quarta-feira, fevereiro 25

Hipnose: deixar de fumar ou regredir a "vidas passadas"?

Afinal, para que serve a hipnose? Uns advogam que tem efeitos terapêuticos, nomeadamente na cura de dependências e de traumas, outros defendem que permite penetrar tanto no cérebro que até se consegue regredir a vidas passadas. Certo é que a aplicação desta técnica é aceite na medicina, em particular na psiquiatria, muito usada, para diferentes fins na psicologia, e serve como prova testemunhal em alguns países.
Em Portugal começa a ganhar expressão em consultórios, faculdades e nos meios “new age”.
Mas, ao certo, que provas existem do efeito da hipnose? É auto-sugestão ou permite, de fato, entrar no inconsciente? Que riscos existem? Quem está habilitado para exercer esta técnica?

Convidados:
Mário Simões, Professor de Psiquiatria e Director do curso pós-graduação em Hipnose Clínica e Experimental da Faculdade de Medicina de Lisboa
Carlos Lopes Pires, Professor da Faculdade de Psicologia da Universidade de Coimbra e Coordenador do Grupo de Pesquisa para os Processos Psicológicos relacionados com Sugestão, Hipnose, Placebo e Psicofármacos
Io Appolloni, Actriz e Gastrónoma
Pedro Levy, Médico Psiquiatra

36 comentários:

pe disse...

Sobre esta matéria, recomendo vivamente a leitura das obras de doutor Brian Weiss, possivelmente o mais famoso especialista nestes assuntos, com um trabalho de quase 30 anos, é um americano médico e psiquiatra que já trabalhou com milhares de pessoas para fazer regressão a vidas passadas, com resultados impressionantes e muito positivos, tendo curado questões de saúde, como relações e as pessoas em si a nível emocional, social e espiritual.

O seu trabalho de vida é uma excelente forma de compreender partes muito importantes de como a vida funciona, de que a reencarnação é REAL (e existem provas cientificas disso mesmo).



Entrevista a Brian Weiss:

http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=1075163


Site oficial:
www.brianweiss.com


Vídeos sobre reencarnação:
http://video.google.com/videosearch?q=brian+weiss&emb=0&aq=f#

pe disse...

Brian Weiss

Brian L. Weiss licenciou-se magna cum laude na Universidade de Columbia e recebeu o seu diploma de médico na Escola de Medicina da Universidade de Yale.

Fez o seu internato no Bellevue Medical Center da Universidade de Nova Iorque e foi residente-chefe do Departamento de Psiquiatria da Escola de Medicina de Universidade de Yale.

Presentemente é Director do Departamento de Psiquiatria do Mount Sinai Medical Center em Miami Beach, Florida, e Professor Catedrático no Departamento de Psiquiatria da Escola de Medicina da Universidade de Miami.

É especialista em neurologia e no estudo e tratamento de estados de depressão e ansiedade, toxicodependência e doença de Alzheimer.



O Dr. Brian Weiss tem desenvolvido uma intensa e revolucionária investigação no domínio da terapia por regressão a vidas passadas e o sucesso das suas obras, sempre baseadas em casos reais e experiências dos seus pacientes, tem ajudado a ultrapassar as atitudes mais cépticas e a revelar as potencialidades desta inovadora terapia.

Jota disse...

Tudo isto é muito bonito mas eu recomendo extremo cuidado com estas coisas.

Uma pessoa com pouco auto conhecimento facilmente cai na dependência e acredita em alguém que lhe diga algo sobre si que “faça sentido” mesmo que esse algo não seja verdade. Ou seja, é fácil para charlatães criarem teorias falsas a respeito dos comportamentos de uma pessoa que não são verdadeiros mas fazem sentido e com as quais a pessoa se identifica e induzir a pessoa a acreditar, tal como acontece na astrologia.

Cuidado! A hipnose tem muito que se lhe diga já que segundo estudos científicos a pessoa pode ser induzida a agir sob hipnose convencida de que o está a fazer de livre arbítrio.

Práticas hipnóticas são muitas vezes usadas por gurus e “mestres” do oculto. Uma prática comum consiste em longas exposições orais em que o recptor fica sonolento após o que o charlatão começa inserir palavras indutoras no discurso. Eu já assisti a isto.

Sinceramente aconselho as pessoas a que se afastem deste tipo de práticas e das pessoas que o fazem. Procurem o auto conhecimento através do auto exame e da observação pessoal de si mesmos.

