo haverá disseminação em massa, seja nos transportes publicos,de férias(nesta altura o Algarve está cheio de Ingleses)nos empregos,etc.
Gostaria de saber porque ainda não foi feita uma vacina para esta gripe(o tamiflu não é para esta gripe)? Porque não foram compradas à mais tempo e uma maior percentagem de vacinas como fizeram outros paises Europeus e os EUA, mesmo que tivessemos que pagar uma parte do custo como fazemos paa outras vacinas e medicamentos? Porque não se dá a vacina preventivamente como vão fazer estes paises?

Cumprimentos para o programa

Dario disse...

Não estaremos a viver uma nova versão de caça às bruxas? Repare que quando vier o inverno e as tipicas constipações, como provar que não é gripe A, mas apenas uma constipação? Serei convidado a sair de um restaurante, ou de um cinema porque a senhora ao meu lado está com os seus dois filhos e eu estou certamente a contaminar os seus filhos com a malvada gripe A? Se a gripe A tem remédio, então e como curar a psicose social inerente?

Elisabete disse...

Boa tarde
Com a mobilidade actual mais tarde ou mais cedo haverá disseminação em massa, seja nos transportes publicos,de férias(nesta altura o Algarve está cheio de Ingleses)nos empregos,etc.
Gostaria de saber porque ainda não foi feita uma vacina para esta gripe(o tamiflu não é para esta gripe)? Porque não foram compradas à mais tempo e uma maior percentagem de vacinas como fizeram outros paises Europeus e os EUA, mesmo que tivessemos que pagar uma parte do custo como fazemos paa outras vacinas e medicamentos? Porque não se dá a vacina preventivamente como vão fazer estes paises?

Cumprimentos para o programa

Maria disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Elisabete disse...

Boa tarde
Com a mobilidade actual mais tarde ou mais cedo haverá disseminação em massa, seja nos transportes publicos,de férias(nesta altura o Algarve está cheio de Ingleses)nos empregos,etc.
Gostaria de saber porque ainda não foi feita uma vacina para esta gripe(o tamiflu não é para esta gripe)? Porque não foram compradas à mais tempo e uma maior percentagem de vacinas como fizeram outros paises Europeus e os EUA, mesmo que tivessemos que pagar uma parte do custo como fazemos paa outras vacinas e medicamentos? Porque não se dá a vacina preventivamente como vão fazer estes paises?

Cumprimentos para o programa

loucura na cozinha disse...

Boa tarde !
com tanto alarmismos , fala-se da gripe ,para grupos de pessoas normais .Como e que os doentes de doenças cronicas ( cancro, diabetes,Hiv,e outras mais)se podem precaver quanto a doença

Zé Espertinho disse...

Relativamente à descriminação de pessoas que já tiveram contacto com o H1N1 é preciso reforçar que isso não faz qualquer sentido. Estas pessoas que foram atingidas pela doença tendo tido um quadro benigno, são felizardos que já estão naturalmente vacinados (de forma gratuita!)

Maria disse...

Olá Fernandinha.

Aqui a firstbloggerlady voltou excepcionalmente.
Estou grávida e estive a trabalhar nos Jogos da Lusofonia. Quando soube do 1.º caso de gripe A nos referidos jogos, fui aos assistentes médicos pedir um rastreio e disseram não ser necessário. Durante o tempo que lá estive mediram-me 1 dia a temperatura.
Sei que as grávidas são um grupo de risco. Até ao momento sinto-me bem e espero continuar tudo bem.

Beijinhos para si e pra Susana da Quercus com quem eu estive recentemente na Lusófona.

Maria Mendes

Céptico disse...

Este alarmismo é necessário para a industria farmacêutica, estive em Londres à dias e em lado nenhum ouvi falar de gripes, passei pelos locais mais turisticos e nada em nenhum lado... Porque será?
Acho que o governo inglês já pagou os "tamiflus", resta aguardar pela gripe dos peixes no próximo ano, assim que acabar a validade dos actuais "tamiflus"

Turma4 disse...

boa tarde! estou a planear fazer um interrail, por espanha, frança, italia e grecia, no final de setembro,mas tenho algum receio da gripe, gostaria de saber a vossa opiniao!

Dr.Brain disse...

Tendo a OMS declarado nivel 6 de pandemia, não acham ai no programa que estão a banalizar demais esta questão? Eu acho que a OMS sabe mais do que diz, simplesmente não se quer é uma histeria social... o heber relança questo~es interessantes...
continuen com o bom programa de hoje!!

maria amélia disse...

duas dúvidas:
1 - a gripe A implica sempre a febre? (tenho todos os outros sintomas, mas nunca pensei ter esta gripe)
2 - quais os riscos de uma gravidez nesta altura? (a grávida que morreu em espanha tinha outras complicações ou foi só da gripe?)

delfim disse...

No meu comentário esqueci-me de dizer que sou seropositivo hiv e portanto a mascara nao seria para proteger os outros mas a mim próprio... Por outro lado gostaria de perguntar à plateau se acham que as bactérias e os vírus irão dominar o mundo mais cedo ou mais tarde.

Obrigado mais uma vez

Delfim Rocha

Filipa Serra e Silva disse...

É verdade que, cerca de 100 em 100 anos existe uma pandemia que mata milhares de pessoas. Estamos no período de mais uma pandemia. Deve ser por isso que há tanto alarmismo. Antigamente os cuidados de saúde não eram tão bons como hoje, por isso talvez fossem tantas as mortes.

niki disse...

