terça-feira, maio 15

FAMÍLIAS - OS MEUS OS TEUS E OS NOSSOS

Neste Sociedade Civil queremos dar conta das profundas alterações que se verificaram na composição da família portuguesa ao longo das três últimas décadas, na data em que se celebra o Dia Internacional da Família. Com a ajuda preciosa dos nossos parceiros queremos abordar o papel da família na sociedade, as alterações do núcleo familiar, os valores, os direitos e os deveres da família.

12 comentários:

Pedro disse...

Longe vão os tempos em que a figura tutelar do avô e avó era uma realidade

Que tendência moderna pode prejudicar a família?

Que situações podem afetar a harmonia da família?

Pedro Marinho
Arcos de Valdevez

Pedro disse...

Os filhos passam mais tempo com as educadores e professores do que com os própios pais, o que é mau muito mau , e os pais tem sido cumplices no dia a dia no resultado nefasto da familia que está em degradação total.Os pais falam mais tempo pelo telemovél com os filhos do que quando estão em casa, e nós achamos piada á famosa globalização de quem atribuimos a culpa.

Pedro Marinho
Arcos de Valdevez

Pedro disse...

Pergunto :

Os filhos não precisam de pais extraordinarios mas sim de pais que sejam seres humanos, chorar e abraçar será mais importante do que dar fortunas ou fazer-lhes imensas criticas?Penso que existe pouca abertura na da parte sentimental, O QUE ACHAM

PERGUNTO: EU ACHO E PENSO QUE NENHUMA TÉCNICA PSICOLOGICA FUNCIONARÁ SE O AMOR NÃO FUNCIONAR.CONCORDAM?

Pedro Marinho
Arcos de Valdevez

Pedro disse...

Os filhos não precisam de pais extraordinários, mas de seres humanos que falem a sua linguagem e sejam capazes de penetrar no seu coração.

Pedro Marinho

Arcos de Valdevez

Pedro disse...

OS ADULTOS hoje não podem escapar de levar parte da culpa pelo conflito mundial de gerações. Muitos pais, por exemplo, tiveram uma atitude tolerante demais para com seus filhos, com mau resultado. Isto não só resultou no conflito de gerações, mas os Jovens que “seguiram seu próprio caminho” amiúde estragaram sua vida.

“Pelo menos em parte por causa de nossa própria negligência e tolerância encontramo-nos vivendo no que sou obrigado a chamar de Era do Relaxamento — um tempo em que o desleixo na higiene pessoal, na aparência, na fala e nos hábitos, a publicamente ostentada imoralidade e obscenidade, um preguiçoso desmazelo desinteressado na realização de tarefas e um monumental egocentrismo, que se manifesta não só na falta de cortesia, mas numa desconsideração grosseira dos direitos dos outros e das amenidades das relações humanas numa sociedade realmente civilizada — tudo isso parece estar na ordem do dia.” Lamento mas que sociedade estamos a criar?

Pedro Marinho

Arcos de Valdevez

Anónimo disse...

Quando casei formei uma família...muito embora tenho sido ricamente completa com a chegada do nosso filho.
EDUCAR É seguramente o maior desafio das nossas vidas...mas como todos os desafios há que encará-lo com muito AMOR...porque com ele vem concerteza a persistência, a paciência, a amizade,a resiliência bem como todos os ingredientes para sermos a cada dia que passa melhores pais, melhores famílias e melhores seres humanos.

Rosa Berenguer
(Funchal)

Anónimo disse...

Penso que hoje em dia os papéis na família estão cada vez mais indefinidos: o pai cozinha e limpa o chão, a mãe trabalha fora de casa e descarrega o stress nos filhos, o colo do pai é tão bom ou melhor que o da mãe. se os géneros estão cada vez mais iguais que paéis identificadores verá a criança no pai ou na mãe?

maria, odivelas

Anónimo disse...

Pedro, quer casar comigo?
Estou a brincar consigo. Gostei muito das suas opiniões e pontos de vista.
Parabéns ao programa.
Bem hajam.

Anónimo disse...

Antes de mais boa tarde, estou a enviar este email porque estava a ver o o programa de hoje da sociedade civil cujo o tema era " familias - os meus os teus e os nossos". Este tema interessa-me bastante, visto que sou uma aluna de enfermagem e estou a fazer um trabalho que aborda esse tema. No entanto como muita pena minha so foi possivel ver o inicio do vosso programa. Desta forma gostava que me falicita-sem informação acerda desse tema, visto que me iria ajudar bastante no desenvolmimento do meu trabalho, porque não entro muita informação.

Aguarda a vossa resposta.


Cumprimentos e muito obrigado

Margarida Martins margaridafmartins@hotmail.com

Anónimo disse...

Margarida:

Pode ver o programa on-line através do item "Programas Emitidos" que se encontra no Blogue.

Cumprimentos.

Andreia de Jesus

Anónimo disse...

Não é "Programas Emitidos", mas sim, "RTP Multimédia".

Andreia de Jesus

Anónimo disse...

Andreia de jesus: Muito obrigado pela a sua ajuda. cumprimentos


Margarida Martins