quinta-feira, janeiro 21

Dói-me o estômago!

Dores, perturbação da digestão, gastrites, úlceras ou azia fazem o rol das principais queixas relacionadas com o estômago. Apesar de o interior do estômago ser resistente, a presença de bactérias, o consumo de álcool, os efeitos secundários de certos medicamentos ou até o stress podem desencadear uma “dor de estômago”, pontual ou permanente. Por vezes, estas perturbações podem esconder uma doença mais grave, como o cancro. Apesar de o cancro do estômago ter diminuído no último século, é ainda um dos mais frequentes e em Portugal mata cerca de 3000 pessoas por ano. Neste programa percebemos a importância da alimentação e os cuidados que devemos ter com o estômago.

Convidados:
Maria Paes de Vasconcelos
, Nutricionista
Ema Paulino, Membro da direcção ANF e Farmacêutica
Paula Alvito, Investigadora na área de Alimentação e Nutrição no Instituto Dr. Ricardo Jorge
Beatriz Costa Neves, Médica Gastrenterologista no Hospital Pulido Valente e Secretária-geral Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia

30 comentários:

Martinha disse...

Não tenho dores de estômago, mas tenho familiares que têm. Gostava que falassem sobre a influência dos medicamentos tomados em jejum; estar muitas horas (5/6 horas) sem comer e depois também, do sistema nervoso, de que forma é que poderá afectar estas dores.

Sylvie disse...

Boa tarde!
Uma pequena dúvida q tenho:
Beber café (bica) em jejum faz mal ao estômago?

Anjos disse...

Boa tarde.
Aqui em casa temos diversos problemas de estômago.
Temos o meu filho que têm 4 anos e é doente de Fibrose quística, desde bebé que as cólicas e os vómitos o acompanhavam.
Agora que já explica melhor onde lhe doi já distinguimos melhor os dias em que a dor é mais a nível intestinal das mais altas a nível do estomâgo. Após 3 endoscopias que não revelaram lesões a nível do estômago fez-se uma ecografia que revelou um cálculo biliar, ficamos na dúvida se isso justifica as dores agudas após refeições. Cálculos biliares dão sintomatologia semelhante a úlceras estomacais?
Eu apesar da erradicação do helicobacter pilori, agora com todo este stress tenho dores de estômago quase diárias.
Bom trabalho!

Sylvie disse...

Pessoas c doenças crónicas, que tenham que tomar mts medicamentos (e/ou mt fortes) devem tomar os medicamentos p forrar o estômago?

Eu tomo comprimidos mt fortes mas a minha medica n acha que esse medicamento me ajude...

José Gonçalves-Pinto disse...

tinha apenas duas questões: se a nossa posição de dormir tem influência com a nossa função gastrica? e como sabemos os tipos de alimentos alcalinos ou acidos pois foi-me dito que o limão em contacto com os acidos do estomago torna-se numa substancia alcalina enquanto que a laranja não?. obrigado

melinda disse...

Boa tarde.
Até que ponto é que as pastilhas elásticas podem afectar o estomâgo. Tenho algumas pessoas conhecidas que passam cerca de 4/5 horas a matigar "em vão". Até que ponto é prejudicial?
Outra questão: Eu e o meu pai temos alguns tipos de alimentos que não conseguimos comer que nos causam mau estar (ao ponto de vomitar), nomeadamente azeite cru, molhos à base de tomate, comidas "fortes" (picanha) mas por norma não valorizamos, simplesmente evitamos a ingestão dessas comidas. É correcta a nossa atitude?
Obrigada. Parabéns pelo programa.

Anjos disse...

Aproveito a presença da Drª Maria Paes de Vasconcelos, Nutricionista,
para lhe dar os parabéns pelo seu trabalho na revista Pais e Filhos que leio com frequência. No entanto não posso deixar de referir um artigo em que aconselhava os pais a não valorizarem os pedidos constantes de leite dos bebés com mais de 1 ano de idade durante a noite porque isso são chamadas de atenção, de afecto...pois tive uma "luta" que durou os primeiros 3 anos de vida do meu filho, quase todos os pediatras não entendiam que ele tomasse 4 a 5 biberões de leite desde a 21h até 10 h da manhã, e ele chorava insistentemente com fome quando prolongava o intervalo...não era mimo...não, era mesmo fome, porque como o seu pancreas não funcionava não tinha enzimas que permitiam a absorção alimentar, os alimentos eram quase na totalidade transformados em fezes e daí o seu baixo peso e fome constante. Só entendi isso quando perto dos seus 3 anos fizeram o diagnóstico de Fibrose quística. Fica aqui o alerta para todos que lidam com bebés e crianças que o choro constante de noite a maior parte das vezes têm problemas por tras e muitos pediatras não valorizam. O meu filho têm fibrose quística e na altura não tinha qualquer sintomatologia respiratória, só mais tarde é que se manifestaram as constipações constantes. Ele apenas tinha muitas cólicas, fezes muito volumosas e mal cheirosas e muita muita fome! E foi quase sempre magro!Não custa nada fazer um teste do suor, e pode ajudar muito a um doente de FQ que quando mais cedo for seguido melhor!

