segunda-feira, maio 26

70% dos jovens abusa do sol

70% dos jovens portugueses entre os 16 e os 24 anos permanece ao sol durante o chamado “horário vermelho”. Estas conclusões foram agora divulgadas após um inquérito realizado nas zonas balneares no Verão passado.
15% dos inquiridos afirma igualmente que sofreram queimaduras solares em praias, piscinas e durante a prática de actividades desportivas.
Dados que importa analisar, atendendo a que todos os anos surgem 10 mil novos casos de tumores na pele.
A Associação Portuguesa de Cancro Cutâneo quer apostar na informação e prevenção dado ser a única forma de evitar a tendência de aumento destes números. Neste SC vamos analisar as consequências e alertar os jovens para que se protejam do sol neste Verão.


Convidados:
Leonor Girão - Direcção da Associação Portuguesa de Cancro Cutâneo
Sandra Nascimento - Presidente da APSI
Paulo Diegues - Direcção-Geral da Saúde

48 comentários:

AG disse...

Tenho a seguinte dúvida...

É do conhecimento geral que a roupa branca reflecte a luz...
Reflectem-se os raios UV?

Ou o facto de estarmos expostos ao sol, os raios trespassam os tecidos e posteriormente atingem a pele?

---

A roupa confere algum tipo de protecção, para podermos sair de casa?

Ou será que entre as 11 e as 16:30 apenas nos resta a bela de “la siesta” ?

Ana G.

Luis Miguel Leal disse...

Boa tarde,

Sou um jovem com 19 anos e de facto concordo com esses dados em que 70% dos jovem abusa do sol, porém eu não faço parte desses numeros. Moro a 10 min da praia, mas geralmente, dentro do meu grupo de amigos, sou o ultimo a chegar para não apanhar sol nas horas de "risco" e protejo-me sempre com protetor solar, por vezes até sou motivo de "chacata", mas uma coisa eu sei, o cancro da pele existe e eu nao o quero para nada...

Vania Catarina disse...

Tenho 21 anos e a pele bastante clara. Desde pequena que a minha mãe me educou (obrigou e ainda bem!) para o uso do protector solar, sempre o factor mais alto. Apesar de hoje em dia ser um gesto habitual e me consciencializar da sua importância, é um facto que noto, entre os meus colegas, dois grandes problemas que levam ao não uso do protector: ou o mero desleixo ou mesmo o preconceito ("usar protector é coisa de meninas"). Além disso, há a ideia errada de que as pessoas morenas não precisam de se proteger do sol. Estas ideias têm de ser desconstruídas numa sociedade moderna para que a cultura de prevenção possa ganhar espaço e o combate aos problemas cutâneos possa tornar-se eficiente.

Kanina disse...

boa tarde.

Eu tenho uma mancha, num tornozelo apanhada ha uns anos num escaldao e nunca desapareceu, e de vez enquando da-me comichao, sera algo de grave?

Agradecida pela ajuda.
Ana.

Andromeda disse...

Se possível gostaria que me respondessem às seguintes questões:

Devo aplicar o protector solar antes ou depois do creme hidratante? E posso aplicar por cima a base de maquilhagem?

É verdade que as pessoas afectadas por psoríase são ímunes ao cancro da pele devido a uma mutação genética (foi-me dito por uma médica não-dermatologista)?

Andromeda disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Andromeda disse...

Existe também outra razão pela qual as pessoas não usam conscientemente o protector solar. Acham que as impede de ficarem morenas. Conheço muitas pessoas que pensam assim.

Rita Leal disse...

Boa tarde!
Gostariamos de ver comentado o elevado custo dos protectores solares, visto serem um bem de primeira necessidade e ainda serem considerados como produtos cosméticos.
Ao colocarmos o protector de 2 em 2horas, este "luxo" pesa-nos muito no bolso!

Mário Tavares disse...

Boa tarde,

Sou voluntario da Juventude Cruz Vermelha e nao fiquei indiferente ao tema de hoje.

Durante o ano passado, no verao, estivemos em praias e piscinas de todo o pais com uma campanha destinada a crianças e jovens. Este ano vamos dinamizar outra vez esta campanha mas com outro nome.

Deixo aqui o link para vosso conhecimento:

http://www.cruzvermelha.pt/cvp_t/campanhas/campanha_hip_hop.asp

Os melhores cumprimentos,
Mário Tavares

Nini disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dominic Oliveira disse...

Boa Tarde, ouvi dixer que para ser factor 30 tem de por o frasco todo?

