quarta-feira, junho 20

Para que servem as células estaminais, afinal?


A utilização de células estaminais do cordão umbilical tem, atualmente, uma utilização restrita. Estimativas da Sociedade Portuguesa de Células Estaminais e Terapia Celular indicam que a utilização de células criopreservadas pode acontecer em 1 em cada 20 mil casos.
No entanto, são conhecidos cada vez com mais frequência outros estudos da aplicabilidade destas células realizados por todo o mundo. Nos EUA e no Brasil há investigações do uso de células estaminais no controlo da Esclerose Múltipla. Um exemplo entre outros ainda em fase de experimentação.
Mas afinal que usos comprovados existem da aplicação das células estaminais? Quem pode usá-las? Quem pode criopreservá-las? Quanto custa? Quais as garantias de que serão úteis em caso de necessidade?

3 comentários:

Cristina disse...

Boa tarde. Estando grávida pensei em fazer a doação através da Lusocord. No entanto foi-me informado que não poderia ser dadora do sangue do cordão umbilical por eu ter tido uma leucemia na infância.Gostaria que fossem explicados os motivos dessa exclusão. Obrigada

Jéssica Santos disse...

Boa tarde, á cerca do B.I genético, não tenho uma opinião bem definida á cerca deste ser aceite ou não, uma vez que existem prós e contras.
Prós:
- detectar antecipadamente a predisposição de vir a ter determinadas doenças;

- antecipar os tratamentos.

Contras:
- futuros empregos,empréstimos, créditos, entre outras entidades, tiverem acesso a este é de prever que não contratem pessoas que por exemplo tenham uma grande probabilidade de vir a sofrer de cancro, ou até mesmo os bancos não vão fazer empréstimos a essas mesmas.

- pessoa ter que lidar que mais tarde puderá vir a sofrer de uma determinada doença, como será o quotidiano desta.

Sofia Costa disse...

Lusocord Banco Publico http://www.chnorte.min-saude.pt/lusocord.php