sexta-feira, novembro 26

Queda de cabelo: como travá-la?

A queda de cabelo é uma doença que afeta uma em cada duas mulheres portuguesas e provoca a calvície em 50% dos homens antes dos 50 anos. Segundo estudos recentes , a distorção da auto-imagem, a falta de confiança , o embaraço geral ou mesmo depressão podem surgir depois de diagnosticada uma alopecia. Contudo, a maioria dos doentes não recorre a qualquer tipo de especialista para solucionar este problema, já que encaram a situação como normal. Os que procuram tratamento deparam-se, na maioria das vezes, com produtos que oferecem recuperações milagrosas do cabelo, mas que não passam de placebos.

Convidados:
Catarina Rosado, Diretora do Mestrado de Ciências Dermocosméticas da Universidade Lusófona e membro fundador da Sociedade Portuguesa de Ciências Cosmetológicas
Leonor Girão, Médica Dermatologista
Biscaia Fraga, Médico Cirurgião Plástico
Pedro Ferreira, Farmacêutico

18 comentários:

Martinha disse...

- máscaras de supermercado ou de outro sítio qualquer, são aconselháveis ou não?
- depois de pintar o cabelo, como tratá-lo a seguir?
- tempo que se deve guardar entre cada pintura?
- tempo que se deve guardar entre cada lavagem?
- caspa? porque surge? o que fazer? ligação entre caspa e queda de cabelo?
- shampoo e amaciador ou só shampoo?

note que quando estou muito tempo sem lavar o cabelo e depois o lavo, ele fica muito mais forte e bonito.

(aposto que este comentário só vai ser publicado talvez amanhã,pra semana ou quiçá daqui a um ano vá!)

Isis disse...

Tenho apenas 19 anos, mas ultimamente (ultimos 3meses) o cabelo têm-me caído muito e está visivelmente mais fraco. Não faço ideia porquê, mas não gosto mesmo nada, até porque o cabelo tem muita importância para mim. Tenho-o muito longo e quero mantê-lo assim, mas saudável.

Isis disse...

Sei que não faz mal lavar o cabelo todos os dias, no entanto quando não lavo o cabelo tão frequentemente ele fica mais forte, volumoso e brilhante. Porquê?

Alexandre disse...

No cabelo e nas unhas existe um amino ácido essencial a cisteína. Como tal é necessário ingerir esse amino ácido na alimentação.Verdade ou mentira?
Não é fácil ingerir cisteína na alimentação, por isso a gelatina... e derivados de animais...
Verdade ou mentira?

José. M disse...

boa tarde. gostaria de saber a opiniao dos convidados sobre o produto viviscal man. bjs

Joao disse...

Boa tarde

Eu tenho 23 anos e desde os 15 que tenho uma grave queda de cabelo. Tendo ido ao endocrinologista foi-me dito que não há qualquer problema nessa área. O meu pai (e o meu irmão também) começaram com queda de cabelo também desde muito cedo.
Há algum tratamento realmente eficaz para este caso? E é "normal" considerando a histório genética?

Marta Falcão disse...

Voltando à amamentação, coloco a seguinte questão:
será que a aplicação tópica de algum produto anti-queda poderá prejudicar a minha filha devido à absorção de algum componente pelo couro cabeludo?

Mafalda disse...

Cortar o cabelo fá-lo crescer mais? É mito?

Pépê disse...

Tenho 35 anos e estou a ficar calvo.
Tive sempre dúvidas em seguir um tratamento para a queda do cabelo por pensar que não funcionam e que não fazem crescer o cabelo.
Existem mesmo soluções para isso? E se sim, não poderão haver efeitos secundários?

Obrigado

joão e sónia disse...

boa tarde,

gostaria de saber se pintar o cabelo prejudica de alguma forma a nossa cabeleira.

obrigada

sónia

Diogo disse...

Boa Tarde,
A minha filha (13 anos) tem aulas de natação 6 vezes por semana, 2 horas por dia, e consequentemente lava o cabelo todos os dias. Será prejudicial? Se sim,como minimizar os danos? Que cuidados deverá ter?

Obrigada,
Irene Teixeira,
Albufeira

Carlos disse...

Eu padeço de Alopécia androgenética, já sofri de intervenção do transplante capilar dos fuliculos pilosos Pretendo saber qual a melhor forma de m anter forte dos fuliculos pilosos Qual a alternativa ao Tricovivax

Catarina Gomes disse...

Gostaria só de lembrar, tal como já fizeram aí no voso programa que a sáude é realmente muito importante. Há uns anos comecei lentamente a perder o meu cabelo. Pensei em todos os produtos mas nunca apostei em nenhuns muito caros ou de farmácia, pensava que era disso. Afinal de contas era uma grande anemia, tão grande que me impediu de fazer uma determinada operação, digamos que tinha metade de hemoglobina da que devia ter. Após o tratamento de ferro, recuperi cabelo e unhas, na totalidade.

Beijos

Carlos disse...

Carlos Tenho 37 anos padeço de Alopécia androgenética sofri interveção cirurgica de transplante capilar dos fuliculos pilosos há cerca 12 anos Pretendo saber qual a melhor forma de manter forte capilar que foi transplantado qual a melhor alternativa ao Tricovivax

Patrícia Oliveira disse...

corre um mail que a substancia "sodium laureth sulfate", é capaz de desenvolver cancro. O que me preocupa é que está presente em quase todos os cosméticos. Deve-se levar em consideração este alerta?

Obrigada,

Patrícia Oliveira

Dulce disse...

Quando era mais jovem tinha um cabelo comprido e saudável. Mais tarde, comcei a pintar e usar extensões. A partir daí parece que nunca mais cresceu como antes. Pintar e usar extensões faz mal?

Filipa disse...

Boa tarde,

Tenho 23 anos, e há cerca de 8 anos atrás, fiz tranças em todo o meu cabelo. Sem saber os perigos, mantive-as durante um mês, e quando as desfiz, caiu-me mesmo muito cabelo. Entretanto cresceu mais e não me preocupei, mas há cerca de dois/três anos para cá, apercebi-me de que o meu cabelo parece estar mais fino e tem até mesmo menos quantidade, nomeadamente na zona frontal.

Será isto consequência das tais tranças, ou estarei eu mais preocupada com a saúde do meu cabelo agora, e por isso reparo em coisas que antes não teria visto?

Sociedade Civil disse...

a substancia "sodium laureth sulfate" é agressiva para algumas pessoas mais sensiveis mas não provoca o cancro.