quinta-feira, dezembro 18

"Guardiães do ambiente: os novos voluntários".

Passam noites ao relento para salvar animais, arriscam a vida a apagar incêndios, limpam as praias no frio do Inverno: são os voluntários ambientais. Sobretudo jovens, com formação superior, e uma ideologia clara: salvar o planeta.Estima-se que daqui a cem anos o nível das águas do mar suba mais 88 cm, preocupação que a par do esgotamento de recursos como a água que precisamos para sobreviver ameaçam ofuturo da Humanidade.
O que podemos fazer – voluntários ou não – pelo planeta e que mudanças de comportamento temos de adoptar parainverter a tendência, são algumas perguntas a que vamos responder.

Convidados
Fernando Vilaça, Membro Conselho Executivo da Liga dos Bombeiros Portugueses
Nuno Sequeira, Presidente da delegação de Portalegre da Quercus
Carlos Teixeira, Liga para a Protecção da Natureza
Margarida Gomes, Associação Bandeira Azul da Europa

10 comentários:

lady_blogger disse...

Existe um agrupamento designado por Jovens Repórteres do Ambiente, e consta que dos 17 países que congregam este grupo, é Portugal quem possui mais repórteres ecológicos.

CC

Maria Mendes

lady_blogger disse...

À Fernandinha, à Companhia de Ideias, aos leitores e telespectadores e a todo o mundo desejo um Natal ***** (5 estrelas) e um 2009 com mais saúde e menos crise...

Até breve!

CC

Maria Mendes

Moon and Star disse...

Boa tarde,

É de louvar haver voluntários e a sociedade civil continuar a mover-se para defender causas,como ambiente, animais etc.
Contudo, é deplorável o caso que foi noticiado há semanas de um rapaz que alertou os bombeiros e entidades responsáveis para o facto de ter avistado muito fumo perto da sua residência e no final ter sido acusado de fogo posto. Com gestos como estes as pessoas em vez de alertar passam a estar indiferentes a determinados acontecimentos.
Parabéns à União Zoófila, Assoc ABRA e em particular ao canil/gatil de Loulé que muito tem feito pelos animais de todo o Algarve.
Pelos animais, podem adoptar, apadrinhar, ser FAT(família de acolhimento temporária) ou ser voluntário.

CC

pe disse...

Sou voluntário em várias organizações, e tenho muita experiência neste tipo de questões de voluntariado, pois contacto com centenas de voluntários e conheço o funcionamento das próprias ONGs.

Posso dizer que os principais motivos para a falta de mais voluntários em Portugal, tem a ver essencialmente e numa primeira fase, com questões de desinformação, ou seja, as pessoas não estarem a par dos factos relativos a uma ou mais questões, seja porque não sabem ou alguém ou alguma entidade estar propositadamente a providenciar informação deturpada, sendo que isto de INFORMAR é extremamente importante porque daqui depende o factor consciencialização e de obter a força e vontade de mudar as coisas para melhor.

De seguida, outros factores são relativos à inércia ou mesmo devido ao desinteresse e egoísmo.

Infelizmente a sociedade tem-se tornado cada vez mais consumista e superficial, e a maioria das pessoas pensa que pode preencher um vazio interior e/ou encontrar alegria, a comprar produtos, a OBTER em vez de DAR com um amor desinteressado. Verdadeira alegria encontra-se quando damos de nós para os outros e o planeta, e ajudamos a mudar o mundo de forma positiva.

Por isso, no fundo tudo isto é uma questão de CONSCIENCIALIZAÇÃO E CRESCIMENTO ESPIRITUAL.


Em relação a pessoas que fazem ou querem mesmo fazer voluntariado, há outra questão importante que impede que façam ou façam mais ainda, que tem a ver com o excesso de trabalho ou coisas para fazer, sendo que não conseguem ter tempo para ajudar as ONGs.


Cumprimentos

pe disse...

Aqui ficam alguns sites importantes de ONGs que fazem a diferença.

Convido a todos a fazer voluntariado numa delas, ou outras existentes:


http://www.greenpeace.org/portugal
http://www.animal.org.pt
http://www.storyofstuff.com
http://www.quercus.pt
http://www.sejavegetariano.org
http://www.centrovegetariano.org
http://www.avp.org.pt
http://portugal.infonature.org

...

pe disse...

Venho acrecentar mais um comentário.

É preciso fazer notar que o voluntariado ambiental para proteger o planeta é FUNDAMENTAL para que todo o planeta e consequentemente toda a Humanidade, tenha hipoteses de sobrevivência.

O Ser Humano está literalmente a destruir o planeta e a exterminar biliões de espécies diferentes de animais e plantas, é URGENTISSIMO começar a mudar de mentalidades, estarmos informados e consciencializados, e AGIR no sentido de salvaguardar a vida.

Sem a Natureza o Ser Humano nada consegue fazer. Estar desligado desta e a prejudicar, significa suicídio.

Cumprimentos.

pe disse...


SABE QUAL É A ACÇÃO MAIS IMPORTANTE QUE PODE FAZER PARA AJUDAR A PROTEGER O AMBIENTE MUNDIAL E IGUALMENTE OS ANIMAIS DE FORMA MUITO FÁCIL?

SER VEGETARIANO.

Descubra porque nestes sites portugueses:

http://www.sejavegetariano.org
http://www.centrovegetariano.org
http://www.avp.org.pt

cláudia disse...

Al Gore e a sua verdade inconveniente mediatizaram a causa ambiental. Acredito que foi graças a ele que agora estamos todos cada vez mais preocupados com o meio que nos rodeia.Quanto a isto é interessante ver um estudo da ICS da Universidade de Lisboa que diz que "Os problemas ambientais, como a poluição, os incêndios e a destruição da camada de ozono, são uma das maiores preocupações dos portugueses, a seguir à violência".

Martinha disse...

olá bom dia

São pequenos gestos diários, em nossa casa, que fazem toda a diferença.

Eu não quero ser o cancro do planeta!

Martinha disse...

... a escola, a educação, os mass media e depois a mudança de atitudes e de mentalidades vão contribuir para que um dia o planeta sorria...