terça-feira, setembro 9

Dor de cabeça: desculpa ou doença?

A tensão do dia-a-dia é a causa mais frequente das dores de cabeça, mas elas podem surgir por diversas razões e não escolhem idade nem género. Existem mais de 150 tipos diferentes e mais de 90% dos portugueses já sentiu pelo menos uma vez dor de cabeça.
A enxaqueca é a mais conhecida e, de acordo com dados da Sociedade Portuguesa de Cefaleias, tem uma taxa de prevalência maior no sexo feminino (60%), cujos sintomas se manifestam com maior incidência entre os 10 e os 19 anos e os 20 e os 29 anos.
Fique a saber neste Sociedade Civil se as dores de cabeça são ou não uma doença e os cuidados que deve ter.

Convidados:
Alexandre Castro Caldas, Médico Neurologista
Maria do Céu Santo, Ginecologista
João Ribeiro, Médico do Trabalho
Rita Santos, Farmacêutica

21 comentários:

lady_blogger disse...

Como a dor de cabeça não é algo visível a olho nu, pode tornar-se difícil acreditar que outrém tem uma dor de cabeça.
Onde fica a fronteira que diferencia entre uma real dor de cabeça e uma fingida?

CC

Maria Mendes

lady_blogger disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
lady_blogger disse...

O sexo feminino sofre mais de dores de cabeça porque são mais sentimentalistas que os homens, pensam mais nos pormenores e vivem-nos mais intensamente (sobretudo os poroblemas). e como geralmente são as mulheres que têm de ser super-mães, super-trabalhadoras, super-tudo, acabam por vezes de negligenciar o serem super-esposas dando aqui a desculpa da dor de cabeça, mas nem sempre é mera desculpa.
Se os homens não fossem tão descontraídos, e dividem-se mais as tarefas talvez ouvim-se menos desculpas.
As mulheres argumentam com a desculpa da dor de cabeça sobretudo na intimidade, mas também no trabalho. O maior problema é quando isso não é uma desculpa e a dor existe de facto.
Como não sou homem, não sei o que é ter uma dor de cabeça à homem. Presumo que possa ser bem diferente e até mais grave.

CC

Maria Mendes

lady_blogger disse...

Em que casos podem situações de dores de cabeça esporádicas tornarem-se numa doença? Considera-se patologia quando a frequência é significativa ou quando se cria dependência farmacológica para tratar essa dor?

CC

Maria Mendes

lady_blogger disse...

Até ao parto todos se admiravam como raramente padecia de dores de cabeça. Agora enquanto mãe, estas dores assolam-me dia sim dia sim.
Como há anos fiz uma cesariana, podem as dores de cabeça ainda ser consequência disso?

CC

Maria Mendes

Mário disse...

Qual é o efeito do tabaco no cérebro de uma pessoa que fuma, relaxa ou é uma das causas para a dor de cabeça?!

Mário N. Brito
www.msptx.com

Dominic Oliveira disse...

Quais são os factores externos que contribuem para o desencadear de dores de cabeça? (estilo de vida, trabalho, alimentação,...?)

PEDRO DE CASTRO disse...

Boa tarde,
Infelizmente faço parte dos portugueses que têm recorrentes cefaleias. Desde a adolescência começei a notar a predisposição para dores de cabeça quando me enervava. Ainda hoje em dia ser sujeito a situações de stress estão na origem de dores de cabeça. Já realizei recentemente um EEG que não revelou nada fora do normal. A nível oftalmologico estou acompanhado e com a devida prescrição de lentes. Já me foi diagnosticado enxaqueca e já sei alguns dos elementos que a desencadeiam com a alteração dos padrões de sono e stress. Infelizmente o paracetamol e o ibuprofeno em nada me ajuda nas enxaquecas e pela informação que disponho é uma situação crónica com a qual se tem de aprender a viver. Já existem estudos que compreendam melhor onde está a origem das enxaquecas e quais os melhores fármacos para as ultrapassar?

Obrigado
Pedro Castro

Ana disse...

Tenho 18 anos e desde de fins do ano passado que sofro de enxaquecas.

Gostaria de saber se as diferentes causas de enxaquecas podem provocar diferentes intensidades. Isto é, se, por exemplo, poucas horas de sono poderão provocar uma enxaqueca com uma intensidade menor do que uma provocada por alimentos.

AG disse...

A dor de cabeça por vezes, não tem causa patológica mas, são sintoma do nosso quotidiano.
Elas não têm cheiro e cor mas, se as conseguíssemos ver, seriam como escudos metálicos,
camada protectoras, para evitar as mais aborrecidas situações.

---

Inventam-se dores de cabeça.
Porque sim, porque não, porque nos apetece...

---

Raramente sofro dessa mania. Mas, por vezes, surgem como um contágio moral.
-Se aquele ou o outro colega sofre, porque não hei-de eu também ter uma manhã egoísta, por direito!, agarrada aos lençóis ?
-Contudo, dores latejantes, dessas...também temos! Quem não ouve o “pituxo” da vizinha a competir alegremente com os seus semelhantes e que ceifam as nossas preciosas horas de sono? ( Ou até mesmo, o “pituxo” do patrão! )

É normal, uma vez mais, sintomas do dia-a-dia!!