Para aqueles que são Cristãos lembro que a reencarnação é negada pela Bíblia.

Jota disse...

Já agora deixo aqui uma história que me contaram.
Certo homem foi ao psiquiatra porque não conseguia mexer o braço e não havia nenhuma razão física para não o fazer.
O psiquiatra conseguiu desbloquear o que estava a condicionar o paciente em apenas uma sessão. Ficou muito feliz. Poucos dias depois recebeu a notícia de que o homem se suicidara por enforcamento. É que o bloqueio estava lá por alguma razão e isto é o que acontece quando as pessoas não têm a prática ou o conhecimento para resolver certas questões.

pe disse...

"Para aqueles que são Cristãos lembro que a reencarnação é negada pela Bíblia."


Primeiro, a bíblia não é de confiar pois foi escrita por homens (e não por deus ou jesus), tendo sido manipulada ao longo dos séculos para servir certos interesses da igreja (ou igrejas). Apesar de tudo no início havia referências do mesmo na biblia, e o próprio jesus deu a entender que havia re-encarnação. A maioria de outras religiões confirma que ela existe, algumas ainda hoje embora noutras tenha igualmente havido essa manipulação de dados.


Segundo, pode haver charlatães por ai, sem dúvida, agora existe igualmente muitas pessoas, especialistas de renome, credíveis, bem informados e que apresentam provas destas e outras questões relacionadas, como é o caso do Brian Weiss descrito acima, sendo que as credenciais dele são mais que evidentes.

Terceiro, na hipnose o terapeuta está APENAS a ajudar a "guiar" a pessoa sobre hipnose, tendo a mesma total controle sobre si.


Aconselho-o é a ler o trabalho dele, começando por exemplo por ver vídeos, e depois terá uma melhor ideia do que se trata, e que afinal não é vigarice nenhuma.

Se mesmo assim não acredita, contacte as instituições, hospitais e médicos indicados mais acima que conhecem o BW que podem comprovar o seu trabalho e honestidade.

jose gomes disse...

Respeito todos os comentários.
Louvo os bons comentários que referem Brian Weiss.
Reconheço o valor da Bíblia, ela prova irrefutávelmente a Reencarnação. Que me perdoem os que não a entendem, por enquanto.
A Reencarnação é a Grande Verdade que dá Sentido á Vida.
Toda a Grande Verdade nasce de uma semente chamada utopia.
jose gomes

jose gomes disse...

Hipnose,Autodomínio,Auto-ajuda são assuntos que carecem de muito estudo e muita prudência.
Pelo estudo destes temas, pela prática da Meditação, cultivando e respeitando as Leis Universais/Grandes Valores, posso afirmar que jamais recorrerei a médicos da terra.
jose gomes
equilibriosg@gmail.com

Jota disse...

"Primeiro, a bíblia não é de confiar pois foi escrita por homens (e não por deus ou jesus), tendo sido manipulada ao longo dos séculos para servir certos interesses da igreja (ou igrejas). Apesar de tudo no início havia referências do mesmo na biblia, e o próprio jesus deu a entender que havia re-encarnação. A maioria de outras religiões confirma que ela existe, algumas ainda hoje embora noutras tenha igualmente havido essa manipulação de dados."

Jesus negou a reencarnação assim como negou as leis kármicas. É por isso que as sociedades que acreditam na reencaranação nunca mais saiem do estado primitivo em que vivem. Não sei quem é que serve os interesses de quem.

Jota disse...

"Reconheço o valor da Bíblia, ela prova irrefutávelmente a Reencarnação. Que me perdoem os que não a entendem, por enquanto.
A Reencarnação é a Grande Verdade que dá Sentido á Vida.
Toda a Grande Verdade nasce de uma semente chamada utopia."

Só se for a Bíblia do Alan Kardec. Em vez de andarem a tentar desviar as pessoas do verdadeiro Cristianismo com as vossas teorias New Age comecem mas é a ler a Bíblia.

pe disse...

"Só se for a Bíblia do Alan Kardec. Em vez de andarem a tentar desviar as pessoas do verdadeiro Cristianismo com as vossas teorias New Age comecem mas é a ler a Bíblia."


Agradeço a sugestão, mas prefiro pensar e sentir por mim próprio em vez de ler coisas manipuladas que nos FORÇAM a ser isto ou aquilo e nos IMPEDEM de ter LIBERDADE de pensar ;)

(Já agora, Cristo não inventou religião nenhuma)

Já agora, leia a trilogia "Conversas com deus" de Donald Walsh, isso sim é poderoso.

