sexta-feira, dezembro 14

O FUTURO DA EUROPA

O Tratado de Lisboa leva a marca de Portugal e irá mudar a face da União Europeia nos anos que se seguem. Maior centralização das decisões em Bruxelas, uma voz una no diálogo com outras potências, reforço da aposta na mobilidade no espaço da UE, investimento em investigação e desenvolvimento, alargamento a outros países do continente europeu, são algumas das medidas que se reflectirão no quotidiano dos portugueses. A poucos dias do fim da presidência portuguesa da UE, vamos explicar aos espectadores que mudanças estão para vir e como tirar o melhor partido delas.

24 comentários:

Anónimo disse...

É bom que a Sociedade Civil explique o que este Tratado significou, além de ruas cortadas, e grandes gastos....

FELIZ NATAL E UM EXCELENTE 2008 para toda a equipa do SC!!!!

Ana

Rui Silva disse...

Realmente, apesar de se ter falado tanto do tratado de Lisboa acho que sinceramente muitos de nós ainda não temos a noção do que mudará esse tratado.

Mas terá este tratado o impacto do antigo tratado de Maastricht? Pelo menos em termos de nome, esse tratado foi talvez o mais reconhecido nos tempos recentes.

Já agora, porque é que o "hino da Alegria" foi interpretado ontem quando ele já não é considerado como hino oficial da União Europeia?

juanlusz disse...

Olá sociedade civil,
O meu nome é Juan Luis e sou professor de Português Língua Estrangeira em Mérida. A educação, a aprendizagem de línguas, a colaboração transfronteiriça, a utilização das Tics, a troca de boas práticas e o intercâmbio de ideias, são pilares fundamentais para uma Europa coesa, dinâmica, pacífica, competitiva e alegre.
Recomendo este vosso blogue aos meus alunos e, de facto, têm que fazer um tpc para depois do Natal, sobre algum dos temas aqui tratados, lendo os comentários.
Passem no nosso blogue educativo quando quiserem:
escolaugusta.blogspot.com
Um abraço social e civil, boas festas e continuem com esta iniciativa ímpar.
Juanlusz.

Rui Silva disse...

Falou-se acerca do roaming e muito bem acerca da limitação de custos quando estamos em viagem mas já agora existem ainda 2 pontos que acho ainda precisam de "tabelação".

Uma passa pelos custos "escondidos" das viagens de avião, bem sei que já foi abordado pela UE mas ainda continuo a ver publicidade a vôos baratos quando na verdade as taxas adicionais sobrecarregam bastante o preço final do bilhete.

A outra é ao nível da internet. Existem noutros países europeus mais tecnologicamente desenvolvidos preços praticados para a internet bastante mais baixos aos nossos, e além disso é preciso também que quando se contrate um serviço de internet não se tenha de subscrever obrigatoriamente o serviço de telefone como acontece na sua maioria, principalmente fora das zonas urbanas.

Anónimo disse...

É com grande desilusão que vejo o Sociedade Civil fugir à norma pelo qual sempre se orientou: o debate de assuntos pertinentes, de forma imparcial, com exposição de diferentes pontos de vista em relação aos mesmos.
O assunto hoje é pertinente, mas é feito entre 3 pessoas pró-Tratado de Lisboa. Não é um debate imparcial. Não estão em discussão diferentes pontos de vista.
O Sociedade Civil, hoje, está a ser meio de comunicação como outro qualquer: com uma fortíssima componente política, a querer impor um pensamento e uma razão, que toda a gente sabe que não é a da maioria dos portugueses, ou dos europeus.
Não querem praticar a democracia directa, porque sabem que aí perderão. Por isso não querem o referendo.
Que democracia esta, que não passa de uma farsa.
Melhores programas do Sociedade Civil virão, tenho a certeza. quero ter.

João Paulo - Lisboa

Sylvie disse...

Só mesmo o SC para esclarecer o Tratado de Lisboa!!
Tanto se fala nele e tão pouco se sabe! Se é algo que nos diz respeito temos o direito e o dever de saber do que se trata!

lady_blogger disse...

Agora que surge o Tratado de Lisboa, o comum dos portugueses ainda pouco sabe sobre os seus beneficios. Já no euronios.blogspot.com me referi a este Tratado.
Acho que foi um passo marcante numa altura em que estamos a escassos dias da nossa presidência da União
Europeia.

CC

Maria Mendes

Anónimo disse...

O Tratado de Lisboa foi assinado aqui ontem e a Europa aparentemente está no bom caminho mas e agora?

Agora é sobretudo crucial definir de uma vez por todas, qual é o projecto para Portugal no futuro próximo, no contexto da Europa, independentemente das flutuações Europa e do mundo em geral.

Nós somos um pequeno e poderoso país em potencia, somos o oeste da Europa, a sua
"California"logo a sua primeira face. Somos invejados e ainda nem sequer demos por isso.

Mario de Almeida

Anónimo disse...