nini disse...

Boa tarde, sou estudante universitária e o stress do dia-a-dia afecta-me principalmente o estômago, pelo que sofro habitualmente de dores, pirose e digestão lenta. Sei que se trata de uma questão essencialmente nervosa e gostaria de saber se há algum fármaco mais indicado para esta etiologia e o tipo de alimentação que deveria fazer. Obrigada!

Metamorphosis disse...

Boa tarde, gostaria de saber se quem tem úlceras pode comer laranjas?

Obrigado e parabéns pelo programa


Helder

Joana Raquel disse...

Boa tarde,

sou estudante universitária e gostaria de saber até que ponto o sistema nervoso influencia o estomâgo, pois principalmente na altura dos exames, sinto um incomodo no estomâgo e alteração da minha digestão.

Joana Lopes, Aveiro

Katarina disse...

Boa tarde.
Tenho tido alguns problemas na ingestão de leite. Em determinadas alturas, o leite começa-me a "cair" muito mal no estomago e sinto-me muito mal disposta. Fiz analises para saber se sou a alergica a lactose e não é o caso. O que tenho feito é alternar entre leite meio gordo e leite sem lactose (que tomo quando o leite me começa dar dores de estomago). Neste momento estou num desses periodos em que estou somente a ingerir leite sem lactose. É correcto faz-lo?
Obrigado

lucy disse...

É errado comer a fruta no final da refeição?

Diana disse...

ola, abri agora no programa e reparei no tema, gostaria que me esclarecesse neste âmbito, eu sou uma jovem de 19 anos e sofro do estômago, e tenho muita dificuldade em fazer a digestao, principalmente à noite, se faço uma refeiçao mais pesada fico com paragem de digestão, tendo varias vezes que recorrer ao hospital...
gostaria de saber quais os alimentos mais indegestos que deva evitar principalmente à noite.
obrigado

Sofis disse...

Boa tarde.

Gostaria de saber se existe algum problema na questão de absorção de um medicamento quando o tomo com água, em jejum, e, logo de seguida, bebo leite ao pequeno-almoço.

Obrigada.

Sofis disse...

Gostaria de saber se a ingestão diária de água fervida é benéfica para o estômago.

Obrigada.

Laura disse...

Boa tarde.
Há duas frutas (ananás e kiwi) que evito ao máximo porque me causam SEMPRE, e de forma quase imediata, aftas na boca e língua.
Terá alguma ligação com doenças do estômago ou será geral? Como contrariar isso? Nos os ingerindo?
Posso adiantar que sofro de gastrite crónica (diagnosticada por duas vezes por endoscopia), mas não sei se terá alguma relação.
Muito obrigada!
Laura.

Patricia disse...

Boa tarde!

Uma pergunta simples:

A aspirina faz mal ao estômago independentemente da forma como é tomada? (com água numa colher e às com açucar para as crianças). Obrigada

Francisco disse...

Boa Tarde. Eu descobri que sou intolerante à lactose depois de ter tido 3 amigdalites seguidas. A médica disse que a lactose me acelerava as infecções. E acrescentou ainda que o leite da vaca é para o bezerro, e portanto que o homem não precisa de leite. Acrescentou ainda que nem para a osteoprose, porque há diversos alimentos que substituem o cálcio do leite. O leite em geral faz mal? Ou há pessoas mais sensíveis ao leite? Obrigado, Francisco Carvalho

melinda disse...

Boa tarde, novamente,
Vocês falaram da asia, e lembrei-me de uma coisa engraçada. Na minha zona os idosos dizem que para "cortar" a asia, não há melhor remédio que uma colher de açucar. O açucar tem efectivamente alguma influência? Ou é apenas psicológico? Obrigada.