Kanina disse...

Boa tarde

Uma das coisas que acho que pode secalhar estar interligada com a hipnose, e deixando as crendices de lado, nao serao os sonhos uma especie de auto-hipnose, nao serao um importante veiculo para nos conhecermos?

Jota disse...

Já agora:

“E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo,...” (Hb. 9,27)

"E disse a Jesus: Senhor, lembra-te de mim, quando entrares no teu reino.
43 E disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso."

Lucas 23 42-43

Jota disse...

pe cada um acredita no que quer mas não é preciso distorcer outras crenças para o fazer.

Dominic Oliveira disse...

Podem divulgar de novo os livros do professor Carlos Lopes Pires quase nao deu para retirar os nomes... Obrigado

Gnanaatman disse...

Fala-se muito no que a ciência demonstra ou não.
Como é que a cìência vê a mente humana. O que é a mente? Como interfere na nossa percepção daquilo que nos rodeia? O que é fantasia, realidade, placebo ou nocebo? Como é que a c`^encia distingue tudo isto?

pe disse...

"Boa tarde
Uma das coisas que acho que pode secalhar estar interligada com a hipnose, e deixando as crendices de lado, nao serao os sonhos uma especie de auto-hipnose, nao serao um importante veiculo para nos conhecermos?"


Os sonhos podem ajudar a nos auto-conhecermos, SE percebermos o que significam.

Os sonhos que temos, que aparecem todas as noites (mesmo que não nos lembremos), têm SEMPRE algum significado para nós ou pessoas nossas conhecidas, podem ser desde metáforas até premunições, eventos passados/presentes ou futuros, dejá vus, etc, e em geral representam medos ou desejos nossos... a única questão é nos lembrarmos de todo o sonho e percebermos o que significa.

Sempre que acordar e lembrar-se de um sonho, escreva TUDO e depois mais tarde tente entender o que pode significar.

Boa sorte.

manucha disse...

Boa tarde
Gostaria de perguntar aos convidados que opinião têem do Dr Brian Weiss e do seu trabalho de pesquisa cientifica?
Obrigado

Delta X disse...

Muito boa tarde a todos!!! Desde já aproveito para dar os parabéns ao programa pois é dos mais interessantes que a televisão portuguesa tem ainda!!!
Poderia abordar a temática de imensas e variadas formas. Contudo, limito-me apenas a lançar uma questão para os dois convidados mais académicos que estão em antena. E a questão é aa seguinte:
- que opinião têm sobre o que é a mediunidade e a sua interacção com a hipnose?

Saudações cordiais

Kanina disse...

Senhor Pe
Boa tarde

Tudo o que disse eu ja sei, muito obrigada... ja li alguma coisa sobre sonhos, sugestoes, new ages etc etc etc...

ja agora diga la onde tem as provas da reencarnaçao...

Gnanaatman disse...

Afinal o que é a cura? Quando se considera que a pessoa foi curada?
Em definitivo.

Gnanaatman disse...

Ver passarinhos amarelos, coral azul, estar na praia debaixo da palmeira etc... não é meditação.

Gnanaatman disse...

Existem memórias genéticas transmitidas ao longo de gerações que podem interferir na vida de alguém?

pe disse...

Gostaria de saber a opinião desses psiquiatras sobre a questão do trabalho de brian weiss, que sendo um especialista em psiquiatria e medicina, e muito experiente nestes assuntos, através do seu trabalho de décadas, passou de céptico para alguém que acredita e COMPROVOU que que existem vidas passadas, através de milhares de pacientes seus.

Há exemplos de casos verídicos que foram até bastante divulgados, de pessoas que através de regressão conseguiram encontrar locais e pessoas de outras vidas (sabendo de tudo dessas pessoas), que nesta vida presente que tinham, nunca tinham conhecido / ouvido falar, mesmo sabendo muitos detalhes (inclusive íntimos) dos referidos.

Existem muitos outros colegas desse senhor e outros milhares de médicos pelo mundo fora, que através de sua experiência pessoal, comprovam o trabalho de Brian Weiss, por os resultados serem iguais.

Por favor comentem isto pois é essencial.






PS: A mente fechada é a maior dificuldade para o desenvolvimento da mente.

Kanina disse...

Senhor Pe uma mente demasiado aberta entao é pior ainda...

pe disse...