Nini disse...

Boa tarde!
Tenho 21 anos e sou transplantada renal à 9 anos.
Devido aos tratamentos imunosupressores tenho uma maior susceptibilidade ao aparecimento de problemas cutâneos.
Fui desde cedo alertada para esses riscos, e hoje sou eu quem obriga toda a gente cá em casa a colocar protector solar, e proteger-se o máximo possivel!
Em relação às loções hidratantes bronzeadoras que nos começam a aparecer agora, há algum risco com a sua utilização?
Nidia C.

Mário Tavares disse...

http://www.cruzvermelha.pt/cvp_t/
campanhas/campanha_hip_hop.asp

Mário Tavares disse...

http://www.cruzvermelha.pt/cvp_t/
campanhas/campanha_hip_hop.asp

Dominic Oliveira disse...

Boa Tarde, ouvi dixer que para ser factor 30 tem de por o frasco todo?

António disse...

Compreendo que não estão a falar para quem trabalha ao sol todos os dias ou em alguns dias.
Passei horrores em dores de tanto sol apanhar. Depois para fazer a vontade à ex, lá ia para a praia sempre ao fim do dia, era sempre uma discussão, porque ela queria ir mesmo na altura mais forte de calor.
Nem vale a pena continuar, só falam para as elites com boa vida e Fernanda hoje pode dizer que não passa férias em praias há alguns anos.

Anttónio

paulo disse...

Boa tarde a todos!
tenho 35 e tenho psoriase desde os meus 25 anos de idade.
Raramente uso protector solar.. mas quando uso + em certos anos o resultado da melhoria na doenca é inferior!tanto que ja não o uso actualmente.+ uma pessoa com a minha doença tambem recorre a mais dias de praia do que o comum cidadao!
Sera realidade ou meramente impressão da minha parte o menor efeito na melhoria da doença quando se usa protector?
obrigado!

Marta Varino disse...

Tenho uma filha com 1 mês e 3 semanas .Gostaria de saber a partir de que idade é recomendável levar um bebé à praia e qual o protector solar adequado? Obrigada

Dominic Oliveira disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Dominic Oliveira disse...

Boa Tarde, ouvi dixer que para ser factor 30 tem de por o frasco todo?

vfix disse...

..tenho 60 anos,com muito sol,sem nunca ter utilizado qualquer tipo de protecção.Ainda hoje me exponho sem qualquer tipo de preocupação com horas,cremes..etc,.Só preciso de me sentir bem.
Como disse uma das senhoras presentes aí no programa,..não compliquem!

Dominic Oliveira disse...

Boa Tarde, ouvi dixer que para ser factor 30 tem de por o frasco todo?

Dominic Oliveira disse...

Boa Tarde, ouvi dixer que para ser factor 30 tem de por o frasco todo?

Dominic Oliveira disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Dominic Oliveira disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Dominic Oliveira disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
brunomiguel disse...

Uma pequena correcção em relação ao OLPC (One Laptopt Per Child): o preço ronda os 200 dólares e não os 100 dólares, como foi dito no programa - e até já esteve na casa dos 300 dólares.
E mais uma coisa: o objectivo do OLPC foi subvertido: http://www.fsf.org/blogs/rms/can-we-rescue-olpc-from-windows/view?searchterm=olpc

Dominic Oliveira disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
brunomiguel disse...

A link anterior não aparece totalmente. Esta é uma versão "light" dela:
http://tinyurl.com/6awh9e

FS disse...

Gostaria se possivel que abordassem a doença de vitiligo e de que forma esta doença pode estar relacionada com a exposição solar.

Obrigada.

Dominic Oliveira disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Dominic Oliveira disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Dominic Oliveira disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Dominic Oliveira disse...

obrigado fiquei esclarecido

Dominic Oliveira disse...

quando se apanha um escaldao deve-se tomar banho de agua fria ou agua morna?ouvi dizer que a agua fria faz com que feixe os poros e assim a pele 'respire' menos. é verdade?

Mário Machado disse...

