sexta-feira, março 13

Índia redescoberta

Dos 1.200 milhões de habitantes da Índia, um rapaz oriundo de um bairro da lata de Bombaim ganha um concurso televisivo e transforma-se em bilionário. O filme "Quem quer ser bilionário?" arrebatou 8 estatuetas douradas nos Óscares e colocou todos os olhares neste pedaço do globo: apesar de ser uma história de contos de fadas (Salman Rushdie chamou-lhe "uma acumulação de impossibilidades") e de a Índia viver ainda na sombra de anos de colonialismo e séculos de tradições, o país das serpentes encantadas é também uma referência na inovação e na tecnologia. Em Portugal, uma imensa comunidade distribui-se por algumas cidades, com negócios na área da restauração e comércio. Como vivem no nosso País? Como são acolhidos? E o que resta do passado comum em Goa, Damão e Diu?

Convidados:
Ashok Hansraj, Representante comunidade hindu em Portugal
Rosa Perez, Antropóloga e professora no Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa
Abdul Seco, Ator
João Amorim, Diretor Coordenador do Museu Oriente

8 comentários:

Paulo disse...

Boa tarde, sempre vivi em Portugal, mas tenho as minhas origens em Diu, porque os meus pais nasceram lá. Já lá fui muitas vezes, e cada vez mais gosto de lá ir. É um mundo fascinante...
Paulo Bica

heber disse...

Boas para todos presentes:
Deixo uma questão, sera que a India terá condições de alojar e acomodar pessoas portadoras de deficiencia, atendendo ao, aparente, caos que o país, estereopatiza????
cumprimentos;
Heber

heber disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
reginaborges disse...

Boa tarde a todos presentes, raramente tenho a oportunidade de ver vosso programa(incompatibilidade de horários), sou arquitecta, conheço a India, há anos estudo a cultura indiana, tenho amigos indianos, a história de Hanuman ainda há dias contava a meu filho mais novo, parabéns pelo programa e pelos temas diariamente desenvolvidos, e deixo uma opinião a Indía deveria aproveitar este momento em que o mundo como ou recomeça a olhar com olhos de ver para o povo indiano e tentar focar mais o desenvolvimento e ordenamento de espaços para o povo, tão pouco ou mal favorecidos.Desde os espaços para estudar, casas," a cultura existente em cada sítio faz parte de seu povo, mas a precariedade não deveria fazer"....
Com cumprimentos,
Regina Borges

reginaborges disse...

Lá caimos nós no vazio da falta de espaço para os blogstas ou de timing para respostas, lol.
Fiquem bem.
Regina Borges

Martinha disse...

Oláa

Parece que hoje há pouco para dizer! Então está bem, a Índia é um espectáculo, looo.
Bom fim-de-semana, looo...

Agosto disse...

Ola!! Boa noite eu tenho impressão que a India sendo assim um país pobre mas...muito rico em cultura e certamente que se vive melhor por lá que actualmente em Portugal...está muito dificíl viver por cá.
Este vosso progama é um espetáculo, força com ele prá frente, OBRIGADO
Agostinho Rodrigues

Sociedade Civil disse...

Este SC foi gravado, por uma questão de grelha. Nao havia possibilidade real de responder aos comentários. pelo facto pedimos desculpa.

Saudações Civis