"ja agora diga la onde tem as provas da reencarnaçao..."


Pesquise. no início do blog já há alguns sítios para se ver.

E principalmente, experimente fazer regressão com alguém minimamente de confiança, quem passa por isso nunca mais é o mesmo (mente fechada), sendo uma experiência única.

Gnanaatman disse...

Parece-me que é o insucesso das técnicas "impiricamente validadas" que leva as pessoas a procurarem outras técnicas. E parece que estas outras técnicas às vezes até têm sucesso. O que é que significa impiricamente validado, quando impiricamente se demonstra que não atinge resultados satisfatórios?

pe disse...

Acho "engraçado" aqueles "cientistas" que só acreditam naquilo que podem ver e provar.


Por essas e por outras, ainda até há pouco tempo se achava que o mundo era plano, que não existia deriva dos continentes, que estávamos no centro do universo, que o reiki (transmissão de energia curativa pela mãos, um processo 100% natural) era bruxaria ou vigarice quando é agora oficialmente reconhecido pela organização mundial de saúde como uma terapia alternativa que FUNCIONA e cura... e tantos outros exemplos.

Cada vez mais a "ficção" científica se torna realidade científica.

Open your mind.

Gnanaatman disse...

corporativismo inconsequente

manucha disse...

Vai me desculpar
Fernanda, mas está a deixar o debate ser conduzido por uma pessoa céptica e que se acha o detentor da razão!
Mesmo na ciência nem tudo o que parece é ...

Kanina disse...

E se fossemos acreditar em tudo, estavamos a acreditar em fadinhas...

Gnanaatman disse...

e que tal falar de ignorancia cientifica?
Por que não considerar aquilo que a ciência ainda não sabe nem tem meios para saber?

Gnanaatman disse...

O quê... as fadinhas não existem?!

Sociedade Civil disse...

sugestão do livro de carlos Lopes:
" Science and Pseudoscience in clinical psychology" de Scott lilienfeld e outros- ediçao Guilford;

Saudaçoes civis

Telma Mendes disse...

Na minha experiência enquanto paciente de uma regressão a vidas passadas e enquanto mestre em psicologia educacional, posso afirmar que é necessário ter cautela com o terapeuta que efectua a regressão e, principalmente, com o acompanhamento (profissional e afectivo) posterior à regressão. Este tratamento requer acompanhamento posterior porque emocionalmente e também espiritualmente poderá deixar-nos mais frágeis no caso da sessão (ou sessões) de intervenção ser(em) dirigidas a um acontecimento de vida traumático e/ou mal aceite pelo paciente. A não aceitação do(s) acontecimento(s) ou situações de vida provocam revolta interior ao Ser Humano/pessoa e causam os medos/ansiedade, desiquilíbrio emocional e a regressão poderá "desenterrar", "levar à tona" esses acontecimentos que causam desiquilíbrio emocional, na parte afectiva da pessoa manifestos através dos índices elevados de ansiedade, menor controle nas situações problemáticas...). A regressão a vidas passadas poderá assim contribuir para nos ajudar a descobrir as causas profundas que estão na base do mal-estar latente, contribuindo para resolver as situações que ficaram mal resolvidas no nosso inconsciente e que, a longo prazo, nos causaram desiquilíbrio emocional e mau-estar. A meditação, paralela, às regressões poderá ser uma forma de ajudar a aceitar as situações relatadas e trabalhadas na regressão. A ajuda complementar da meditação passa pelo nosso trabalho interior (interiorização da situação problemática mal aceite no passado), que conduzirá a "ficarmos bem" connosco próprios e sentirmos os acontecimentos como forma de aprendizagem e enriquecimento interior.

Telma Mendes disse...

Não deixo de dizer que o trabalho interior através da meditação e outro tipo de terapias alternativas (reiki) deverá ser contínuo para que se verifiquem resultados (transformação interior) e durante esse processo poderá ter que se libertar a emoção menos bem aceite na sociedade, a tristeza que durante o acontecimento de vida menos bem aceite foi a emoção mais reprimida.

Mário Rui Santos disse...

A hipnose utilizada com fins terapêuticos´quando aplicada por técnicos com formação adequada é perfeitamente segura e extremamente eficaz.

Para saber como proceder quando procura um hipnoterapeuta consulte a página
http://gphm.com.sapo.pt/escolherhipnoterapeuta.htm

Para mais informações sobre hipnose consulte www.marioruisantos.net