quarta-feira, janeiro 26

Obesidade e diabetes

A diabetes atinge cerca de um milhão de portugueses. Os números revelados pelo Observatório Nacional da Diabetes são preocupantes, e prevêem que em 2025, se a evolução se mantiver, a patologia poderá afetar cerca de 20% da população do país.
A prevenção da diabetes continua a ser o discurso sublinhado por toda a classe médica. Um modo de vida saudável aliado a uma correta alimentação e à prática de atividade física. Um programa com os melhores especialistas, na véspera do Congresso da Sociedade Portuguesa de Endocrinologia Diabetes e Metabolismo, onde se abordarão patologias como a diabetes gestacional, a neuropatia diabética e a diabetes infantil.

Convidados:
João Sequeira Duarte
, Secretário-Geral Sociedade Portuguesa de Endocrinologia Diabetes e Metabolismo
José Manuel Boavida, Coordenador Nacional do Programa Nacional de Prevenção e Controlo da Diabetes – DGS e APDP - Ass. Protetora dos Diabéticos de Portugal
Carlos Neves, Presidente Ass. Jovens Diabéticos de Portugal
Paula Ambrósio, Médica Ginecologista Obstetra

3 comentários:

Xana disse...

Também sou da AJDP, tal como o Carlos, de quem sou grande amiga há muitos anos... As amizades são uma das muitas coisas boas que a diabetes trouxe à minha vida. E também pertenço à APDP. Dr. Boavida, obrigada por ter tocado no assunto da notícia que veio no Correio da Manhã. Cumprimentos a todos, o programa escolheu pessoas indicadas!

Carina disse...

Boa tarde

Sou a Carina e fiz um transplante renal no passado dia 3 Janeiro. Agora tomo a medicação imunossupressora para evitar a rejeição.
Essa medicação provoca a diabetes. O médico disse-me que poderia ter valores até 200 e que a partir daí teria de tomar medicação ou até mesmo insulina para controlar os valores.

Como é que esta medicação provoca a diabetes?
Devo tomar as mesmas precauções (reduzir o açucar na alimentação e fazer exerciciofísico) que uma pessoa diabética?

Obrigado
Carina Gonçalves

Miguel Santos disse...

ola.sou um bre-diabetico, ou um diabetico (nao sei bem,ja tive 2

diagnosticos este ano) e gostaria de vos alertar para algo serio numa

entrevista da emissao de dia 26 janeiro 2011 uma medica dizia que era

extremamente simples fazeer o diagnostico,bastava isto e aquilo..pois

bem eu tive o diagnostico de pre-diabetes em 2007 devido aos

medicamentos contra a dor cronica que tomava devido a lesoes que tenho

na coluna.o medico diss-me para fazer o mesmo exame de 2 em 2 anos,e o

exame era glicemia pos-prandial, bastante caro para quem nao trabalha

por motivos de saude como eu. e levei 3 anos a conseguir a voltar a

faze-lo, porque nao me queriam passar a credencial (autorizaçao). tive

de saltar refeiçoes durante muit tempo para a poder pagar, ou a comer

so bolacha..e o resultado foi que ja era mais de 200 mg\dl..
por isso, nao me pareçe que tenha nada de simples. o serviço naçional

de saude alias, só arasa e complica.
só queria que soubessem que o que a senhora da entrevista disse nao me

parecce que corresponda á realidade. nao é verdade..