Boa tarde, chamo-me Mário, tenho 24 anos e sou Técnico de Farmácia, numa farmácia na cidade do Porto. Aos utentes, aconselho sempre o uso correcto do protector solar e que devem andar protegidos mesmo durante o inverno, porque realmente as pessoas têm a idéia que só na praia é que o sol faz mal. Agora gostaria de esclarecer uma dúvida em relação a outro tipo de protecção. Recentemente (ano passado), apareceram umas cápsulas no mercado com 9mg de beta-caroteno, na posologia de uma cápsula diária. O beta-caroteno é um percursor da vitamina A e é um anti-oxidante permanecendo em reserva muito mais tempo que a vitamina A e protegendo por isso a pele dos radicais livres originados pela exposição solar. Por isso a dúvida que eu coloco é a seguinte: tomando esse suplemento, um mês antes da exposição solar em época balnear, e continuando a tomar o mesmo durante toda esta época, é ou não realmente uma mais valia para prevenir o aparecimento de cancro da pele e aparecimento de escaldões? E tomando com esses suplementos o risco de fazer solário diminui? Obrigado.

Dominic Oliveira disse...

quando se apanha um escaldao deve-se tomar banho de agua fria ou agua morna?ouvi dizer que a agua fria faz com que feixe os poros e assim a pele 'respire' menos. é verdade?

Dominic Oliveira disse...

quando se apanha um escaldao deve-se tomar banho de agua fria ou agua morna?ouvi dizer que a agua fria faz com que feixe os poros e assim a pele 'respire' menos. é verdade?

Dominic Oliveira disse...

quando se apanha um escaldao deve-se tomar banho de agua fria ou agua morna?ouvi dizer que a agua fria faz com que feixe os poros e assim a pele 'respire' menos. é verdade?

clara disse...

Dúvida???
O meu marido é muito branco e qualuqer momento que passe ao sol apanha um escaldão na cara. Na praia põe protector 30, muito, camisola e debaixo do guarda-sol e eu que também sou muito branca fico ao sol e quem apanha sempre escaldões é ele. Será normal? Começo a pensar que devemos deixar de ir à praia... com tanta protecção e cuidado que não adianta.

Andromeda disse...

Devo ser uma raridade na sociedade Ocidental actual mas sinceramente não acho a pele morena particularmente atraente. Gosto muito mais de ver as pessoas com pele clara (não quero com isto indicar que sou racista, muito pelo contrário).
Pessoalmente fujo do sol como "o diabo foge da cruz". Ando de bicicleta regularmente mas faço-o apenas ao fim da tarde e se possível não ponho o pé fora da porta entre as 11h e as 16h. Uso também protector solar de factor 50 diáriamente, além do creme hidratante que tem um factor de protecção 15 mas que não creio ser suficiente.
Talvez por isso seja a única pessoa do meu grupo de amigos (da minha faixa etária, tenho 25 anos) que não apresenta uma única ruga no rosto.

António disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dominic Oliveira disse...

quando se apanha um escaldao deve-se tomar banho de agua fria ou agua morna?ouvi dizer que a agua fria faz com que feixe os poros e assim a pele 'respire' menos. é verdade?

António disse...

Muita razão em relação às crianças, mas no ATL onde a minha filha está, tem cuidado com o uso do chapéu, mas são expostas ao sol em horas de "ponta", inclusive já tem pontos pretos na cara.

É uma provocação:
Trabalhadores da Construção Civil, usem creme, mesmo que o suor o retire, sim, vós não transpirais.

E aqueles que caem dos andaimes, desmaiados de tanto calor e desidratação, pois é.

Anttónio

Andromeda disse...

Creio que a não aplicação de protector solar no caso de pessoas que trabalhem ao sol (como os trabalhadores da construção cívil) é uma questão de comodismo.
Eu compreendo que não é prático nem praticável estar sempre a aplicar protector solar só porque este foi removído pelo suor, mas se uma pessoa estiver verdadeiramente interessada em proteger a sua saúde vai aplicar o protector sempre que tiver alguma disponibilidade. Pode não andar tão protegido como seria desejável, mas pelo menos andará mais protegido do que se não aplicar nada. E no que diz respeito ao caso em concreto dos trabalhadores da construção cívil, estes podem trabalhar vestidos em vez de andarem em tronco nu. Eu sei que faz calor no Verão mas as mulheres também têm calor e não andam por aí sem camisolas.

lady_blogger disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
lady_blogger disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
lady_blogger disse...

Arrisco afirmar que o cancro de pele aumenta na razão directa da crescente poluição. A solução passa por uma educação ecológica e por expormo-nos menos aos raios UV.
No entanto convém lembrar a importância do sol, rico em vitamina D, o qual é aconselhável como bem essencial, e como anti-depressivo e para que não se propague uma espécie de icterícia.

Expormo-nos ao sol é bom em doses certas e à hora certa.
Usem-se protectores tendo sempre em atenção a especificidade e idade de cada pele.

CC

Maria Mendes