O Sociedade Civil não é de facto o Prós e Contras - é melhor que isso, pois não é uma sessão de "peixeirada" retórica (permitam-me a expressão). É um programa sóbrio e conciso, que não serve para destacar personalidades, mas para esclarecer assuntos (é obviamente, a minha opinião).

Não se pode fazer uma sessão de esclarecimento sem ter opiniões diferentes.
O programa de hoje não é de esclarecimento acerca do Tratado de Lisboa, é de apoio ao mesmo. Ou seria apenas isso, se não houvesse a revisão de imprensa agora feita, cujo interveniente deu uma boa luz sobre esse falso mar-de-rosas - o Tratado de Lisboa.

Lembro-me do programa sobre os transgénitos de à uns meses, em que não havia um painel só de pessoas pró, ou só se pessoas contra transgénitos - e isso não houve. Foi um grande programa de esclarecimento sobre transgénitos.

Neste sentido, este não é um programa de esclarecimento acerca do Tratado de Lisboa, para grande pena minha.

João Paulo - Lisboa

AXFDASILVA.BLOG disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
AXFDASILVA.BLOG disse...

O TRATADO DE LISBOA PARA CONSUMO INTERNO SERVIU PRINCIPALMENTE PARA O PARTIDO DO GOVERNO COMO BANDEIRA ELEITORAL EM 2009.
VAI SER UMA FARTA VILANAGEM DE GABAROLICES E AUTO-ELOGIOS DURANTE A CAMPANHA, DE RESTO ZERO, OS POBRES CONTINUAM POBRES E OS RICOS, MAIS RICOS AINDA.

ANTONIO SILVA disse...

SE TÊM TANTA CERTEZA QUE O POVO GOSTA E É TÃO PERFEITO ASSIM, NÃO SEI PORQUE TEM TANTO MEDO DO REFERENDO.
COM TODAS AS CERTEZAS ABSOLUTAS VAMOS AO REFERENDO.

Anónimo disse...

joão paulo, foi tão esclarecedor que nem aprendeu que são tansgénicos e não transgénitos..
LOL

bom natal
Luisa M

Anónimo disse...

transgénicos...

luisa M

ANTONIO SILVA disse...

OU TÊM NA MEMORIA OS REFERENDOS ANTERIORES SOBRE A MALFADADA CONSTITUIÇÃO EUROPEIA.
COMO TAL VÁ, DE POR AS BARBAS DE MOLHO E ESQUECER QUE O POVO, TEM UMA OPINIÃO A DAR E ACABA-SE COM REFERENDOS, QUE O POVO NÃO SABE O QUE É BOM PARA ELES.
OS POLITICOS É QUE SABEM.
E ISSO VÊ-SE PELO ESTADO EM QUE ESTE PAÍS ESTÁ.

ANTONIO SILVA disse...

Dª FERNANDA LAMENTO MAS PELOS VISTO, NEM ESTE PROGRAMA SERVIU PARA ESCLARECER COISA ALGUMA, PORQUE A LINGUAGEM CONTINUA A MESMA, OS PROTAGONISTAS IDEM ASPAS, E ASSIM LÁ VAMOS INDO, CANTANDO E RINDO.
LAMENTO, SE A OFENDI, MAS A REALIDADE É ESTA, VIDE A REPORTAGENS DE RUAS FEITOS PELOS 3 CANAIS E VEJA-SE O NUMERO DE PESSOAS, QUE PERCEBERAM O QUE SE PASSOU EM LISBOA PARA ALÉM DE NÃO SE PAGAR BILHETES NA CARRIS E METRO.

Anónimo disse...

Concerteza Sra. Luisa M, todo o meu raciocínio foi por água abaixo porque troquei um "t" por um "c".

Agradeço a correcção de português, desprezo a importância do erro.

Um bom natal também para si - que não seja como o Tratado de Lisboa: muito para o comércio, pouco para as pessoas.

Já agora, um grande LOL também para si. Haja alegria.

João Paulo - Lisboa

ANTONIO SILVA disse...

A SER TRATADOS DA SAUDE ANDAMOS TODOS NOS NESTES ULTIMOS ANOS, PELOS VARIOS GOVERNOS DESTE PAÍS.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
ANTONIO SILVA disse...

ORA AI ESTA UMA RESPOSTA EDUCADA E CIVILIZADA E BEM HUMORADA SEM OFENDER.
UM BOM NATAL.

Anónimo disse...

só não sabe quem não quer!!! as pessoas na rua só falam do bilhete da carris porque estao ocupaditas com as compras de Natal...
quem realmente quer saber sobre coisas sobre o tratado e sobre a europa, procura e encontrará!!!
cambada de tristes consumidores; deviam preferir ter o parvinho e pobrezinho escudo e ter que mostrar o passaporte para ir comprar torrão a espanha!!

Daniel faria

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
ANTONIO SILVA disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
ANTONIO SILVA disse...

SR. VITOR PÁDUA, Á BOA MANEIRA DO ESTADO NOVO, É ASSIM QUE SE FAZ QUANDO NÃO SE QUER OPOSIÇÃO.