terça-feira, junho 5

Saídas verdes para a crise


Com a conferência Rio+20 cada vez mais próxima a Quercus lançou recentemente uma iniciativa através da qual pretende mostrar 5 saídas verdes para a crise. A ideia é mostrar alguns setores com potencial em Portugal que podem levar à criação de emprego e mesmo assim assegurar a “independência e sustentabilidade do país”.
Desde a agricultura e da pesca, passando pela energia e pela reabilitação urbana, parece haver uma série de respostas para a crise e são verdes.
Concretamente, que caminhos deve seguir Portugal? Como podem as empresas dar o seu contributo? A componente ambiental é assim tão determinante na viabilidade de uma atividade?

1 comentário:

Cláudia Pires disse...

Boa Tarde

Para praticar a economia verde é necessário pensar Verde e o Homem que hoje governa o Mundo não pensa assim!
Sinceramente acredito que devemos apostar na educação (ex: introdução de educação ambiental nos programas escolares) para mudar as mentalidades das futuras gerações
Em termos práticos a legislação (alguma que já existe mas não é praticava) deve ser mais rigorosa, sem esqueçer a fiscalização (relativo à protecção de recursos naturais, poluição ...) e quiça um incentivo monetário para as empresas que aplicam uma gestão mais respeitadora do ambiente.