---

Ana G.

VLD disse...

Boa tarde.

Fui operada no sábado (uma cirurgia pequena na bexiga), e a anestesia administrada foi a do tipo RAC. Em breve regressei a casa, logo no dia seguinte. Agora sofro de uma forte dor de cabeça sempre que me levanto. No entanto, isto já se prolonga há dois dias. Que devo fazer para aliviar a dor? Será normal esperar esta intensa dor depois da cirurgia?

Obrigada,
ANA

Évora

Rafael disse...

Olá, boa tarde.
Tenho uma Questão:
Quantas horas se deve dormir?
As tais 8h de sono, nao sao demasiadas? Nao será tar a perder tempo?

Obrigado, continuem com o programa

NITA disse...

Gostaria de saber em que medida as dores de cabeça podem ser desencadeadas por disfunções Têmpero-mandibular (maxilares). Pois normalmente quando se tem dores de cabeça e se forem frequentes vamos ao médico de família, mas e que tal irmos ao dentista? Recentemente deparo-me com dores súbitas de cabeça, quando só tinha enxaquecas muito esporadicamente. Sinto, por vezes, uma dor e ouço um barulho no maxilar .
Recentemente li um artigo em que dizia que 80% das dores de cabeça, tonturas e dores no pescoço, tem origem nos dentes.
Refiro isto, pois vi a peça em que associavam as dores de cabeça à visão.
Gosto muito do programa,
Ana Luísa Gomes

PEDRO DE CASTRO disse...

Já ouvi a referência de que alimentos com flavonoides podem ajudar a aliviar dores de cabeça. É mito ou realidade? Será recomendável ingerir chocolate negro com elevada percentagem de cacau para poder prevenir uma cefaleia?

Deragnu disse...

O que me dá dores de cabeça?

- As injustiças, a hipócrisia, o lascismo, a prepotência, a soberba, etc.

Ex: a morte de 3 homens em Braga, (o noticiado), e alguns dizem -porque não vão trabalhar!? pois, pois.
- A disigualdade de frequência de alunos no ensino superior, funcionários públicos e os outros.
- Os médicos em Portugal, os comportamentos no privado e no público.
- A Justiça e o MP, que empurra responsabilidades para o governo, quando eles tem interpretações das mais escabrosas da lei, condenando inocentes e inocentando culpados, sem pena nem agravo.
- Ministros e Directores Gerais e outros que tais, que ocupam lugares, só ocupam lugares.
...
Sabem que mais, vou ficar por aqui já estou com dor de cabeça.

Anttónio

rr disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Deragnu disse...

Gostaria que a Dra. Maria do Céu, finalmente consegui-se esclarecer qual o desgaste nos homens com a questão do acido nitrico (creio).

Susana disse...

Boa Tarde,

Estava a ver o vosso programa, no qual acho que abordam assuntos bastantes importantes e úteis para a sociedade, e achei que poderia ser uma mais valia na apresentação da FITNESS ON THE WAY, empresa de Fitness, Saúde e Bem-Estar.
Ouvi à pouco o vosso comentário sobre a actividade física nas empresas, e esse é uma das soluções que temos disponíveis, assim como Sessões de Personal Training em casa, e outros serviços de saúde e bem-estar. Ou seja nós levamos a actividade física onde é preciso.
Deixo aqui o nosso site ( www.fitnessontheway.com), que já tem alguma informação disponível, mas para mais informações podem contactar o 91 894 20 89/97/73, ou por e-mail para susanacaleca@fitnessontheway.com.

Estamos disponíveis para esclarecimento de qualquer dúvida ou informação.

Uma boa tarde para todos,

Susana Caleça

AG disse...

Relativamente à questão da influência da cama num espaço,...

Por vezes, isso é causado não pela própria questão da disposição do mobiliário ( tratado pelo Feng Shui)mas, pela própria habitação em si, pelo próprio espaço...

Resumindo o problema está no habitar impessoal, que "nos" serve mas, que não é feita e estudada "à nossa medida"!

---

Questão que preocupa a arquitectura: o bem estar ao ser humano, nessa segunda pele que o envolve.

lady_blogger disse...

Olá Fernanda.

A minha filhota é mais novinha do que a idade que referiu.

A agravar a cesariana com anestesia geral, tive a administração anterior de 2 epidurais, uma entupiu, e a outra o meu marido diz ter funcionado.

Se as minhas dores recorrentes a que já me habituei não são devidas ao parto de uma bebé gorducha (com 3,910 Kg e 51 cm), pelos vistos e de acordo com o que aí ouvi devem ser da minha escoliose múltipla. Então será as dores de coluna a dar-me dores de cabeça, na dupla acepção dos termos?

CC

Maria Mendes

Sociedade Civil disse...

o livro do dia foi atribuido a Maria Domingas de Lisboa.
saudações Civis