segunda-feira, dezembro 13

O cérebro das mulheres é diferente do dos homens?

Desde sempre os estudos apontam para grandes diferenças entre o cérebro das mulheres em contraponto ao dos homens. Uns com enfoque na inteligência racional, outros na inteligência emocional. Mas a descoberta de que o das mulheres é mais ativo do que o dos homens foi descoberto por acaso por uma investigadora canadiana. A descoberta aponta para o facto de as mulheres serem mais intensas na forma como pensam, enquanto os homens “descansam” o cérebro mais vezes ao dia. O que significa tudo isto? Há tarefas mais adequadas a mulheres e outras direcionadas a homens? Que segredos esconde mais o nosso cérebro?


Convidados:
Ana Paula Reis, Psicóloga
Filipe Arantes Gonçalves, Médico Psiquiatra
Margarida Rebelo Pinto, Escritora
Manuel Domingos, Neuropsicólogo

10 comentários:

Martinha disse...

será que uns usam mais um hemisfério esquerdo e outros o hemisfério direito do cérebro

anonimo disse...

Sinto logo existo?

Sinto a minha mão amputada logo existe...

Sinto a água quente... mas na outra mão está fria... logo a água não tem temperatura definida...

Sinto-me feliz...mas não sou alegre... logo sou... ?

anonimo disse...

Relativamente aos cromossomas.

Com a tecnologia adequada é possível fazer um clone femenino tendo por base uma célula masculina...

Como? na primeira divisão celular existem dois cromossomas X.

Como é que inventam o cromossoma Y tendo por base uma célula feminina?

Ter um duplo X deve ser bem aborrecido... como algumas conversas das XX.

Gabriela disse...

Os homens choram e muito e já ajudam em casa. Tudo depende do tipo de educação que as Mães lhes dão.
Educo o meu filho que já tem 14 anos a ser autónomo, para se um dia se casar partilhar as tarefas com a mulher.

tatiana mendes disse...

EDUCAÇÃO, essa sim é a razão para a "diferença".
a evolução das sociedades demonstram isso mesmo: a luta e certas conquistas para a igualdade de género, atenuam essa "diferença".
o cérebro é plástico, daí que "aprenderá" ou será "educado" de acordo com um conjunto de "regras" societais.
e não margarida, recuso-me a aceitar que estamos inatamente preparadas para as ditas actividades ou mesmo para o as múltiplas tarefas.
não acredito que, entre mulheres, sejamos tod@s iguais, ainda que "reguladas" pelos mesmos aspectos fisiológicos e bio-químicos.

MicasMariana disse...

Antes de mais Muitos Parabéns , o programa está a ser MARAVILHOSO!!
Uma pergunta: no meu círculo de amigos tenho constatado uma diferença de comportamentos que acho interessante, mas não faço ideia se se verifica no resto da sociedade. Neste momento vejo que são os homens a desejar ardentemente ter filhos, em vez do antigo estereótipo do homem que foge a "sete pés" da paternidade, e as mulheres que põe o travão nessa decisão e adiam a maternidade.
Que me dizem sobre isto?

abraços e já agora Boas Festas
Mariana

Warehouse1 disse...

Vou fazer um comentário machista:
Os homens que choram são maricas.

anonimo disse...

Será um texto feminino?

Miriam Levi...

http://www.wook.pt/ficha/a-apokalypsis/a/id/2340158

Miguel disse...

Boa tarde,

Na linguagem da formação as coisas e os seres são predefinidos com uma determinada função social, Por isso, o homem e a mulher têm características idênticas em sociedade mas o seu inatismo difere na função própria para que foram realizados depois da ideia.

Em suma, todos podemos fazer as mesmas coisas mas a cada ser a sua maior capacidade, daí o facto de ser mais concentrada a mulher na gestão da casa, porque ela representa a economia da vida, enquanto que o homem representa a sua estrutura ou força (a garantia da aplicação dos investimentos femininos e a sua melhor protecção). O feminino será sempre a causa da vida e o homem a sua consequência primária no Diagrama do Conhecimento.

Obrigado,
Miguel Meireles

Angel Caroline disse...

Talvez pelo fato de ainda vivermos numa sociedade machista,alguns homens se limitam a utilizar o cérebro de forma que não utilizem nem exercitem a parte emocional e nem artistica,poucos homens ainda aceitam a idéia de serem menos "machos",as mulheres em contraposição,já tem aceito de melhor maneira que elas podem e tem capacidade de sobra pra fazer tudo,talvez por esse motivo algumas partes do cérebro fuincionam e outras descansam,até o momento em que eles(as) percebam o quanto isso è importante e que não muda nem modifica a sexualidade de alguem,memso porque a sexualidade è um direito seu de escolher.