Boa tarde!
Trabalho numa livraria no Chiado. Atendo muita gente que vem dos 4 cantos do mundo. E aflige-me que as nossas chefias estejam numa de "deixa andar". Nem queiram saber como são as nossas casas-de-banho! As entidades responsáveis acham que o mais difícil é sensibilizar as crianças. Mas na minha opinião o mais difícil é sensibilizar estas chefias que abundam em Portugal! Fica o desabafo!

Paula disse...

Boa tarde.
Estou grávida e de acordo com a informação que tenho pertenço a um grupo de risco, pelo facto de ter o sistema imunológico mais debilitado. A questão que gostaria de colocar tem a ver com os riscos que a gripe A poderá implicar tanto para mim como para o bebé.
Nunca gostei de alarmismo mas a verdade é que não há muita informação em relação a este aspecto.

Nuno Jordão disse...

Tenho uma dúvida levantada pelo vosso programa

Disseram, embora ironicamente, que ao tocar na maçaneta da porta devo usar um papel que impeça o contacto directo entre a mão e a maçaneta e que depois o deito fora.
A minha questão é a seguinte: Onde é “fora” para o vírus?

Zélia disse...

Antes de mais aproveito para vos dar os meus Parabéns por este programa fantástico...

Sou professora numa escola na cidade de Londres e devo dizer que este vírus está a gerar temor... Houve escolas, agora encerradas por motivos de férias, que apesar de terem 1 ou 2 casos de gripe A não encerraram... isto gerou algum descontentamento quer pelos funcionários das próprias escolas quer pelos próprios pais.
Neste momento, quando se anda na rua ou em qualquer transporte público se alguém tiver um "ataque de tosse" ou se tiver uma rinite alérgica, as pessoas afastam-se e olham de forma desconfiada...
Há 3 semanas atrás eu mesma fui vítima de um vírus de gripe e quando me dirigi ao hospital o médico e enfermeira precaveram-se de imediato pensando que eu teria o tão temido vírus... fui colocada num quarto isolado onde estive 2h30 à espera de ser vista pelo médico... não me fizeram qualquer exame, a conversa que tive com o médico fui o suficiente para saber que não estava com o tão temível vírus da swine flu.
Algumas companhias aéreas estão também já a tomar medidas para não autorizar o embarque de passageiros que sejam "suspeitos" de serem portadores deste vírus.

Enquanto que antes o temor nesta cidade era o terrorismo agora o temor é este vírus...


Zélia Jesus Gonçalves

wandita disse...

Boa tarde!

Vou viajar para a China na próxima semana, faço escala em Londres (1 dia) e o meu namorado é diabético tipo 1. Não cancelámos a viagem, por isso pergunto. Será pertinente levar tamiflu? Nestes o médico receita o mediacamento ou só depois de estar infectado?

obrigado
Vanda

xor disse...

Estou a ver o vosso programa à algum tempo e vi a parte onde mencionavam várias medidas a tomar para evitar contaminação. Se bem me lembro não mencionaram os teclados multibanco. Acho que também podem ser um local de contaminação.

Filipa Serra e Silva disse...

Ainda há muitas pessoas que se dirigem aos médicos a pedir antibióticos para a gripe. Penso que seria bom alertar essas pessoas de que a gripe não se combate com antibióticos. Para quem tem gripe, apenas os sintomas podem ser combatidos.

chora_2000_r disse...

Boa tarde,

O programa é realmente muito importante e útil.
Mas não posso deixar de dizer que a apresentadora Fernanda Freitas está cada vez mais sexy, consegue cativar a atenção mesmo que estivesse a moderar um debate sobre tapetes de arraiolos.

Muito sucesso com o programa!
Beijinhos para a Fernanda.
JL

Marinho disse...

Boa tarde.

Qual a probabilidade de ocorrer uma mutação no vírus que o torne muito mais perigoso?

Cumprimentos.

Ana Varela disse...

Boa tarde!
Estou grávida e o meu bebé nascerá em Agosto, precisamente uma semana depois de vários familiares regressarem de férias da Tunísia. Deverão os meus familiares evitar visitas durante as primeiras semanas após o regresso de férias? Que precauções e cuidados deverei ter? (Pois é provável que me visitem outros familiares que tenham tido contacto com os que viajaram?)

HENRIQUE disse...

penso que esta gripe e mais uma expeculação para se vender medicamentos para os laboratorios facturarem milhões gripe das aves gripe suina para o ano qual será a gripe? da vaca?

paulamatos disse...

OLÁ
Atenção, ás escadas rolantes dos centros comerciais, milhares de mãos são pousadas,opte por andar a pé

Paula disse...

Boa Tarde!
Tenho muitas dúvidas sobre a gripe A, tenho Lúpus subagudo e trabalho como Educadora de Infância num Colégio, sou um grupo de risco, como devo agir?

joana disse...

Boa tarde!
Tinha um Interrail a passar pelas grandes cidades da Europa planeado para o Agosto.
A ideia era usar muitos os transportes publicos, como o comboio e o metro, ficar em hostels e frequentar os locais com mais aglomerados de turistas.
Será que devo cancelar esta viagem por causa da gripe A?
Obrigada pelo vosso tempo.

Joana