Ana disse...

Boa tarde, tenho 36 anos e sempre fui conhecida por ter estômago de galinha! Já fiz todos os exames possíveis e já só me falta explorar as alergias alimentares! Não consigo digerir bem a carne de vaca e porco, se como peixe grelhado parece que engoli um boi, se como alface fico inchadissima... já me diagnosticaram a dita fermentação, mas penso que não seja só isso... muitas vezes acordo com dores de estomago. Pode de facto estar relacionado com as alergias alimentares?

Patricia disse...

Talvez não me tenha explicado bem...

O que faz mal ao estômago é a aspirina em si ou a forma como é tomada (não diluída, em comprimido)?

Obrigada

Pedro V. disse...

Boa tarde!
Existem alimentos a evitar para os sofredores de síndroma de gilbert (cerca de 100.000 portugueses)? A maior parte dos estomatologistas e gastroentrologistas com que falei tendem a ignorar esta questão mas penso que terá alguma importância.

Katarina disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
José disse...

Boa tarde!

Antes de mais, peço desculpa se esta questão já foi abordada.

Por vezes, por afazeres profissionais, acabo por ficar longas horas sem comer. Se tiver este comportamento alguns dias seguidos, acabo por ficar com dores no estômago (tipo dorido) e com a barriga a fazer uns sons que parecem "água" a andar de um lado para o outro.

Já fiz uma endoscopia e consultei alguns médicos, mas nunca fiquei esclarecido sobre este problema.
Agradecia a vossa ajuda.

Obrigado.

cesario disse...

Tenho uma ulcera duodenal +/- estavel. Há 15 dias tive uma crise com dores fortes, às quais o ulcermim não fazia efeito. Na deslocação ao hospital não tinha nada no estomago, mas estava a fazer um enfarte. Porquê?

Patricia disse...

Talvez não me tenha explicado bem, o que faz mal ao estômago é a aspirina em si (principio activo) ou a forma como é tomada, desfeita em água, já não faz mal...

Obrigada

Sarita disse...

Boa tarde,
Desde pequena tenho problemas de estôgamo (dificuldades em digerir) tal como a minha mãe, irmã e tias. Será que pode ser algo hereditário? Evito comer certos alimentos tais como pimentos(cozidos, assados)ou chouriça, uma vez que o sabor me volta sempre à boca durante as horas seguintes. Em relação à chouriça até percebo porque tem muita gordura, mas em relação aos pimentos donde é que poderá vir?

Rosa disse...

Boa tarde, há pouco dias tive fortes dores abdominais e intestinais e o médico receitou-me novamente o Lansoprazol, tomo em jejum mas acontece que tb tenho que tomar medicamento para a tensão (Copália) em jejum tb. Qual o tempo de inervalo aconselhável visto que assim que me levanto tenho por hábito tomar o pequeno almoço? Obrigado, bom programa.

Francisco disse...

Boa tarde. Descobri que era intolerante à lactose depois de ter tido 3 amigdalites sucessivas. A médica disse que o Homem não deve beber leite e passo a expressão: "O leite da vaca é para o bezerro". Será que fazemos mal em beber leite? Este é-nos essencial?

Obrigado

paagc disse...

Boa noite!
Durante quase 4 anos tenho vindo a ter problemas relacionados com o estomago. Fiz o tratamento do H.P e desde então as coisas nunca mais ficaram "bem" já tomei diversos Inibidores da bomba de protões, do Pantoprazol ao Nexium e em doses máximas, 2 x40mg dia! Contudo as dores permanecem já fiz 2 endoscopias e apenas apresentam gastropatia....já mudei varios vezes de médico (não sei se para bem se para mal...) ultimamente sou seguido nos HPP e irei realizar uma Ressonancia Magnetica por sugestão do medico. Curiosamente retirou-me os inibidores da bomba de protões...
Com tudo isto a dor abdominal mantem-se o desconforto é muito grande que inclusivamente me impede de trabalhar....
Fui tambem submetido a uma Hemicolectomia no mesmo Hospital, e o cirugiao que me operou disse-me que tudo no abdomen estava normal.
Gostaria de obter opiniões e sugestões pois sinto que a cada dia pioro e não sei o que pensar...
Abraços e cumprimentos.

PS: Já agora e como curiosidade, o unico medicamento que me alivia as dores é ZALDIAR....