segunda-feira, março 4

Privação de sono: que consequências?



Dormir bem é essencial para o bem-estar, mas isso não significa obrigatoriamente oito horas por noite.
Porém, dormir menos do que o organismo necessita traz problemas de saúde e mais de metade dos adultos já tiveram privação de sono em algum momento da vida.
Um estudo elaborado por uma seguradora em vários países refere que a crise financeira, a preocupação com a família, as contas para pagar e a pressão na escola ou no trabalho são as principais razões que tiram o sono aos portugueses.
O que pode fazer para contrariar esta tendência? Que consequências traz a privação de sono? Quando é necessário recorrer a fármacos?

3 comentários:

vidasdanossavida disse...

Muito interessante. E cá em casa as historias de dormir fazem parte do nosso dia a dia e são o miminho da noite entre mãe e filho. E não só o ajuda a preparar o sono como estimula o gosto pela leitura.

Unknown disse...

Será possível abordar a ajuda de técnicas como a auto-hipnose no controlo do sono ?

Dina disse...

Não consegui captar o nome completo do livro mencionado por uma das convidadas: "O Monge ?"